Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (06/07/2022)

Liturgia Diária da 14ª Semana do Tempo Comum, 6 de julho de 2022.

Confira diariamente a Liturgia de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Leitura (Oseias 10,1-3.7-8.12)

Leitura da profecia de Oseias.

10 1 Israel era uma vinha exuberante e dava frutos para seu consumo; na medida de sua produção, erguia os numerosos altares; na medida da fertilidade da terra, embelezava seus ídolos. 2 Com o coração dividido, deve agora receber castigo; o Senhor mesmo derrubará seus altares, destruindo os seus simulacros. 3 E dizem, com efeito: “Não temos rei, porque não tememos o Senhor; e que nos fará o nosso rei?”

7 Samaria está aniquilada, seu rei é como espuma à tona da água.

8 Serão destruídos os lugares altos de Bet-Aven, o pecado de Israel. Espinhos e abrolhos crescerão nos seus altares; dirão então às montanhas: “Cobri-nos!” E às colinas: “Caí sobre nós!”

12 Semeai na justiça, e colhereis bondade em proporção. Lavrai novas terras! É tempo de buscar o Senhor, até que venha espalhar a justiça sobre vós.

Palavra do Senhor.

Salmo

Salmo Responsorial 104/105

Buscai constantemente a face do Senhor!

– Cantai, entoai salmos para ele,

Publicai todas as suas maravilhas!

Gloriai-vos em seu nome que é santo,

Exulte o coração que busca a Deus!

Procurai o Senhor Deus e seu poder,

Buscai constantemente a sua face!

Lembrai as maravilhas que ele fez,

Leia mais:  Liturgia Diária - quinta-feira, 14/01/2021

Seus prodígios e as palavras de seus lábios!

Descendentes de Abraão, seu servidor,

E filhos de Jacó, seu escolhido,

Ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus,

Vigora suas leis em toda a terra.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mateus 10,1-7)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Convertei-vos e crede no Evangelho, pois o reino de Deus está chegando! (Mc 1,15).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

Naquele tempo, 10 1 Jesus reuniu seus doze discípulos. Conferiu-lhes o poder de expulsar os espíritos imundos e de curar todo mal e toda enfermidade.

2 Eis os nomes dos doze apóstolos: o primeiro, Simão, chamado Pedro; depois André, seu irmão. Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão.

3 Filipe e Bartolomeu. Tomé e Mateus, o publicano. Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu.

4 Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, que foi o traidor.

5 Estes são os Doze que Jesus enviou em missão, após lhes ter dado as seguintes instruções: “Não ireis ao meio dos gentios nem entrareis em Samaria;

6 ide antes às ovelhas que se perderam da casa de Israel.

7 Por onde andardes, anunciai que o Reino dos céus está próximo”.

Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Jesus dá a Seus Apóstolos uma autoridade sagrada. Eles foram capazes de expulsar demônios e curar os enfermos. Eles também ganharam muitos convertidos a Cristo por sua pregação.

É interessante olhar para este carisma extraordinário que os Apóstolos tiveram que agir milagrosamente. É interessante porque não vemos isso acontecer com tanta frequência hoje em dia. No entanto, nos primórdios da Igreja parece que os milagres eram bastante comuns. Uma razão para isso é que Jesus fez uma declaração e tanto no início para colocar as coisas em movimento. Os milagres que Ele fez e os de Seus apóstolos foram sinais poderosos do poder e da presença de Deus. Esses milagres ajudaram a pregação dos apóstolos a ser mais crível e a gerar muitos convertidos. Parece que, à medida que a Igreja crescia, milagres em número tão grande não eram tão necessários para a autenticação da Palavra de Deus. A vida pessoal e o testemunho dos crentes acabaram sendo suficientes para espalhar o Evangelho sem a ajuda de numerosos milagres. O martírio e os atos de grande fé tornaram-se os verdadeiros sinais da presença de Deus.

Leia mais:  Evangelho do Dia - Sábado, 7ª Semana da Páscoa, 22/05/2021

Isso é útil para entender porque vemos algo semelhante em nossas próprias vidas de fé e conversão. Muitas vezes, no início de nossa jornada de fé, temos muitas experiências poderosas da presença de Deus. Pode haver profundos sentimentos espirituais consoladores e uma sensação clara de que Deus está conosco. Mas com o tempo, esses sentimentos podem começar a desaparecer e podemos nos perguntar para onde eles foram ou se fizemos algo errado. Há uma importante lição espiritual aqui.

À medida que nossa fé se aprofunda, as consolações espirituais que podemos receber no início podem muitas vezes desaparecer porque Deus quer que O amemos e sirvamos com uma fé e um amor mais purificados. Devemos crer e segui-Lo não porque Ele nos faz sentir bem, mas porque é bom e correto amá-Lo e servi-Lo. Esta pode ser uma lição difícil de aprender, mas essencial.

Reflita, hoje, sobre quão profunda e sustentadora é sua fé. Você conhece e ama a Deus mesmo quando as coisas estão difíceis e quando Ele parece distante? Esses momentos, mais do que qualquer outro, são os momentos em que sua fé e conversão pessoais podem se fortalecer.

Oração do Dia

Meu milagroso Senhor, ajuda minha fé em Ti e meu amor por Ti a ser profundo, estável e forte. Ajude-me a confiar mais nessa fé do que em quaisquer “milagres” ou sentimentos externos. Ajude-me a amá-lo em primeiro lugar por um puro amor por Ti. Jesus eu confio em vós.

Leia mais:  Liturgia Diária - quarta-feira, 03/06/2020

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.