Liturgia Diária – 5ª Semana da Quaresma, Terça-feira (05/04)

Liturgia Diária de terça-feira, 5 de abril de 2022.

Leia diariamente a Liturgia do Dia aqui no Mundo dos Católicos. Primeira Leitura, Salmo do Dia e Evangelho. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Nm 21,4-9)

Leitura do Livro dos Números.

Naqueles dias, 4os filhos de Israel partiram do monte Hor, pelo caminho que leva ao Mar Vermelho, para contornarem o país de Edom.

Durante a viagem, o povo começou a impacientar-se, 5e se pôs a falar contra Deus e contra Moisés, dizendo: “Por que nos fizestes sair do Egito para morrermos no deserto? Não há pão, falta água, e já estamos com nojo desse alimento miserável”.

6Então o Senhor mandou contra o povo serpentes venenosas, que os mordiam; e morreu muita gente em Israel. 7O povo foi ter com Moisés e disse: “Pecamos, falando contra o Senhor e contra ti. Roga ao Senhor que afaste de nós as serpentes”.

Moisés intercedeu pelo povo, 8e o Senhor respondeu: “Faze uma serpente abrasadora e coloca-a como sinal sobre uma haste; aquele que for mordido e olhar para ela viverá”. 9Moisés fez, pois, uma serpente de bronze e colocou-a como sinal sobre uma haste. Quando alguém era mordido por uma serpente, e olhava para a serpente de bronze, ficava curado.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 101,2-21)

— Ouvi, Senhor, e escutai minha oração e chegue até vós o meu clamor.

— Ouvi, Senhor, e escutai minha oração, e chegue até vós o meu clamor! De mim não oculteis a vossa face no dia em que estou angustiado! Inclinai o vosso ouvido para mim, ao invocar-vos atendei-me sem demora!

— As nações respeitarão o vosso nome, e os reis de toda a terra, a vossa glória; quando o Senhor reconstruir Jerusalém e aparecer com gloriosa majestade, ele ouvirá a oração dos oprimidos e não desprezará a sua prece.

— Para as futuras gerações se escreva isto, e um povo novo a ser criado louve a Deus. Ele inclinou-se de seu templo nas alturas, e o Senhor olhou a terra do alto céu, para os gemidos dos cativos escutar e da morte libertar os condenados.

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 8,21-30)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo disse Jesus aos fariseus: 21“Eu parto, e vós me procurareis, mas morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, vós não podeis ir”.

22Os judeus comentavam: “Por acaso, vai-se matar? Pois ele diz: ‘Para onde eu vou, vós não podeis ir’?”

23Jesus continuou: “Vós sois daqui debaixo, eu sou do alto. Vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo. 24Disse-vos que morrereis nos vossos pecados, porque, se não acreditais que eu sou, morrereis nos vossos pecados”.

25Perguntaram-lhe pois: “Quem és tu, então?” Jesus respondeu: “O que vos digo, desde o começo. 26Tenho muitas coisas a dizer a vosso respeito, e a julgar, também. Mas aquele que me enviou é fidedigno, e o que ouvi da parte dele é o que falo para o mundo”.27Eles não compreenderam que lhes estava falando do Pai. 28Por isso, Jesus continuou: “Quando tiverdes elevado o Filho do Homem, então sabereis que eu sou, e que nada faço por mim mesmo, mas apenas falo aquilo que o Pai me ensinou. 29Aquele que me enviou está comigo. Ele não me deixou sozinho, porque sempre faço o que é de seu agrado”. 30Enquanto Jesus assim falava, muitos acreditaram nele.

— Palavra da Salvação.

Leia mais:  Liturgia Diária - sexta-feira (1ª Semana da Quaresma), 26/02/2021

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

A maioria das crianças pequenas, se deixadas em casa sozinhas, reagiriam com medo. Eles precisam saber que seus pais estão por perto. A ideia de estar em algum lugar sozinho é assustadora. Seria tão assustador para uma criança se perder em uma loja ou outro local público. Eles precisam da segurança que vem com um pai por perto.

O mesmo é verdade na vida espiritual. Interiormente, se sentirmos que estamos sozinhos, podemos reagir com medo. Sentir como se houvesse um abandono interior de Deus é um pensamento assustador. Mas, ao contrário, quando sentimos que Deus está muito presente e vivo dentro de nós, ficamos muito mais fortalecidos para enfrentar a vida com coragem e alegria.

Essa foi a experiência de Jesus na passagem acima, na qual Ele fala muito sobre Seu relacionamento com o Pai. O Pai é Aquele que enviou Jesus ao mundo para Sua missão e Jesus reconhece que o Pai não O deixará sozinho. Jesus diz isso, sabe disso e experimenta a bênção dessa relação em Seu Coração humano e divino.

O mesmo pode ser dito de cada um de nós. Primeiro, devemos entender que o Pai nos enviou. Cada um de nós tem uma missão na vida. Você percebe isso? Você percebe que tem uma missão e um chamado muito específico de Deus? Sim, pode envolver partes muito comuns da vida, como tarefas domésticas, a rotina diária de trabalho, a construção de seus relacionamentos familiares, etc. Nossa vida diária está repleta de atividades comuns que compõem a vontade de Deus.

Pode ser possível que você já esteja totalmente imerso na vontade de Deus para sua vida. Mas também é possível que Deus queira mais de você. Ele tem um plano para você e é uma missão que Ele não confiou a outro. Pode exigir que você dê um passo de fé, seja corajoso, saia de sua zona de conforto ou enfrente algum medo. Mas seja qual for o caso, Deus tem uma missão para você.

Leia mais:  Liturgia Diária - domingo, 24/01/2021

A notícia reconfortante é que Deus não apenas nos envia, Ele também permanece conosco. Ele não nos deixou sozinhos para cumprir a missão que nos confiou. Ele prometeu Sua ajuda contínua de uma maneira muito central.

Reflita, hoje, sobre a missão que Jesus recebeu: a missão de dar Sua vida de forma sacrificial. Reflita também sobre como Deus quer que você viva essa mesma missão com Cristo de amor sacrificial e entrega. Você pode já estar vivendo isso de todo o coração, ou pode precisar de uma nova direção. Diga “sim” com coragem e confiança e Deus caminhará com você a cada passo do caminho.

Oração do Dia

Meu Senhor sacrificial, eu digo “sim” ao plano perfeito que você tem para minha vida. Seja o que for, eu aceito sem hesitação, querido Senhor. Eu sei que você está sempre comigo e que eu nunca estou sozinho. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Terça-feira (17/05)

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.