Mundo dos Católicos

Liturgia Diária (27 de março de 2020)

Liturgia diária de sexta-feira, 27 de março de 2020.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo do dia.

A liturgia diária

Para os católicos, a liturgia é uma forma de renovação do sacrifício de Jesus Cristo para a salvação da humanidade. A liturgia diária são as lembranças de Jesus e da salvação trazendo para os cristãos uma reflexão que pode ser inserida em suas vidas.

A liturgia diária vem do grego derivado de duas palavras. A primeira “Leito” que significa: público. E a segunda palavra “Ergos” que magnifica: aquele que faz um trabalho público para o povo. A Liturgia é entendida como uma cerimônia estabelecida previamente segundo a tradição da igreja católica.

A Liturgia Diária na Igreja Católica

Liturgia Diária

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, or volta de XVI.

A liturgia diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A liturgia diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Liturgia Diária com Reflexão

Além da liturgia diária, é comum que nas missas o padre ou celebrante na ocasião, faça uma reflexão das palavras do evangelho do dia. Esta reflexão é feita em geral por livre interpretação, não seguindo um texto pré-definido.

A História da Liturgia Diária

O ponto principal da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Leia mais:  Evangelho do Dia - sábado, 14/11/2020

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

Reflexão

Às vezes, quanto mais familiarizados com alguém, mais difícil é realmente ver sua bondade e a presença de Deus em suas vidas. Muitas vezes, somos tentados a olhá-los e presumimos que “sabemos tudo sobre eles”. Como resultado, o que geralmente podemos fazer é simplesmente destacar suas falhas e fraquezas em nossas mentes e vê-las apenas através das lentes dessas falhas e fraquezas.

Foi o que aconteceu com Jesus. Quando Jesus foi à Festa Judaica dos Tabernáculos, havia alguns que O conheciam. Eles provavelmente o conheciam como esse filho comum de carpinteiro. Talvez eles fossem da sua cidade natal. Como resultado dessa familiaridade com Jesus, eles duvidaram imediatamente que Ele poderia ser o Messias. Mas eles estavam, é claro, muito enganados.

Isso apresenta uma ótima lição para nós. É a lição de julgar e criticar demais os outros que conhecemos bem. Quanto mais sabemos sobre alguém, mais estaremos cientes de suas falhas e fraquezas. E se não tomarmos cuidado, focaremos nessas qualidades, e não nas boas qualidades que Deus deseja que vejamos.

Foi o que aconteceu com Jesus. Não, ele não tinha nenhuma má qualidade real. Ele era perfeito. Mas havia provavelmente muitas partes de Sua vida que convidavam ao falso julgamento e crítica de outras pessoas. Sua autoconfiança, a autoridade que manifestava em seus ensinamentos, a extraordinária compaixão que tinha pelos pecadores, etc., eram qualidades excepcionais que alguns não podiam entender. E, como resultado, eles escolheram ser críticos. “Sabemos de onde Ele é”, disseram eles. Em outras palavras, eles não pensavam que alguém que eles conheciam pudesse ser cheio de grandeza.

Leia mais:  Evangelho do Dia - quarta-feira, 14/10/2020

O que você acha das pessoas ao seu redor? O que você acha das pessoas mais próximas a você? Você é capaz de ver além de qualquer fraqueza aparente que eles têm e ver a mão de Deus em ação? Você é capaz de ver além da superfície e ver o valor e a dignidade de suas vidas? Quando você pode ver a bondade dos outros, apontá-la e agradecer por isso, estará realmente vendo e amando a bondade manifesta de Deus. Deus está vivo e ativo em todas as almas ao seu redor. É sua responsabilidade ver essa bondade e amá-la. Isso requer verdadeira humildade de sua parte, mas, no final, é uma maneira de amar a Deus em seu meio.

Reflita hoje sobre como você olha para aqueles que estão mais próximos de você e passa algum tempo tentando refletir sobre a maneira como Deus está vivo em suas vidas. Se você fizer isso, estará amando a Deus em seu meio.

Senhor, eu te amo. Ajude-me a ver e amar você nos outros. E ajude-me a derramar qualquer tentação que tenho para ser julgador e humildemente ser atraído para a bondade de todos os seus filhos e filhas. Eu te amo, querido Senhor, que eu também te ame nos outros. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária na Missa

A liturgia faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A liturgia diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Leia mais:  Evangelho do Dia - terça-feira, 26/01/2021

Utilizada nas missas, a liturgia também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a liturgia diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a liturgia diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

A Liturgia nos dias de hoje

A Liturgia diária é vista por muitos como sendo um rito que trás uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.