Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sábado (09/07/2022)

Liturgia Diária da 14ª Semana do Tempo Comum, Sábado, 9 de julho de 2022.

Receba diariamente a Liturgia do Dia em nosso site. Confira as Leituras das Homilias de Hoje e Evangelho do dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Leitura (Isaías 6,1-8)

Leitura do livro do profeta Isaías.

6 1 No ano da morte do rei Ozias, eu vi o Senhor sentado num trono muito elevado; as franjas de seu manto enchiam o templo.

2 Os serafins se mantinham junto dele. Cada um deles tinha seis asas; com um par (de asas) velavam a face; com outro cobriam os pés; e, com o terceiro, voavam.

3 Suas vozes se revezavam e diziam: “Santo, santo, santo é o Senhor Deus do universo! A terra inteira proclama a sua glória!”

4 A este brado as portas estremeceram em seus gonzos e a casa, encheu-se de fumo.

5 “Ai de mim”, gritava eu. “Estou perdido porque sou um homem de lábios impuros, e habito com um povo (também) de lábios impuros e, entretanto, meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos!”

6 Porém, um dos serafins voou em minha direção; trazia na mão uma brasa viva, que tinha tomado do altar com uma tenaz.

7 Aplicou-a na minha boca e disse: “Tendo esta brasa tocado teus lábios, teu pecado foi tirado, e tua falta, apagada”.

8 Ouvi então a voz do Senhor que dizia: “Quem enviarei eu? E quem irá por nós?” “Eis-me aqui”, disse eu, “enviai-me”.

Palavra do Senhor.

Salmo

Salmo Responsorial 92/93

Reina o Senhor, revestiu-se de esplendor.

– Deus é rei e se vestiu de majestade,

Revestiu-se de poder e de esplendor!

– Vós firmastes o universo inabalável,

Vós firmastes vosso trono desde a origem,

Desde sempre, ó Senhor, vós existis!

– Verdadeiros são os vossos testemunhos,

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana Comum, Quarta-feira (12/01)

Refulge a santidade em vossa casa,

Pelos séculos dos séculos, Senhor!

Evangelho do Dia

Evangelho (Mateus 10,24-34)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Felizes sereis vós se fordes ultrajados por causa de Jesus, pois repousa sobre vós o Espírito de Deus (1Pd 4,14).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 10 24 “O discípulo não é mais que o mestre, o servidor não é mais que o patrão.

25 Basta ao discípulo ser tratado como seu mestre, e ao servidor como seu patrão. Se chamaram de Beelzebul ao pai de família, quanto mais o farão às pessoas de sua casa!

26 Não os temais, pois; porque nada há de escondido que não venha à luz, nada de secreto que não se venha a saber.

27 O que vos digo na escuridão, dizei-o às claras. O que vos é dito ao ouvido, publicai-o de cima dos telhados.

28 Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo na geena.

29 Não se vendem dois passarinhos por um asse? No entanto, nenhum cai por terra sem a vontade de vosso Pai.

30 Até os cabelos de vossa cabeça estão todos contados.

31 Não temais, pois! Bem mais que os pássaros valeis vós.

32 Portanto, quem der testemunho de mim diante dos homens, também eu darei testemunho dele diante de meu Pai que está nos céus.

33 Aquele, porém, que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai que está nos céus”.

Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Este é um pensamento muito consolador, ou muito assustador, dependendo do que você pode ter “escondido” ou do que você mantém “segredo” em seu coração. O que há, no fundo de sua consciência? O que está escondendo que só Deus vê por enquanto? Existem dois extremos em que as pessoas podem cair a esse respeito, e muitos lugares entre os extremos.

Leia mais:  Evangelho do Dia – Quarta-feira, 10ª Semana do Tempo Comum, São José de Anchieta, 09/06/2021

O primeiro extremo é aquela pessoa que vive uma falsa persona pública, mas secretamente vive uma vida muito diferente. Estes são aqueles que caem no pecado da hipocrisia, ou são o que podemos chamar de “duas caras”. Esta é uma situação assustadora para se estar. É assustador porque aqueles que vivem esse tipo de vida nunca estão verdadeiramente em paz. Eles estão completamente presos ao que os outros pensam e como é sua imagem pública. Interiormente, eles estão cheios de muita tristeza, ansiedade e medo. Essa pessoa luta muito com toda e qualquer forma de verdadeira humildade, honestidade e integridade.

Mas dito isso, há também outra forma de pessoa que vive uma vida oculta. Esta é a vida oculta do santo! Tomemos, por exemplo, a Santíssima Virgem Maria. Ela foi vista como uma fornicadora no início de sua vida e essa “imagem pública” dela nunca foi corrigida neste mundo. De que outra forma ela teria engravidado de Jesus? muitos pensaram. Mas a verdade era que sua alma era a mais bela, pura e santa criação que Deus já fez. E agora, a beleza de sua vida interior se manifesta diante dos anjos e santos e se manifestará por toda a eternidade!

A promessa da Escritura acima é que tudo dentro de nosso coração e consciência será manifestado por toda a eternidade. Portanto, aqueles que vivem vidas verdadeiramente santas, humildes e sinceras de virtude agora serão vistos nesta luz por toda a eternidade. Aqueles que vivem vidas escuras ocultas terão essas vidas visíveis por toda a eternidade de alguma forma de acordo com a misericórdia e justiça de Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária - Sexta-feira, 7ª Semana da Páscoa, 21/05/2021

Novamente, isso provavelmente será consolador ou assustador, dependendo de nossos corações. Mas o que devemos tirar disso, mais do que tudo, é a importância de lutar por um coração verdadeiramente santo e puro aqui e agora. Não importa se ninguém vê a sua santidade, só Deus precisa ver. O objetivo é permitir que Deus forme uma bela vida interior para você e permitir que Ele faça sua alma bonita para Ele.

Reflita, hoje, em quão bem você faz isso. Quão bem você permite diariamente que Deus trate seu coração e sua consciência como propriedade Dele, tornando-o um lugar de verdadeira beleza que dá ao Seu coração, e ao seu, muito deleite?

Oração do Dia

Senhor da verdadeira beleza, por favor, venha e faça do meu coração a sua morada. Faça minha alma agradável a Ti em todos os sentidos. Que Tua glória se manifeste ali e que Tu permitas que essa glória se manifeste por toda a eternidade. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.