Liturgia Diária – 20º Domingo do Tempo Comum (14/08/2022)

Reflexão do Evangelho do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária do 20º Domingo do Tempo Comum, 14 de agosto de 2022.

Receba diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Reflexão do Evangelho do Dia com Homilia Diária e Salmo. Leia agora a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Jr 38,4-6.8-10)

Leitura do Livro do Profeta Jeremias:

Naqueles dias, 4disseram os príncipes ao rei: “Pedimos que seja morto este homem; ele anda com habilidade lançando o desânimo entre os combatentes que restaram na cidade e sobre todo o povo, dizendo semelhantes palavras; este homem, portanto, não se propõe o bem-estar do povo, mas sim a desgraça”.

5Disse o rei Sedecias: “Ele está em vossas mãos; o rei nada vos poderá negar”. 6Agarraram então Jeremias e lançaram-no na cisterna de Melquias, filho do rei, que havia no pátio da guarda, fazendo-o descer por meio de cordas. Na cisterna não havia água, somente lama; e assim ia-se Jeremias afundando na lama. 8Ebed-Melec saiu da casa do rei e veio ter com ele, e falou-lhe: 9“Ó rei, meu senhor, muito mal procederam esses homens em tudo o que fizeram contra o profeta Jeremias, lançando-o na cisterna para aí morrer de fome; não há mais pão na cidade”.

10O rei deu, então, esta ordem ao etíope Ebed-Melec: “Leva contigo trinta homens e tira da cisterna o profeta Jeremias, antes que morra”.

– Palavra do Senhor.

Salmo

Responsório (Sl 39)

Socorrei-me, ó Senhor, vinde logo em meu auxílio!

— Esperando, esperei no Senhor,/ e inclinando-se,/ ouviu meu clamor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (29/05/2024)

— Retirou-me da cova da morte/ e de um charco de lodo e de lama./ Colocou os meus pés sobre a rocha,/ devolveu a firmeza a meus passos.

— Canto novo ele pôs em meus lábios,/ um poema em louvor ao Senhor./ Muitos vejam, respeitem, adorem/ e esperem em Deus,/ confiantes.

— Eu sou pobre, infeliz, desvalido,/ porém, guarda o Senhor minha vida,/ e por mim se desdobra em carinho./ Vós me sois salvação e auxílio:/ vinde logo, Senhor, não tardeis!

2ª Leitura

Segunda Leitura (Hb 12,1-4)

Leitura da Carta aos Hebreus:

Irmãos: 1Rodeados como estamos por tamanha multidão de testemunhas, deixemos de lado o que nos pesa e o pecado que nos envolve. Empenhemo-nos com perseverança no combate que nos é proposto, 2com os olhos fixos em Jesus, que em nós começa e completa a obra da fé. Em vista da alegria que lhe foi proposta, suportou a cruz, não se importando com a infâmia, e assentou-se à direita do trono de Deus.

3Pensai pois naquele que enfrentou uma tal oposição por parte dos pecadores, para que não vos deixeis abater pelo desânimo. 4Vós ainda não resististes até ao sangue na vossa luta contra o pecado.

– Palavra do Senhor.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Lc 12,49-53)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 49Eu vim para lançar fogo sobre a terra, e como gostaria que já estivesse aceso! 50Devo receber um batismo, e como estou ansioso até que isto se cumpra! 51Vós pensais que eu vim trazer a paz sobre a terra? Pelo contrário, eu vos digo, vim trazer divisão. 52Pois, daqui em diante, numa família de cinco pessoas, três ficarão divididas contra duas 53e duas contra três; ficarão divididos: o pai contra o filho e o filho contra o pai; a mãe contra a filha e a filha contra a mãe; a sogra contra a nora e a nora contra a sogra”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (28/05/2024)

— Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Esta passagem nos revela duas coisas. Primeiro, revela a intenção de Jesus de “incendiar a terra”. Em segundo lugar, revela que Ele deseja “que já estivesse em chamas”.

O que significa quando Jesus diz que veio para incendiar o mundo? O fogo é uma imagem poderosa que oferece muita visão sobre a vida cristã. Primeiro, o fogo consome. Assim é com Cristo. Ele veio para nos consumir. Ele veio para transformar nossas pequenas vidas em fogos ardentes. Isso revela que há muito potencial em cada uma de nossas vidas. Temos potencial para nos tornarmos algo totalmente novo se permitirmos que a centelha da graça acenda nossas almas.

O fogo também tem o potencial de fazer a diferença. Seu calor nos mantém aquecidos, sua luz nos permite ver na escuridão e sua energia produz poder de várias maneiras para nos ajudar em nossas vidas diárias. Assim é também com a graça. A graça de Deus transforma nossos corações frios, nos conduz pelas trevas da vida e nos fornece tudo o que precisamos para viver uma vida produtiva.

É interessante notar que Jesus não disse apenas que veio para incendiar o mundo; em vez disso, Ele disse que desejava que já estivesse em chamas. Este desejo de nosso Senhor é um convite para sair de uma existência medíocre e morna para uma vida cristã radical. Não somos chamados a ser parcialmente transformados, ou mesmo em grande parte transformados. Não! Somos chamados a nos tornar fogos ardentes de fé, transformados por Deus para fazer uma verdadeira diferença no mundo!

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (27/05/2024)

Reflita, hoje, sobre o fogo dentro de sua própria alma. Quão brilhante é esse fogo queimando? Você precisa alimentar esse fogo diariamente, atiçando-o com total comprometimento. Busque se tornar aquele fogo ardente que o Senhor deseja de você e você ficará surpreso com o quão completamente você pode ser transformado pela graça.

Oração do Dia

Senhor, incendeie meu coração com o brilho do Seu amor e misericórdia. Ajuda-me a estar aberto à completa transformação da vida que Tu desejas de mim. Eu me entrego a Ti sem reservas, querido Senhor. Use-me como quiser. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Homilia Diária das palavras do Evangelho depois da sua leitura. Esta homilia é feita em geral por livre interpretação do celebrante.

O ponto mais importante da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *