Liturgia Diária – 7ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (21/05/2024)

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Terça-feira, 21 de maio de 2024.

Confira diariamente a Homilia do Evangelho do Dia dos Católicos em nosso site. Acompanhe a Primeira Leitura, Evangelho do dia e Homilia do Evangelho de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Tg 4,1-10)

Leitura da Carta de São Tiago

Caríssimos, 1 de onde vêm as guerras? De onde vêm as brigas entre vós? Não vêm, justamente, das paixões que estão em conflito dentro de vós? 2 Cobiçais, mas não conseguis ter. Matais e cultivais inveja, mas não conseguis êxito. Brigais e fazeis guerra, mas não conseguis possuir. E a razão está em que não pedis. 3 Pedis, sim, mas não recebeis, porque pedis mal. Pois só quereis esbanjar o pedido nos vossos prazeres.

4 Adúlteros, não sabeis que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Assim, todo aquele que pretende ser amigo do mundo torna-se inimigo de Deus. 5 Ou julgais ser em vão que a Escritura diz: “Com ciúme anela o espírito que nos habita”? 6 Mas ele nos dá uma graça maior. Por isso, a Escritura diz: “Deus resiste aos soberbos, mas concede a graça aos humildes”. 7 Obedecei pois a Deus, mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. 8 Aproximai-vos de Deus, e ele se aproximará de vós. Purificai as mãos, ó pecadores, e santificai os corações, homens dúbios. 9 Ficai tristes, vesti o luto e chorai. Transforme-se em luto o vosso riso, e a vossa alegria em desalento. 10 Humilhai-vos diante do Senhor, e ele vos exaltará.
– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 54 (55)

— Confia teus cuidados ao Senhor, e ele há de ser o teu sustento!

— É por isso que eu digo na angústia: † “Quem me dera ter asas de pomba *e voar para achar um descanso! Fugiria, então, para longe, * e me iria esconder no deserto.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16º Domingo do Tempo Comum (21/07/2024)

— Acharia depressa um refúgio † contra o vento, a procela, o tufão”. * Ó Senhor, confundi as más línguas.

— Dispersai-as, porque na cidade † só se vê violência e discórdia! * Dia e noite circundam seus muros.

— Lança sobre o Senhor teus cuidados, * porque ele há de ser teu sustento, e jamais ele irá permitir *que o justo para sempre vacile!

Evangelho do Dia

Evangelho (Mc 9,30-37)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Minha glória é a cruz do Senhor Cristo Jesus, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para este mundo. (Gl 6,14)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 30 Jesus e seus discípulos atravessavam a Galileia. Ele não queria que ninguém soubesse disso, 31 pois estava ensinando a seus discípulos. E dizia-lhes: “O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens, e eles o matarão. Mas, três dias após sua morte, ele ressuscitará”. 32 Os discípulos, porém, não compreendiam estas palavras
e tinham medo de perguntar.

33 Eles chegaram a Cafarnaum. Estando em casa, Jesus perguntou-lhes: “O que discutíeis pelo caminho?” 34 Eles, porém, ficaram calados, pois pelo caminho tinham discutido quem era o maior. 35 Jesus sentou-se, chamou os doze e lhes disse: “Se alguém quiser ser o primeiro, que seja o último de todos e aquele que serve a todos!” 36 Em seguida, pegou uma criança, colocou-a no meio deles, e abraçando-a disse: 37 “Quem acolher em meu nome uma destas crianças, é a mim que estará acolhendo. E quem me acolher, está acolhendo, não a mim, mas àquele que me enviou”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 15ª Semana do Tempo Comum, Sábado (20/07/2024)

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Por que Jesus desejaria que ninguém soubesse que Ele e Seus discípulos estavam viajando pela Galiléia naquela época? Parece que a razão foi que Jesus estava intensamente focado em ensinar aos Seus discípulos sobre a Sua vindoura paixão, morte e ressurreição. O Evangelho de hoje apresenta-nos três momentos em que Jesus ensinou os seus discípulos de forma privada, direta e clara: primeiro, enquanto viajavam; segundo, quando chegaram a Cafarnaum e entraram numa casa; e terceiro, quando Jesus chamou uma criança. Embora o conteúdo do que Jesus ensinou aos Seus discípulos seja significativo, também é útil refletir primeiro sobre o simples fato de que Jesus passou algum tempo a sós com os discípulos ensinando-os.

De muitas maneiras, nosso Senhor faz o mesmo conosco. Jesus está constantemente nos chamando a diversas formas de solidão com Ele, para que possamos ouvir tudo o que Ele quer nos ensinar. Isso é difícil para muitos hoje. Muitas pessoas são constantemente bombardeadas com os vários ruídos do mundo, são constantemente distraídas por experiências momentâneas e passageiras e acham difícil sair sozinhas com nosso Senhor para que Ele possa lhes ensinar as lições mais importantes da vida.

Ao considerar suas atividades semanais, quanto tempo você dedica para ficar a sós com nosso Senhor? Quanto tempo você gasta em oração, na leitura das Escrituras e em meditação silenciosa, longe de outras distrações? Para muitos, isso é um desafio.

Também é útil considerar o conteúdo do que Jesus ensinou aos Seus discípulos em particular. Ele falou-lhes sobre Sua vindoura paixão, morte e ressurreição. Este era o propósito central da Sua vida e era claramente algo que Jesus queria comunicar aos Seus discípulos. Observe também que Jesus falou muito diretamente e sem qualquer figura de linguagem ao explicar isso. Compare isso com as muitas parábolas que Ele contou às multidões. Parece que quando Jesus pôde ficar a sós com aqueles que dedicaram suas vidas a segui-Lo com fé, Jesus foi capaz de transmitir Sua mensagem salvadora de forma mais clara e direta.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santa Maria Madalena, Segunda-feira (22/07/2024)

Reflita hoje sobre o fato de que nosso Senhor deseja levá-lo ao silêncio e à solidão de vez em quando. Ele quer passar um tempo sozinho com você. Este é especialmente o caso daqueles que escolheram dedicar totalmente as suas vidas a Ele e à Sua missão. Se for você, então procure esses momentos de solidão em que nosso Senhor possa falar com você de forma mais clara e direta, para que sua fé se aprofunde e sua compreensão e conhecimento cresçam aos trancos e barrancos.

Oração do Dia

Senhor, você tem tanto a dizer, tanto a ensinar e tanto a revelar. Ao escolher segui-lo e dedicar toda a minha vida a você, oro para que você me atraia continuamente para um maior silêncio e solidão, para que eu possa receber de você as mensagens profundas, claras e diretas que preciso ouvir, compreender e acreditar. . Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A palavra “liturgia” já era comum na antiguidade, mas depois dos séculos VIII e IX é que a liturgia passou a ser usada pela igreja grega e fazendo parte da igreja católica também.

A Liturgia Diária é utilizada nas missas e existe uma liturgia diferente para cada dia do ano. A Liturgia Diária é composta por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Mas em alguns dias, também podem ter duas ou mais Leituras também.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.