Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 13º Domingo do Tempo Comum (26/06/2022)

Liturgia Diária do 13º Domingo do Tempo Comum, 26 de junho de 2022.

Receba a Liturgia do Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Homilia Diária Hoje do evangelho e Salmo do dia. Leia aqui a Liturgia de hoje no site Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Leitura (1 Reis 19,16.19-21)

Leitura do primeiro livro dos Reis.

Naqueles dias, disse o Senhor a Elias: 16“Vai e unge a Eliseu, filho de Safat, de Abel-Meula, como profeta em teu lugar”. 19Elias partiu dali e encontrou Eliseu, filho de Safat, lavrando a terra com doze juntas de bois; e ele mesmo conduzia a última. Elias, ao passar perto de Eliseu, lançou sobre ele o seu manto. 20Então Eliseu deixou os bois e correu atrás de Elias, dizendo: “Deixa-me primeiro ir beijar meu pai e minha mãe, depois te seguirei”. Elias respondeu: “Vai e volta! Pois o que te fiz eu?” 21Ele retirou-se, tomou a junta de bois e os imolou. Com a madeira do arado e da canga assou a carne e deu de comer à sua gente. Depois, levantou-se, seguiu Elias e pôs-se ao seu serviço.

Palavra do Senhor.

Salmo

Ó Senhor, sois minha herança para sempre!

– Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!

Digo ao Senhor: “Somente vós sois meu Senhor:

nenhum bem eu posso achar fora de vós!”

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,

meu destino está seguro em vossas mãos!

– Eu bendigo o Senhor, que me aconselha

e até de noite me adverte o coração.

Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,

pois, se o tenho a meu lado, não vacilo.

– Eis por que meu coração está em festa,

minha alma rejubila de alegria

e até meu corpo no repouso está tranquilo;

pois não haveis de me deixar entregue à morte

Leia mais:  Evangelho do Dia - segunda-feira, 31/08/2020

nem vosso amigo conhecer a corrupção.

– Vós me ensinais vosso caminho para a vida;

junto a vós, felicidade sem limites,

delícia eterna e alegria ao vosso lado!

2ª Leitura

Leitura (Gálatas 5,1.13-18)

Leitura da carta de São Paulo aos Gálatas.

Irmãos, 1é para a liberdade que Cristo nos libertou. Ficai, pois, firmes e não vos deixeis amarrar de novo ao jugo da escravidão. 13Sim, irmãos, fostes chamados para a liberdade. Porém, não façais dessa liberdade um pretexto para servirdes à carne. Pelo contrário, fazei-vos escravos uns dos outros pela caridade. 14Com efeito, toda a Lei se resume neste único mandamento: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. 15Mas, se vos mordeis e vos devorais uns aos outros, cuidado para não serdes consumidos uns pelos outros. 16Eu vos ordeno: procedei segundo o Espírito. Assim, não satisfareis aos desejos da carne. 17Pois a carne tem desejos contra o espírito, e o espírito tem desejos contra a carne. Há uma oposição entre carne e espírito, de modo que nem sempre fazeis o que gostaríeis de fazer. 18Se, porém, sois conduzidos pelo Espírito, então não estais sob o jugo da Lei.

Palavra do Senhor.

Evangelho do Dia

Evangelho (Lucas 9,51-62)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Fala, Senhor, que te escuta teu servo! Tu tens palavras de vida eterna! (1Sm 3,9; Jo 6,68).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.

51Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém 52e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho e entraram num povoado de samaritanos, para preparar hospedagem para Jesus. 53Mas os samaritanos não o receberam, pois Jesus dava a impressão de que ia a Jerusalém. 54Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: “Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para destruí-los?” 55Jesus, porém, voltou-se e repreendeu-os. 56E partiram para outro povoado. 57Enquanto estavam caminhando, alguém na estrada disse a Jesus: “Eu te seguirei para onde quer que fores”. 58Jesus lhe respondeu: “As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça”. 59Jesus disse a outro: “Segue-me”. Este respondeu: “Deixa-me primeiro ir enterrar meu pai”. 60Jesus respondeu: “Deixa que os mortos enterrem os seus mortos; mas tu, vai anunciar o Reino de Deus”. 61Um outro ainda lhe disse: “Eu te seguirei, Senhor, mas deixa-me primeiro despedir-me dos meus familiares”. 62Jesus, porém, respondeu-lhe: “Quem põe a mão no arado e olha para trás não está apto para o Reino de Deus”.

Leia mais:  Evangelho do Dia - Domingo da Páscoa, 04/04/2021

Palavra da salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Jesus estava “resolutamente determinado” em Sua missão de viajar para Jerusalém. O significado desta linha pode ser facilmente perdido.

Há duas coisas a apontar sobre esta passagem. Primeiro, Jerusalém era o destino onde Ele finalmente morreria pelos pecados do mundo. Foi o Seu lugar de glorificação através do Sacrifício da Cruz. Assim, os discípulos não queriam que Jesus fosse a Jerusalém, pois sabiam que era um risco. Mas Jesus viu através do sofrimento que Ele suportaria em breve para a futura glória do Sacrifício que Ele ofereceria.

Segundo, o fato de Jesus ter sido “resoluto” em Sua determinação de ir a Jerusalém e sacrificar Sua vida revela Sua coragem e amor perfeito. Ele não temia o que aconteceria com Ele porque Ele tinha o quadro maior em mente. Ele viu o bom fruto da salvação de muitas almas e isso ofuscou qualquer tentação de ser dissuadido de Sua missão divina.

Podemos aprender muito com a determinação de Jesus de sacrificar Sua vida em Jerusalém pela salvação do mundo. Certamente devemos ver o fruto deste sacrifício e ser eternamente gratos por ele. Mas também devemos vê-lo como um convite para imitar as ações de Jesus. Em nossas próprias vidas, há muitas oportunidades que nos são dadas para escolher uma vida de sacrifício altruísta pelo bem dos outros. Essas oportunidades vêm de muitas formas, mas no final são sempre oportunidades de amor e doação. Embora o sacrifício nos tente a fugir em uma direção diferente, se mantivermos nossos olhos no bom fruto de todo sacrifício altruísta, seremos encorajados a ser resolutos em nossa determinação de amor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 4ª Semana Comum, Terça-feira (01/02)

Reflita, hoje, sobre o que quer que seja a sua “Jerusalém”. Por que você é convidado a sacrificar sua vida por amor? Quando descobrires o que é, olha também para a tua vontade de abraçar este sacrifício pelo bem dos outros e esforçar-te por imitar a firme determinação de nosso Senhor.

Oração do Dia

Meu determinado Senhor, ofereço minha vida a Ti e aceito Teu convite para oferecer minha vida pelo bem dos outros. Dê-me a coragem e a determinação de que preciso para ver o valor da vida altruísta e encha-me com o amor inabalável de Sua santa vontade. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como o momento formal da missa católica. Mas seu verdadeiro significado é fazer com que os cristãos reflitam as palavras e praticar seus ensinamentos no dia a dia.

A liturgia nos mostra o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo, trazendo orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.