Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (08/07/2022)

Liturgia Diária da 14ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira, 8 de julho de 2022.

Receba diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Leitura da Liturgia Diária de Hoje em nosso site. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Leitura (Oseias 14, 2-10)

Leitura da profecia de Oseias.

Assim fala o Senhor: 14 2 “Muni-vos de palavras (de súplicas) e voltai ao Senhor. Dizei-lhe: ‘Perdoai todos os nossos pecados, acolhei-nos favoravelmente. Queremos oferecer em sacrifício a homenagem de nossos lábios.

3 O assírio não nos salvará, não mais montaremos nossos cavalos, e não mais teremos como Deus obra alguma de nossas mãos, porque só junto de vós encontra o órfão compaixão’.

4 Curarei a sua infidelidade, amá-los-ei de todo o coração, (porque minha cólera apartou-se deles)’.

5 Serei para Israel como o orvalho; ele florescerá como o lírio, e lançará raízes como o álamo.

6 Seus galhos estender-se-ão ao longe, sua opulência igualará à da oliveira e seu perfume será como o odor do Líbano.

7 (Os de Efraim) virão sentar-se à sua sombra. Cultivarão o trigo. Crescerão com a vinha. E serão famosos como o vinho do Líbano.

8 Que terá ainda Efraim de comum com os ídolos? Eu mesmo, que o afligi, torná-lo-ei feliz. Eu sou como o cipreste sempre verde: graças a mim é que produzes fruto.

9 Quem é sábio atenda a estas coisas! Que o homem inteligente reflita nelas, porque os caminhos do Senhor são retos. Os justos andam por eles, mas os pecadores neles tropeçam”.

Palavra do Senhor.

Salmo

Salmo Responsorial 50/51

Minha boca anunciará vosso louvor!

– Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia!

Na imensidão de vosso amor, purificai-me!

Lavai-me todo inteiro do pecado

Leia mais:  Liturgia Diária - segunda-feira, 11/01/2021

e apagai completamente a minha culpa!

– Mas vós amais os corações que são sinceros,

Na intimidade me ensinais sabedoria.

Aspergi-me e serei puro do pecado,

E mais branco do que a neve ficarei.

– Criai em mim um coração que seja puro,

Dai-me de novo um espírito decidido.

Ó Senhor, não me afasteis de vossa face

Nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!

– Dai-me de novo a alegria de ser salvo

E confirmai-me com espírito generoso!

Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar,

e minha boca anunciará vosso louvor!

Evangelho do Dia

Evangelho (Mateus 10,16-23)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Quando o paráclito vier, o Espírito da verdade, ele vos conduzirá a toda a verdade, lembrar-vos-á de tudo o que eu tenho falado (Jo 16,13; 14,26).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 10 16 “Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos. Sede, pois, prudentes como as serpentes, mas simples como as pombas.

17 Cuidai-vos dos homens. Eles vos levarão aos seus tribunais e açoitar-vos-ão com varas nas suas sinagogas.

18 Sereis por minha causa levados diante dos governadores e dos reis: servireis assim de testemunho para eles e para os pagãos.

19 Quando fordes presos, não vos preocupeis nem pela maneira com que haveis de falar, nem pelo que haveis de dizer: naquele momento ser-vos-á inspirado o que haveis de dizer.

20 Porque não sereis vós que falareis, mas é o Espírito de vosso Pai que falará em vós.

21 O irmão entregará seu irmão à morte. O pai, seu filho. Os filhos levantar-se-ão contra seus pais e os matarão.

22 Sereis odiados de todos por causa de meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.

Leia mais:  Evangelho do Dia - Quinta-feira, 19ª Semana do Tempo Comum, 12/08/2021

23 Se vos perseguirem numa cidade, fugi para uma outra. Em verdade vos digo: não acabareis de percorrer as cidades de Israel antes que volte o Filho do Homem”.

Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Imagine-se sendo um seguidor de Jesus na época em que Ele estava pregando. Imagine que há muito entusiasmo sobre Ele e grandes esperanças de que Ele será o novo Rei e o Messias. Haveria muita esperança e entusiasmo sobre o que está por vir.

Mas então, do nada, Jesus dá este sermão. Ele diz que Seus seguidores serão perseguidos e açoitados e que essa perseguição continuará repetidamente. Isso deve ter feito Seus seguidores pararem e questionarem seriamente Jesus e se perguntarem se valeu a pena segui-Lo.

A perseguição aos cristãos tem estado viva ao longo dos tempos. Aconteceu em todas as épocas e em todas as culturas. Ele continua viva hoje. Então o que fazemos com isso? Como respondemos?

Muitos cristãos podem cair na armadilha de pensar que o cristianismo é simplesmente “se dar bem”. É fácil acreditar que, se formos amorosos e gentis, todos também nos amarão. Mas não foi isso que Jesus disse.

Jesus deixou claro que a perseguição fará parte da Igreja e que não devemos nos surpreender quando isso acontecer conosco. Não devemos nos surpreender quando aqueles dentro de nossa cultura pisam em nós e agem maliciosamente. Quando isso acontece, é fácil para nós perder a fé e desanimar. Podemos desanimar e sentir vontade de transformar nossa fé em uma vida oculta que vivemos. É difícil viver nossa fé abertamente sabendo que a cultura e o mundo não gostam disso e não aceitam.

Leia mais:  Liturgia Diária - sábado, 25/07/2020

Os exemplos estão ao nosso redor. Tudo o que temos a fazer é ler as notícias seculares para ficarmos cientes de uma crescente hostilidade em relação à fé cristã. Por esse motivo, precisamos acatar as palavras de Jesus hoje mais do que nunca. Precisamos estar cientes de Sua advertência e ter esperança em Sua promessa de que Ele estará conosco e nos dará as palavras para dizer quando precisarmos. Mais do que tudo, esta passagem nos chama à esperança e confiança em nosso Deus amoroso.

Reflita, hoje, em como você está pronto e disposto a enfrentar a hostilidade do mundo. Você não deve reagir com hostilidade semelhante, mas deve se esforçar para ter coragem e força para suportar toda e qualquer perseguição com a ajuda, força e sabedoria de Cristo.

Oração do Dia

Senhor de força perfeita, dá-me força, coragem e sabedoria enquanto vivo minha fé em um mundo hostil a Ti. Que eu responda com amor e misericórdia diante da dureza e do mal-entendido. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.