Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária do 4º Domingo da Páscoa, 8 de maio de 2022.

Receba diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Salmo e o Evangelho do Dia de Hoje com reflexão. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (At 13,14.43-52)

Leitura dos Atos dos Apóstolos:

Naqueles dias, Paulo e Barnabé 14partindo de Perge, chegaram a Antioquia da Pisídia. E, entrando na sinagoga em dia de sábado, sentaram-se.

43Muitos judeus e pessoas piedosas convertidas ao judaísmo seguiram Paulo e Barnabé. Conversando com eles, os dois insistiam para que continuassem fiéis à graça de Deus.

44No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu para ouvir a palavra de Deus. 45Ao verem aquela multidão, os judeus ficaram cheios de inveja e, com blasfêmias, opunham-se ao que Paulo dizia.

46Então, com muita coragem, Paulo e Barnabé declararam: “Era preciso anunciar a palavra de Deus primeiro a vós. Mas, como a rejeitais e vos considerais indignos da vida eterna, sabei que vamos dirigir-nos aos pagãos. 47Porque esta é a ordem que o Senhor nos deu: ‘Eu te coloquei como luz para as nações, para que leves a salvação até os confins da terra’”.

48Os pagãos ficaram muito contentes, quando ouviram isso, e glorificavam a palavra do Senhor. Todos os que eram destinados à vida eterna, abraçaram a fé. 49Desse modo, a palavra do Senhor espalhava-se por toda a região.

50Mas os judeus instigaram as mulheres ricas e religiosas, assim como os homens influentes da cidade, provocaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé e expulsaram-nos do seu território.

51Então os apóstolos sacudiram contra eles a poeira dos pés, e foram para a cidade de Icônio. 52Os discípulos, porém, ficaram cheios de alegria e do Espírito Santo.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 99)

Leia mais:  Evangelho do Dia - terça-feira, 15/09/2020

— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, nós somos seu povo e seu rebanho.

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira,/ servi ao Senhor com alegria,/ ide a ele cantando jubilosos!

— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus,/ ele mesmo nos fez, e somos seus,/ nós somos seu povo e seu rebanho.

— Sim, é bom o Senhor e nosso Deus,/ sua bondade perdura para sempre,/ seu amor é fiel eternamente!

2ª Leitura

Segunda Leitura (Ap 7,9.14b-17)

Leitura do Livro do Apocalipse de São João:

Eu, João, 9vi uma multidão imensa de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas, e que ninguém podia contar. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro; trajavam vestes brancas e traziam palmas na mão.

14bEntão um dos anciãos me disse: “Esses são os que vieram da grande tribulação. Lavaram e alvejaram as suas roupas no sangue do Cordeiro.

15Por isso, estão diante do trono de Deus e lhe prestam culto, dia e noite, no seu templo. E aquele que está sentado no trono os abrigará na sua tenda.

16Nunca mais terão fome nem sede. Nem os molestará o sol, nem algum calor ardente. 17Porque o Cordeiro, que está no meio do trono, será o seu pastor e os conduzirá às fontes da água da vida. E Deus enxugará as lágrimas de seus olhos”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Jo 10,27-30)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus: 27“As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. 28Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão.

Leia mais:  Liturgia Diária - quinta-feira, 14/05/2020

29Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. 30Eu e o Pai somos um”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Jesus oferece um claro contraste entre os pastores. Isso se aplicaria aos padres, pais e a todos nós de nossa maneira única. O contraste que Ele oferece é entre aqueles que se preocupam profundamente com aqueles que foram confiados a seus cuidados e aqueles que estão apenas seguindo os movimentos e são mais motivados pelo egoísmo do que pelo amor sacrificial.

Jesus manifestou perfeitamente o amor sacrificial como o Pastor Divino. Ele estava disposto a ir até o fim por nós, Suas ovelhas. Ele estava disposto a sacrificar tudo. Ele não permitiu que o sofrimento, a perseguição, a rejeição e afins o impedissem de Sua responsabilidade de cuidar de nós de forma total e completa. Deve inspirar-nos, consolar-nos e encorajar-nos a saber quão profundo é o Seu amor por nós.

Esse amor também é visto no amor inabalável de um pai, irmão ou amigo querido. Quando o amor que nos oferece é inabalável, principalmente em tempos difíceis, este é um grande apoio. E o amor oferecido a outro como este forja um vínculo espiritual profundo que é mais forte do que qualquer dificuldade que possamos enfrentar. Não importa qual “lobo” venha em nosso caminho, devemos saber do apoio inabalável do Divino Pastor. E quando podemos ver esse amor manifestado no apoio inabalável dos outros, somos duplamente abençoados.

Mas o contraste também não deve ser ignorado. Jesus dá o exemplo de “um mercenário que não é pastor” que vê o lobo vindo e corre. É importante ressaltar o quão prejudicial esse homem é para o povo de Deus. Quando ele foge de sua responsabilidade e cede à motivação egoísta, ele deixa o rebanho abandonado e vulnerável a ataques.

Leia mais:  Liturgia Diária - domingo, 25/10/2020

Devemos ver neste homem contratado a tentação que todos inevitavelmente enfrentamos na vida. É difícil ficar com ele nos tempos difíceis. É difícil estar lá para aqueles que precisam de nós quando precisam de nós. É difícil ser fiel em todas as coisas e nunca recuar diante da tentação do medo.

Jesus oferece Seu amor e apoio inabaláveis ​​a nós como nosso Pastor, mas Ele também quer que devolvamos esse presente a Ele, oferecendo esse mesmo compromisso inabalável uns com os outros.

Reflita, hoje, quão bem você imita o Bom Pastor. Onde você estiver faltando, deixe que Ele o pastoreie para que você possa pastorear outros. Corra para o Bom Pastor e confie em Seu amor perfeito por você.

Oração do Dia

Jesus, nosso Bom Pastor, eu Te agradeço por Seu apoio inabalável a mim como meu Pastor. E eu Te agradeço por aqueles que atuam como Teus instrumentos deste profundo amor e compromisso. Ajude-me a cumprir meu papel de pastorear Seu povo, as pessoas que Você colocou em minha vida. Que eu nunca fuja da gloriosa responsabilidade para a qual você me chamou. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Terça-feira (17/05)

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (02/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.