Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (02/05/2024)

Liturgia Diária de Hoje

Liturgia Diária de Quinta-feira, 2 de maio de 2024.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Oração do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (At 15,7-21)

Leitura dos Atos dos Apóstolos

Naqueles dias, 7 Depois de longa discussão, Pedro levantou-se e falou aos apóstolos e anciãos: “Irmãos, vós sabeis que, desde os primeiros dias, Deus me escolheu, do vosso meio, para que os pagãos ouvissem de minha boca a palavra do Evangelho e acreditassem.

8 Ora, Deus, que conhece os corações, testemunhou a favor deles, dando-lhes o Espírito Santo como o deu a nós.

9 E não fez nenhuma distinção entre nós e eles, purificando o coração deles mediante a fé.

10 Então, por que vós agora colocais Deus à prova, querendo impor aos discípulos um jugo que nem nossos pais e nem nós mesmos tivemos força para suportar?

11 Ao contrário, é pela graça do Senhor Jesus que acreditamos ser salvos, exatamente como eles”.

12 Houve então um grande silêncio em toda a assembleia. Depois disso, ouviram Barnabé e Paulo contar todos os sinais e prodígios que Deus havia realizado, por meio deles, entre os pagãos.

13 Quando Barnabé e Paulo terminaram de falar, Tiago tomou a palavra e disse: “Irmãos, ouvi-me: 14 Simão acaba de nos lembrar como, desde o começo, Deus se dignou tomar homens das nações pagãs para formar um povo dedicado ao seu Nome.

15 Isso concorda com as palavras dos profetas, pois está escrito: 16 ‘Depois disso, eu voltarei e reconstruirei a tenda de Davi que havia caído; reconstruirei as ruínas que ficaram e a reerguerei, a fim de que o resto dos homens procure o Senhor com todas as nações que foram consagradas ao meu Nome. É o que diz o Senhor, que fez estas coisas, 18 conhecidas há muito tempo’.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16º Domingo do Tempo Comum (21/07/2024)

19 Por isso, sou do parecer que devemos parar de importunar os pagãos que se convertem a Deus.

20 Vamos somente prescrever que eles evitem o que está contaminado pelos ídolos, as uniões ilegítimas, comer carne de animal sufocado e o uso do sangue.

21 Com efeito, desde os tempos antigos, em cada cidade, Moisés tem os seus pregadores, que o lêem todos os sábados nas sinagogas”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 95 (96)— Anunciai as maravilhas do Senhor entre todas as nações.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome!

— Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, e entre os povos do universo seus prodígios!

— Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” Ele firmou o universo inabalável pois os povos ele julga com justiça.

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 15,9-11)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Minhas ovelhas escutam minha voz, minha voz estão elas a escutar; eu conheço, então, minhas ovelhas, que me seguem, comigo a caminhar. (Jo 10,27)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 9 “Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor. 10 Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. 11 Eu vos disse isto, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Quando Jesus falou a frase acima, Ele seguiu dizendo: “Eu lhe disse isso para que minha alegria esteja em você e sua alegria seja completa”. Estas duas linhas, tomadas lado a lado, fornecem uma unidade útil do ensino de Jesus sobre a santa obediência a Ele.

Leia mais:  Liturgia Diária – 15ª Semana do Tempo Comum, Sábado (20/07/2024)

Primeiro, Jesus fala da necessidade de guardar os Seus mandamentos. Para alguns, tal declaração, quando tomada por si só, pode parecer pesada, ditatorial, opressiva e restritiva. Mas seria isso mesmo? A resposta é encontrada claramente à medida que continuamos lendo.

A próxima coisa que Jesus ensina é que o efeito de guardar Seus mandamentos é que “permanecemos em Seu amor”. Ele explica ainda que não está nos pedindo para fazer nada que Ele mesmo não estivesse disposto a fazer. Ele foi obediente à vontade do Pai, guardando os mandamentos do Pai com perfeição. Portanto, devemos ouvir Seu comando como um ditado que flui de Sua escolha vivida livremente de ser obediente. Como Filho de Deus encarnado, Ele obedeceu perfeitamente ao Pai em Sua natureza humana. O resultado foi que Ele permaneceu perfeitamente cheio do amor do Pai. Mas isso não é tudo. A alegria também é experimentada de forma “completa” quando imitamos a perfeita obediência de Jesus.

À luz dos ensinamentos de nosso Senhor, como você vê a santa obediência à vontade de Deus? Tomemos, por exemplo, cada um dos Dez Mandamentos. Você luta com uma obediência inabalável a eles? Você os vivencia como limitações opressivas e impostas, e não como realmente são? Quando compreendidos corretamente, os Dez Mandamentos e todos os outros ditames da vontade de Deus são exatamente o que precisamos e, mais ainda, exatamente o que desejamos profundamente na vida. Queremos ordem interior em vez de caos. Queremos integridade em vez de fragilidade. Queremos alegria em vez de tristeza. E queremos a unidade com o amor de Deus em vez da perda de Deus. O caminho para a vida que desejamos tão profundamente é a obediência aos mandamentos da vontade de Deus em todas as coisas.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santa Maria Madalena, Segunda-feira (22/07/2024)

Reflita hoje sobre sua reação interior imediata à santa obediência. Se você se sente resistente de alguma forma a esse ensinamento de Jesus, então é um bom sinal de que você precisa desse ensinamento mais do que imagina. Tente olhar para a obediência à luz da verdade. Procure perceber que, no fundo, sua alma anseia pela obediência e pela ordem interior que ela traz. Examine, especialmente, quaisquer áreas de obediência com as quais você tenha dificuldade e comprometa-se firmemente com a obediência inabalável a cada um dos mandamentos de nosso Senhor.

Oração do Dia

Meu obediente Senhor, Você obedeceu à vontade de Seu Pai Celestial com perfeição. Através desta obediência, Você não apenas experimentou o pleno amor e alegria do Pai em Sua natureza humana, mas também nos deu um exemplo e modelo perfeito de santidade. Ajude-me a ver as áreas da minha vida nas quais preciso ser mais obediente, para que eu também participe da Tua vida santa e da do Pai. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.