Liturgia Diária – 7ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (22/05/2024)

Homilia Diária

Liturgia Diária de Quarta-feira, 22 de maio de 2024.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Aqui você fica sabendo qual o Evangelho do Dia de Hoje e acompanha a Liturgia aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Tg 4,13-17)

Leitura da Carta de São Tiago

Caríssimos, 13 e agora, vós que dizeis: “Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, passaremos ali um ano, negociando e ganhando dinheiro”. 14 No entanto, não sabeis nem mesmo o que será da vossa vida, amanhã! Com efeito, não passais de uma neblina que se vê por um instante e logo desaparece. 15 Em vez de dizer: “Se o Senhor quiser, estaremos vivos e faremos isto ou aquilo”, 16 vós vos gloriais de vossas fanfarronadas. Ora, toda a arrogância deste tipo é um mal. 17 Assim, aquele que sabe fazer o bem e não o faz incorre em pecado.
– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 48 (49)

— Felizes os humildes de espírito porque deles é o Reino dos Céus!

— Ouvi isto, povos todos do universo, * muita atenção, ó habitantes deste mundo; poderosos e humildes, escutai-me, *ricos e pobres, todos juntos, sede atentos!

— Por que temer os dias maus e infelizes, * quando a malícia dos perversos me circunda? Por que temer os que confiam nas riquezas *e se gloriam na abundância de seus bens?

— Ninguém se livra de sua morte por dinheiro * nem a Deus pode pagar o seu resgate. A isenção da própria morte não tem preço; * não há riqueza que a possa adquirir, nem dar ao homem uma vida sem limites *e garantir-lhe uma existência imortal.
— Morrem os sábios e os ricos igualmente; † morrem os loucos e também os insensatos, * e deixam tudo o que possuem aos estranhos.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sábado (13/07/2024)

Evangelho do Dia

Evangelho (Mc 9,38-40)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia

—Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai, senão por mim. (Jo 14,6)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 38 João disse a Jesus: “Mestre, vimos um homem expulsar demônios em teu nome. Mas nós o proibimos, porque ele não nos segue”. 39 Jesus disse: “Não o proibais, pois ninguém faz milagres em meu nome para depois falar mal de mim. 40 Quem não é contra nós é a nosso favor”.
— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Por que João e os outros discípulos tentariam impedir alguém de expulsar demônios? Para entender isso, imagine a cena. João e os outros discípulos passaram a acreditar que Jesus era o Cristo, o Messias de Deus. Eles o testemunharam realizar muitos milagres e mudar muitas vidas. Como resultado, eles sem dúvida queriam que todos descobrissem quem era Jesus e passassem a ter fé Nele. Mas então encontraram alguém que não conheciam, que expulsava demônios em nome de Jesus, e tentaram detê-lo.

Pouco antes desta passagem, lemos a história de um homem que trouxe seu filho possuído aos discípulos de Jesus e pediu-lhes que curassem o menino, mas eles não conseguiram. Talvez os discípulos tenham ficado um pouco humilhados pela sua incapacidade de expulsar o demônio, e então testemunharam outra pessoa, não da sua companhia, que foi capaz de expulsar demônios em nome de Jesus. Isto pode ter aumentado os seus sentimentos de fraqueza e humilhação, e talvez seja parte da sua motivação para tentar impedir o homem de exercer autoridade em nome de Jesus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (12/07/2024)

Uma tentação comum que o maligno lança sobre os membros da Igreja é a da divisão interna. Como seguidores de Cristo, todos nós recebemos a mesma missão, de maneiras diferentes. Somos chamados a nos tornar instrumentos da graça de Deus para a salvação das almas e para a glória de Deus. Mas às vezes deixamos de agir em uníssono e, em vez disso, vemos os nossos colegas de trabalho como nossos oponentes.

Dentro da nossa Igreja hoje, existem muitas divisões internas que devem cessar. Talvez a melhor maneira de conseguir isso seja priorizar o foco no apoio mútuo. Em vez de permitir que o orgulho crie ciúme daqueles que realizam “obras poderosas” pela graça de Deus, devemos trabalhar para nos alegrarmos com todo bem que vemos. Esta parece ser uma afirmação óbvia, mas o orgulho e os sentimentos de inadequação são tentações reais que nos levam a desprezar aqueles que cumprem a vontade de Deus de maneiras poderosas. Quando vemos alguém fazendo algo de bom, muitas vezes pensamos imediatamente em nós mesmos, desejando que fôssemos nós mesmos fazendo o bom trabalho. E quando Deus usa outra pessoa de uma forma poderosa, podemos facilmente ser tentados a ver as nossas próprias inadequações e falhas, em vez de glorificar a Deus pelas boas ações feitas por outra pessoa.

Reflita hoje sobre a simples verdade de que todo cristão está na mesma equipe espiritual. Todos somos chamados a trabalhar pelos objetivos da glória de Deus e da salvação das almas. Tente pensar humildemente naqueles em sua vida que fazem isso bem e considere sua atitude em relação a eles. Se você perceber qualquer forma de ciúme, inveja ou crítica, comprometa-se a dissipar essas atitudes. Em vez disso, procure ter gratidão ao se alegrar com as muitas maneiras pelas quais Deus usa os outros para o Seu propósito.

Leia mais:  Liturgia Diária – São Bento, abade, Memória, Quinta-feira (11/07/2024)

Oração do Dia

Senhor do poder e da força, Você realiza inúmeros bens através da generosidade e fidelidade do Seu povo. Você constantemente usa todos os que O seguem para realizar a Sua vontade. Por favor, use-me, querido Senhor, como um instrumento de Sua vontade, e ajude-me a sempre me alegrar nas maneiras como Você traz Sua graça através dos outros. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Reflexão Diária das palavras do Evangelho depois dessa leitura. Esta reflexão é feita em geral por interpretação própria do celebrante.

O ponto mais alto da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.