Liturgia Diária – Domingo da Páscoa do Senhor (17/04)

Liturgia Diária do Domingo da Páscoa do Senhor, 17 de abril de 2022.

Confira diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (At 10,34a.37-43)

Leitura dos Atos dos Apóstolos:

Naqueles dias, 34aPedro tomou a palavra e disse: 37“Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judeia, a começar pela Galileia, depois do batismo pregado por João: 38como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda a parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio; porque Deus estava com ele.

39E nós somos testemunhas de tudo o que Jesus fez na terra dos judeus e em Jerusalém. Eles o mataram, pregando-o numa cruz.

40Mas Deus o ressuscitou no terceiro dia, concedendo-lhe manifestar-se 41não a todo o povo, mas às testemunhas que Deus havia escolhido: a nós, que comemos e bebemos com Jesus, depois que ressuscitou dos mortos.

42E Jesus nos mandou pregar ao povo e testemunhar que Deus o constituiu Juiz dos vivos e dos mortos.

43Todos os profetas dão testemunho dele: “Todo aquele que crê em Jesus recebe, em seu nome, o perdão dos pecados”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 117)

— Este é o dia que o Senhor fez para nós:/ alegremo-nos e nele exultemos!

— Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!/ “Eterna é a sua misericórdia!”/ A casa de Israel agora o diga:/ “Eterna é a sua misericórdia!”

— A mão direita do Senhor fez maravilhas,/ a mão direita do Senhor me levantou./ Não morrerei, mas ao contrário, viverei/ para contar as grandes obras do Senhor!

— A pedra que os pedreiros rejeitaram,/ tornou-se agora a pedra angular;/ pelo Senhor é que foi feito tudo isso!/ Que maravilhas ele fez a nossos olhos!

2ª Leitura

Segunda Leitura (Cl 3,1-4)

Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses:

Leia mais:  Evangelho do Dia - domingo, 19/07/2020

Irmãos: 1Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, 2onde está Cristo, sentado à direita de Deus; aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres. 3Pois vós morrestes, e a vossa vida está escondida, com Cristo, em Deus.

4Quando Cristo, vossa vida, aparecer em seu triunfo, então vós aparecereis também com ele, revestidos de glória.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Jo 20,1-9)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

1No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.

2Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”.

3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou.

6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte.

8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu, e acreditou.

9De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Dizer essas palavras é como beber um copo grande de água fria depois de passar o dia no deserto. A Quaresma acabou e agora é tempo de celebrar a grande alegria da Páscoa!

Leia mais:  Liturgia Diária - terça-feira, 19/05/2020

Na Vigília Pascal, o Exsultet é cantado quando a Missa começa no escuro, iluminada apenas por velas em toda a igreja. O Exsultet é um belo hino de regozijo no triunfo de Cristo sobre o pecado e a morte. Uma parte afirma:

“Ó pecado verdadeiramente necessário de Adão, destruído completamente pela morte de Cristo! Ó feliz culpa que nos rendeu tão grande, tão glorioso Redentor!”

Esta linha se destaca porque chama o pecado de Adão de “necessário” e se refere a ele como “Ó feliz culpa”. A princípio, isso pode parecer estranho. Por que nos referimos ao pecado de Adão, o Pecado Original, como “necessário” e “feliz”. A resposta é a Páscoa. É porque Deus, em Sua perfeita sabedoria e amor, tomou o pecado e a consequência do pecado (a morte) e os usou como meio de salvação do mundo. É disso que se trata a Páscoa!

Isso pode ser difícil de compreender, então vale a pena pensar mais profundamente. Sem o pecado de Adão, não haveria Jesus. Deus não teria que se tornar um de nós. Assim, embora o pecado original de Adão, assim como todo pecado futuro, seja mau e errado, Deus em Seu perfeito poder e amor escolheu usá-lo como o próprio meio de salvação do mundo. Como? Permitindo que os pecados do mundo O persigam e O crucifiquem, e então, transformando esse sofrimento e morte no próprio meio de salvação. Jesus destruiu o pecado destruindo as consequências do pecado que é a morte. A morte perde na Ressurreição! A Ressurreição de Jesus tira os efeitos de todo pecado para aqueles que se apegam a Ele.

A Páscoa é um momento em que devemos fazer exatamente isso. Devemos nos “apegar” ao nosso Senhor ressurreto! Devemos nos apegar a Jesus que está vivo e bem. Devemos nos apegar à Sua Ressurreição e nos esforçar para participar dela. Como nos apegamos ao nosso Senhor Ressurreto? Existem muitos caminhos. Aqui está um.

Tenha alegria em tudo. Comece com o que é mais pesado para você. Seja o que for que o deixa com raiva, triste ou deprimido. Seja o que for, pode potencialmente se tornar uma de suas maiores fontes de graça e alegria. Sério, pode. Se a brutal crucificação de Jesus, o Filho de Deus, pode se tornar o maior evento de toda a história humana, então seu sofrimento pessoal, seu fardo ou mesmo seu pecado podem se tornar uma fonte de grande alegria, desde que você deixe Deus transformá-lo em parte de Sua Ressurreição!

Leia mais:  Liturgia Diária - terça-feira, 29/12/2020

Este é o significado da Páscoa! Páscoa significa que nada pode nos impedir da alegria que Deus quer nos dar. Nada pode roubar essa alegria. Claro, às vezes lutaremos como Jesus lutou na Agonia do Jardim e na Via Dolorosa (a Via Sacra), mas esses sofrimentos não vencerão. A Ressurreição venceu com Cristo e vencerá conosco quando nos apegamos a Ele. Jesus perseverou e, no final, ressuscitou vitorioso. Esta é a Páscoa!

Saiba que Deus quer que você experimente a alegria da Páscoa em sua vida. Deixe que Ele te encha de esperança e da alegria que só a Ressurreição pode trazer. Deus quer que a Páscoa comece agora em nossas vidas! Feliz Páscoa!

Oração do Dia

Meu Senhor transformador, ajuda-me a agarrar-me a Ti na Tua Ressurreição. Ajude-me a permitir que você transforme cada cruz e fardo em minha vida em alegria. Senhor, que Tua alegria encha minha vida e seja minha força em todas as coisas. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Terça-feira (17/05)

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.