Mundo dos Católicos

Liturgia Diária (25 de abril de 2020)

Liturgia diária de sábado, 25 de abril de 2020.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Você também pode acompanhar diariamente o Salmo do Dia aqui no Mundo dos Católicos.

A liturgia diária

Para os católicos, a liturgia é uma forma de renovação do sacrifício de Jesus Cristo para a salvação da humanidade. A liturgia diária são as lembranças de Jesus e da salvação trazendo para os cristãos uma reflexão que pode ser inserida em suas vidas.

A liturgia diária vem do grego derivado de duas palavras. A primeira “Leito” que significa: público. E a segunda palavra “Ergos” que significa: aquele que faz um trabalho público para o povo. A Liturgia é entendida como uma cerimônia estabelecida previamente segundo a tradição da igreja católica.

A Liturgia Diária na Igreja Católica

Liturgia Diária

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, or volta de XVI.

A liturgia diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A liturgia diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Reflexão

Jesus quis dizer isso literalmente? Sim. Ele certamente fez. E ao longo da história da Igreja, vimos grandes milagres e grandes feitos realizados por Seus seguidores em Seu nome, como Deus quis em vários tempos e lugares. Então, sim, ele quis dizer o que disse.

Leia mais:  Evangelho do Dia - sábado, 22/08/2020

Mas há também outro nível de significado que não devemos perder. Embora isso não seja literalmente vivido por todos que crêem, será vivido de acordo com um significado mais profundo e espiritual.

Existem quatro coisas básicas que Jesus promete que acontecerão aqui. Ele promete que aqueles que têm fé: 1) vencem o maligno, 2) se comunicam de uma nova maneira, 3) enfrentam perigos mundanos e são protegidos, e 4) são uma fonte de cura para os outros.

Primeiro, o maligno é real e está constantemente tentando nos assustar e nos dominar. Mas, por analogia, o maligno é como um cachorro de três quilos que tem um latido cruel e desagradável e pouca mordida. O “latido” pode ser assustador às vezes, mas o poder de Cristo é como uma bota de bico de aço que pode lidar facilmente com essa ameaça.

Segundo, somos chamados a “falar novas línguas”, pois somos chamados a comunicar as palavras e a verdade de Deus de uma maneira que está além de nossas habilidades naturais. Somos chamados a falar e nos comunicar na língua de Deus e a nos tornar Sua boca para um mundo carente.

Terceiro, haverá muitas lutas que enfrentaremos nesta vida. Não apenas do maligno, mas também do mundo e de nossas próprias lutas distorcidas. Mais uma vez, Jesus promete a graça de superar os muitos perigos e lutas que enfrentaremos na vida, se o deixarmos.

Por fim, Jesus veio curar, especialmente nossas almas, e ele quer que sejamos instrumentos de cura para aqueles que encontramos todos os dias.

Leia mais:  Evangelho do Dia - segunda-feira, 28/12/2020

São Marcos, a quem honramos hoje, foi um grande evangelista para Cristo. Reflita hoje sobre o fato de que todos somos chamados a participar da missão de evangelização. Reflita sobre esses chamados na vida, conforme descrito acima, e se alguém se destacar e falar com você de uma maneira única, ouça-o com atenção. Pode ser que Deus esteja chamando você para participar mais plenamente de Sua missão divina.

Senhor, eu acredito e escolho deixar que você me use como um instrumento de Sua graça. Que a fé que você me deu também seja uma fonte de graça para um mundo carente. Jesus eu confio em vós.

Liturgia Diária com Reflexão

Além da liturgia diária, é comum que nas missas o padre ou celebrante na ocasião, faça uma reflexão das palavras do evangelho do dia. Esta reflexão é feita em geral por livre interpretação, não seguindo um texto pré-definido.

A História da Liturgia Diária

O ponto principal da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

Leia mais:  Liturgia Diária - sábado, 05/12/2020

A Liturgia Diária na Missa

A liturgia faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A liturgia diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Utilizada nas missas, a liturgia também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a liturgia diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a liturgia diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

A Liturgia nos dias de hoje

A Liturgia diária é vista por muitos como sendo um rito que trás uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.