Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 12ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (22/06/2022)

Liturgia Diária da 12ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira , 22 de junho de 2022.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Aqui você fica sabendo qual o Evangelho do Dia de Hoje e acompanha a Liturgia aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Leitura (2 Reis 22,8-13; 23,1-3)

Leitura do segundo livro dos Reis.

22 8 O sumo sacerdote Helcias disse ao escriba Safã: “Encontrei no templo do Senhor o livro da Lei”. Helcias deu esse livro a Safã,

9 o qual, depois de tê-lo lido, voltou ao rei e prestou-lhe contas da missão que lhe fora confiada: “Teus servos juntaram o dinheiro que se encontrava no templo e entregaram-no aos encarregados do templo do Senhor”.

10 O escriba Safã disse ainda ao rei: “O sacerdote Helcias entregou-me um livro”.

11 E leu-o em presença do rei. Quando o rei ouviu a leitura do livro da Lei, rasgou as vestes,

12 e ordenou ao sacerdote Helcias, a Aicão, filho de Safã, a Acobor, filho de Mica, ao escriba Safã e ao seu oficial Azarias, o seguinte:

13 “Ide e consultai o Senhor de minha parte, da parte do povo e de todo o Judá, acerca do conteúdo deste livro que acaba de ser descoberto. A cólera do Senhor deve ser grande contra nós, porque nossos pais não obedeceram às palavras deste livro, nem puseram em prática tudo o que aí está prescrito”.

23 1 O rei convocou à sua presença todos os anciãos de Judá e de Jerusalém,

2 e subiu ao templo do Senhor com todos os homens de Judá e todos os habitantes de Jerusalém, os sacerdotes, profetas e todo o povo, pequenos e grandes. Leu então, diante deles, o texto completo do livro da Aliança que fora descoberto no templo do Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária - sábado, 27/06/2020

3 O rei, de pé na tribuna, renovou a aliança em presença do Senhor, comprometendo-se a seguir o Senhor, a observar os seus mandamentos, suas instruções e suas leis, de todo o seu coração e de toda a sua alma, e a cumprir todas as cláusulas da aliança contida no livro. Todo o povo concordou com essa aliança.

Palavra do Senhor

Salmo

Salmo Responsorial 118/119

Ensinai-me a viver vossos preceitos, ó Senhor!

– Ensinai-me a viver vossos preceitos;

quero guardá-los fielmente até o fim!

– Dai-me o saber, e cumprirei a vossa lei,

e de todo o coração a guardarei.

– Guiai meus passos no caminho que traçastes,

pois só nele encontrarei felicidade.

– Inclinai meu coração às vossas leis,

e nunca ao dinheiro e à avareza.

– Desviais o meu olhar das coisas vãs,

dai-me a vida pelos vossos mandamentos!

Evangelho do Dia

Evangelho (Mateus 7,15-20)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Ficai em mim e eu em vós ficarei, diz Jesus; quem em mim permanece há de dar muito fruto (Jo 15,4s).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

7 15 Disse Jesus: “Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos arrebatadores.

16 Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinhos e figos dos abrolhos?

17 Toda árvore boa dá bons frutos; toda árvore má dá maus frutos.

18 Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má, bons frutos.

19 Toda árvore que não der bons frutos será cortada e lançada ao fogo.

20 Pelos seus frutos os conhecereis”.

Leia mais:  Liturgia Diária – Festa do Batismo do Senhor, Domingo (09/01)

Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

A resposta óbvia a esta pergunta de Jesus é “Não, as pessoas não colhem uvas dos espinheiros”. Em outras palavras, uma pessoa má não pode dar bons frutos.

Esta declaração de nosso Senhor pode nos dar muita orientação na área de discernimento. Em primeiro lugar, é importante estar ciente do fato muito simples de que “falsos profetas” existem. Isso pode ser entendido como qualquer um que ativamente engana outro sob o pretexto de fazer o bem. Alguns podem fazer isso sem saber, mas normalmente aquele que age como um lobo em pele de cordeiro o faz com a intenção de algum tipo de ganho egoísta. O ganho egoísta pelo qual eles são motivados pode ser muitas coisas, mas o princípio básico do egoísmo geralmente se aplica.

A título de exemplo, tome um vendedor de carros usados ​​que enganosamente diz a um potencial comprador de carros, que um carro em particular é maravilhoso, quando o vendedor realmente sabe que o carro tem sérios problemas mecânicos. Seu objetivo é a venda do carro por um lucro egoísta com pouca preocupação com o dano causado ao comprador inesperado.

Da mesma forma, muitos de nós podem ser tentados a “conversar docemente” com as pessoas ou dizer o que achamos que os outros querem ouvir para fazê-los fazer o que queremos. Isso é enganoso.

Quando se trata de discernimento, a chave que Jesus nos dá é olhar para o fruto do que alguém diz ou faz. Inevitavelmente, quando algo vem do Coração de nosso Senhor e está de acordo com a Sua vontade, o fruto será bom. Mas quando é enganoso, envolto em “bondade” superficial, o resultado final, o fruto que nasce, é no máximo apenas uvas verdes.

Leia mais:  Liturgia Diária – 5ª Semana Comum, Sexta-feira (11/02) - Nossa Senhora de Lourdes

Reflita, hoje, sobre qualquer coisa em sua vida que você esteja se esforçando para decidir ou discernir. Se você realmente quer conhecer a vontade do Senhor em suas decisões diárias, tente olhar além da escolha imediata para os efeitos que essa escolha terá no futuro. Se você sinceramente vê a bondade como resultado de certas escolhas, saiba que isso é um bom sinal de que é bom e vem do Senhor. Se você vê efeitos negativos de certas decisões, produzindo frutos ruins, então é um bom sinal de que a decisão que você está contemplando não é de Deus. Escolha o bom fruto e você estará escolhendo a vontade de Deus.

Oração do Dia

Senhor da verdadeira fecundidade, dá-me a graça de discernir Tua santa vontade em minha vida. Ajuda-me, especialmente, a ver o bom fruto que vem como resultado de te seguir sempre. Ao produzir bons frutos em minha vida, querido Senhor, ajude-me a continuar nesse caminho santo em direção à abundância de todas as boas dádivas. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Reflexão Diária das palavras do Evangelho depois dessa leitura. Esta reflexão é feita em geral por interpretação própria do celebrante.

O ponto mais alto da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.