Liturgia Diária – 13ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (01/07/2024)

Liturgia Diária de Hoje

Liturgia Diária de Segunda-feira, 1 de julho de 2024.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Am 2,6-10.13-16)

Leitura da Profecia de Amós

6 Isto diz o Senhor: “Pelos três crimes de Israel, pelos seus quatro crimes, não retirarei a palavra: porque eles vendem o justo por dinheiro e o indigente, pelo preço de um par de chinelos; 7 pisam, na poeira do chão, a cabeça dos pobres, e impedem o progresso dos humildes; filho e pai vão à mesma mulher, profanando meu santo nome; 8 deitando-se junto a qualquer altar, usando roupas que foram entregues em penhor, bebem vinho à custa de pessoas multadas, na casa de Deus. 9 Entretanto, eu tinha aniquilado, diante deles, os amorreus, homens espadaúdos como cedros e robustos como carvalhos, destruindo-lhes os frutos na ramada e arrancando-lhes as raízes. 10 Fui eu que vos fiz sair da terra do Egito e vos guiei pelo deserto, durante quarenta anos, para ocupardes a terra dos amorreus. 13 Pois bem, eu vos calcarei aos pés, como calca o chão a carroça carregada de feixes; 14 o mais ágil não conseguirá fugir, o mais forte não achará força, o valente não salvará a vida; 15 o arqueiro não resistirá de pé, o corredor veloz não terá pernas para escapar, nem se salvará o cavaleiro; 16 o mais corajoso dentre os corajosos fugirá nu, naquele dia”, diz o Senhor.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 49 (50)

— Entendei isto, todos vós que esqueceis o Senhor Deus!

— “Como ousas repetir os meus preceitos e trazer minha Aliança em tua boca? Tu que odiaste minhas leis e meus conselhos e deste as costas às palavras dos meus lábios!

— Quando vias um ladrão, tu o seguias e te juntavas ao convívio dos adúlteros. Tua boca se abriu para a maldade e tua língua maquinava a falsidade.

— Assentado, difamavas teu irmão, e ao filho de tua mãe injuriavas. Diante disso que fizeste, eu calarei? Acaso pensas que eu sou igual a ti? É disso que te acuso e repreendo e manifesto essas coisas aos teus olhos.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16º Domingo do Tempo Comum (21/07/2024)

— Entendei isto, todos vós que esqueceis Deus, para que eu não arrebate a vossa vida, sem que haja mais ninguém para salvar-vos! Quem me oferece um sacrifício de louvor, este sim é que me honra de verdade. A todo homem que procede retamente, eu mostrarei a salvação que vem de Deus”.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 8,18-22)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: Não fecheis os corações como em Meriba!

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18 Vendo uma multidão ao seu redor, Jesus mandou passar para a outra margem do lago. 19 Então um mestre da Lei aproximou-se e disse: “Mestre, eu te seguirei aonde quer que tu vás”. 20 Jesus lhe respondeu: “As raposas têm suas tocas e as aves dos céus têm seus ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça”. 21 Um outro dos discípulos disse a Jesus: “Senhor, permite-me que primeiro eu vá sepultar meu pai”. 22 Mas Jesus lhe respondeu: “Segue-me, e deixa que os mortos sepultem os seus mortos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Não fica claro apenas nesta passagem por que Jesus respondeu a esse escriba daquela maneira. A princípio, a afirmação do escriba parece muito devota: “Mestre, eu te seguirei aonde quer que você for”. Mas muitos dos Padres da Igreja, em suas reflexões sobre esta conversa entre Jesus e o escriba, oferecem contribuições úteis.

Em primeiro lugar, note que Jesus não aceita a proposta do escriba de ser Seu seguidor nem a rejeita. Em vez disso, Jesus simplesmente faz uma declaração que esclarece exatamente o que está envolvido em ser Seu seguidor. Alguns Padres da Igreja sugerem que este escriba desejava seguir Jesus porque pensava que receberia grandes recompensas ao fazê-lo. Afinal, Jesus era um milagreiro, estava se tornando bastante popular e mostrava potencial para ser um grande líder. Portanto, a motivação interior deste escriba para seguir Jesus onde quer que Jesus fosse era uma motivação questionável. Ele queria seguir Jesus porque pensava que isso o beneficiaria de alguma forma mundana?

Leia mais:  Liturgia Diária – 15ª Semana do Tempo Comum, Sábado (20/07/2024)

A resposta de Jesus a este escriba faz duas coisas. Primeiro, remove todos os conceitos errados sobre o que significa seguir Jesus. Se o escriba quisesse seguir Jesus, então ele tinha que estar preparado para segui-Lo na pobreza e na falta de moradia, em vez de na riqueza e nas posses. Jesus queria que ficasse claro para o escriba o que ele estava escolhendo. Em segundo lugar, a resposta de Jesus foi certamente um convite ao escriba para segui-lo, mas apenas à luz deste novo conhecimento. Em outras palavras, Jesus estava dizendo: “Sim, venha e siga-me. Mas esteja ciente do que isso significa. Seguir-me não resultará em suas riquezas terrenas, mas em sua pobreza terrena.”

Por que você segue Jesus? É importante considerar suas motivações às vezes. Alguns escolhem seguir Jesus porque foi simplesmente assim que foram criados. Outros o fazem porque se sentem melhor ao fazê-lo. E outros ainda o fazem porque pensam que isso tornará as suas vidas melhores de várias maneiras. Mas qual é a motivação ideal para seguir nosso Senhor? A motivação ideal para seguir Jesus de forma total e inabalável é muito simples: nós O seguimos porque Ele é o Filho de Deus e o Salvador do mundo. Jesus veio chamar-nos para Si e convidou-nos a viver em união com Ele através da fé. Então, idealmente, seguiremos Jesus simplesmente porque é a coisa certa a fazer. Não o faremos por causa dos chamados benefícios. O amor, na sua forma mais pura, não ama o outro por causa do que dele tiramos. O amor puro é um presente dado a outra pessoa porque ela é digna de nosso amor. E com Jesus, Ele é digno de nosso amor e adoração simplesmente por causa de Quem Ele é.

Leia mais:  Liturgia Diária – 15ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (19/07/2024)

Reflita, hoje, sobre Jesus convidando você a segui-Lo na pobreza, no desapego de tudo, na simplicidade de vida e, em última análise, no sacrifício de toda a sua vida. Você entende o que significa ser um seguidor de Cristo Jesus? Você entende que seguir Jesus não pode ser feito por motivos egoístas? Você percebe que dizer “Sim” ao Senhor é dizer “Sim” à Sua Cruz? Reflita sobre a vida de Jesus e reflita se você está ou não disposto a segui-Lo até a pobreza da Cruz. Se você puder fazer a escolha de seguir nosso Senhor, sabendo muito bem para o que está dizendo “sim”, então o resultado final também será uma participação gloriosa em Sua vida ressuscitada.

Oração do Dia

Meu glorioso Senhor, Você caminhou por este mundo em pobreza, rejeição e sofrimento. Você não tinha seu próprio lar terreno, mas agora vive nas riquezas do Céu. Ajude-me a segui-lo, querido Senhor, onde quer que você me leve nesta vida. Se você me leva à pobreza e ao sofrimento mundano, eu te agradeço. Agradeço-te e escolho segui-lo, não importa o que aconteça. Dê-me a graça que preciso para segui-lo puramente por amor a você, pois você é Deus e é digno de todo meu louvor e adoração. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.