Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 13ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (28/06/2022)

Liturgia Diária da 13ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira, 28 de junho de 2022.

Confira todos os dias a Liturgia de Hoje dos Católicos em nosso site. Acompanhe as Leituras, o Salmo do dia e o Evangelho Hoje com reflexão. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Leitura (Amós 3,1-8;4,11-12)

Leitura da profecia de Amós.

3 1 Ouvi, israelitas, o oráculo que o Senhor pronunciou contra vós, contra todo o povo, disse ele, que tirei do Egito.

2 Dentre todas as raças da terra só a vós conheço; por isso vos castigarei por todas as vossas iniquidades.

3 Porventura caminharão juntos dois homens, se não tiverem chegado previamente a um acordo?

4 Rugirá por acaso o leão na floresta, sem que tenha achado alguma presa? Gritará o leãozinho no covil, se não tiver apanhado alguma coisa?

5 Cairá o pardal no laço posto no solo, se a armadilha não estiver armada? Levantar-se-á da terra o laço sem ter apanhado alguma coisa?

6 Tocará o alarme na cidade sem que o povo se assuste? Virá uma calamidade sobre uma cidade sem que o Senhor a tenha disposto?

7 (Porque o Senhor Javé nada faz sem revelar seu segredo aos profetas, seus servos.)

8 O leão ruge, quem não temerá? O Senhor Javé fala: quem não profetizará?

11 Causei no meio de vós uma confusão semelhante ao cataclismo divino de Sodoma e de Gomorra; ficastes como um tição que se tira do fogo, mas não vos voltastes para mim – oráculo do Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

12 Por isso, Israel, eis o que te infligirei; e porque te farei isso, prepara-te, Israel, para sair ao encontro de teu Deus!

Palavra do Senhor.

Salmo

Salmo Responsorial 5

Na vossa justiça guiai-me, Senhor!

– Não sois um Deus a quem agrade a iniquidade,

não pode o mau morar convosco;

nem os ímpios poderão permanecer

perante os vossos olhos.

– Detestais o que pratica a iniquidade

e destruís o mentiroso.

Ó Senhor, abominais o sanguinário,

o perverso e enganador.

– Eu, porém, por vossa graça generosa,

posso entrar em vossa casa.

E, voltado reverente ao vosso templo,

com respeito vos adoro.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mateus 8,23-27)

Aleluia, aleluia, aleluia.

No Senhor ponho a minha esperança, espero em sua palavra (Sl 129,5).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

8 23 Jesus subiu a uma barca com seus discípulos.

24 De repente, desencadeou-se sobre o mar uma tempestade tão grande, que as ondas cobriam a barca. Ele, no entanto, dormia.

25 Os discípulos achegaram-se a ele e o acordaram, dizendo: “Senhor, salva-nos, nós perecemos!”

26 E Jesus perguntou: “Por que este medo, gente de pouca fé?” Então, levantando-se, deu ordens aos ventos e ao mar, e fez-se uma grande calmaria.

27 Admirados, diziam: “Quem é este homem a quem até os ventos e o mar obedecem?”

Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Imagine que você estava no mar com os Apóstolos. Você foi pescador e passou inúmeras horas no mar ao longo de sua vida. Alguns dias o mar estava excepcionalmente calmo e outros dias havia ondas grandes. Mas este dia foi único. Essas ondas eram enormes e quebravam e você temia que as coisas não acabassem bem. Então, com os outros no barco, você acordou Jesus em pânico esperando que Ele o salvasse.

Leia mais:  Evangelho do Dia - quinta-feira, 16/07/2020

Qual teria sido a melhor coisa para os apóstolos fazerem nesta situação? Muito provavelmente, teria sido para eles permitirem que Jesus permanecesse dormindo. Idealmente, eles teriam enfrentado a tempestade feroz com confiança e esperança. “Tempestades” que parecem avassaladoras podem ser raras, mas podemos ter certeza de que virão. Eles virão e nos sentiremos sobrecarregados.

Se os apóstolos não tivessem entrado em pânico e tivessem permitido que Jesus dormisse, talvez tivessem que suportar a tempestade um pouco mais. Mas, eventualmente, teria morrido e tudo teria ficado calmo.

Jesus, em Sua grande compaixão, está bem conosco clamando a Ele em nossa necessidade, como os apóstolos fizeram no barco. Ele está bem conosco nos voltando para Ele em nosso medo e buscando Sua ajuda. Quando o fizermos, Ele estará lá como um pai está lá para uma criança que acorda durante a noite com medo. Mas, idealmente, enfrentaremos a tempestade com confiança e esperança. Idealmente, saberemos que isso também vai passar e que devemos simplesmente confiar e permanecer fortes. Esta parece ser a lição mais ideal que podemos aprender com esta história.

Reflita, hoje, sobre como você reage às dificuldades e problemas em sua vida. Sejam eles grandes ou pequenos, você os enfrenta com a confiança, a calma e a esperança que Jesus quer que você tenha? A vida é muito curta para ser cheia de terror. Tenha confiança no Senhor, não importa o que você enfrente todos os dias. Se Ele parece estar dormindo, permita que Ele permaneça dormindo. Ele sabe o que está fazendo e você pode ter certeza de que Ele nunca permitirá que você sofra mais do que pode suportar.

Leia mais:  Evangelho do Dia - sábado, 22/08/2020

Oração do Dia

Meu Senhor adormecido, aconteça o que acontecer no meu caminho, eu confio em Ti. Eu sei que você está sempre lá e nunca vai me dar mais do que eu posso suportar. Jesus, eu confio em Ti.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até o século XVI não existia uma padronização para a liturgia diária, portanto, não tinha uma norma que caracterizava a sua obrigatoriedade. Porém, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E foi através do Concílio Vaticano II que a Liturgia teve a sua mais recente atualização.

A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura. A liturgia é formada pela primeira e segunda leitura, salmo e o evangelho do dia, fazendo parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.