Liturgia Diária – 19ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (09/08/2022)

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 19ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira, 9 de agosto de 2022.

Receba diariamente a Liturgia do Dia em nosso site. Confira as Leituras das Homilias de Hoje e Evangelho do dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Ez 2,8-3,4)

Leitura da Profecia de Ezequiel.

Assim fala o Senhor: 2,8“Quanto a ti, Filho do homem, escuta o que eu te digo: Não sejas rebelde como esse bando de rebeldes. Abre a boca e come o que eu te vou dar”. 9Eu olhei e vi uma mão estendida para mim e, na mão, um livro enrolado. Desenrolou-o diante de mim; estava escrito na frente e no verso e nele havia cantos fúnebres, lamentações e ais.

3,1Ele me disse: “Filho do homem, come o que tens diante de ti! Come este rolo e vai falar aos filhos de Israel”. 2Eu abri a boca, e ele fez-me comer o rolo. 3Depois disse-me: “Filho do homem, alimenta teu ventre e sacia as entranhas com este rolo que eu te dou”. Eu o comi, e era doce como mel em minha boca. 4Ele disse-me então: “Filho do homem, vai! Dirige-te à casa de Israel e fala-lhes com as minhas palavras”.

– Palavra do Senhor.

Salmo

Salmo Responsorial (Sl 118)

Como é doce ao paladar vossa palavra, ó Senhor!

— Seguindo vossa lei me rejubilo muito mais do que em todas as riquezas.

— Minha alegria é a vossa Aliança, meus conselheiros são os vossos mandamentos.

— A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

— Como é doce ao paladar vossa palavra, muito mais doce do que mel na minha boca!

— Vossa palavra é minha herança para sempre, porque ela é que me alegra o coração!

— Abro a boca e aspiro largamente, pois estou ávido de vossos mandamentos.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 18,1-5.10.12-14)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos Céus?” 2Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles 3e disse: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. 4Quem se faz pequeno como esta criança, este é o maior do Reino dos Céus. 5E quem recebe em meu nome uma criança como esta é a mim que recebe.

10Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus. 12Que vos parece? Se um homem tem cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixa ele as noventa e nove nas montanhas, para procurar aquela que se perdeu? 13Em verdade vos digo, se ele a encontrar, ficará mais feliz com ela, do que com as noventa e nove que não se perderam. 14Do mesmo modo, o Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos”.

— Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Como nos tornamos como crianças? Qual é a definição de ser infantil? Aqui estão alguns sinônimos que provavelmente se aplicam à definição de Jesus de se tornar como crianças: confiante, dependente, natural, espontâneo, inspirado, sem ares e inocente. Talvez alguns deles, ou todos eles, se qualifiquem para o que Jesus está falando. Vejamos algumas dessas qualidades em relação ao nosso relacionamento com Deus e com os outros.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Quarta-feira (21/02/2024)

Confiar: As crianças confiam em seus pais sem questionar. Eles podem nem sempre querer obedecer, mas há muito pouca razão para as crianças não confiarem que um pai irá cuidar delas. Alimentos e roupas são presumidos e nem mesmo considerados como uma preocupação. Se eles estiverem em uma grande cidade ou shopping center, há segurança em estar perto de um dos pais. Essa confiança ajuda a eliminar o medo e a preocupação.

Natural: As crianças geralmente são livres para serem quem são. Eles não estão muito preocupados em parecer bobos ou envergonhados. Muitas vezes, eles serão naturalmente e espontaneamente quem são e não se preocuparão com as opiniões dos outros.

Inocente: As crianças ainda não são distorcidas ou cínicas. Eles não olham para os outros e presumem o pior. Em vez disso, muitas vezes eles verão os outros como bons.

Inspirado: As crianças são frequentemente fascinadas por coisas novas. Eles vêem um lago, ou uma montanha, ou um brinquedo novo e ficam maravilhados com esse primeiro encontro.

Todas essas qualidades podem ser facilmente aplicadas ao nosso relacionamento com Deus. Devemos confiar em Deus para cuidar de nós em todas as coisas. Devemos nos esforçar para sermos naturais e livres, expressando nosso amor sem medo, sem nos preocuparmos se será aceito ou rejeitado. Devemos nos esforçar para sermos inocentes na maneira como vemos os outros, não cedendo ao preconceito. Devemos nos esforçar para estar continuamente maravilhados com Deus e com todas as coisas novas que Ele faz em nossas vidas.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Terça-feira (20/02/2024)

Reflita, hoje, sobre qualquer uma dessas qualidades nas quais você se encontra mais carente. Como Deus quer que você se torne mais infantil? Como Ele quer que vocês se torne como crianças para que possa se tornar verdadeiramente grande no Reino dos Céus?

Oração do Dia

Senhor, ajuda-me a tornar-me infantil. Ajuda-me a encontrar a verdadeira grandeza na humildade e simplicidade de uma criança. Acima de tudo, que eu tenha absoluta confiança em Você em todas as coisas. Jesus, eu confio em Ti.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.