Liturgia Diária – 1ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (10/01/2023)

Homilia

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 1ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira, 10 de janeiro de 2023.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Veja a Leitura e Homilia de Hoje do evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Hebreus 2, 5-12

Leitura da carta aos Hebreus:

5Não foi aos anjos que Deus submeteu o mundo futuro, do qual estamos falando. 6A este respeito, porém, houve quem afirmasse: “O que é o homem, para dele te lembrares, ou o filho do homem, para com ele te ocupares? 7Tu o fizeste um pouco menor que os anjos, de glória e honra o coroaste 8e todas as coisas puseste debaixo de seus pés”. Se Deus lhe submeteu todas as coisas, nada deixou que não lhe fosse submisso. Atualmente, porém, ainda não vemos que tudo lhe esteja submisso. 9Jesus, a quem Deus fez pouco menor do que os anjos, nós o vemos coroado de glória e honra, por ter sofrido a morte. Sim, pela graça de Deus em favor de todos, ele provou a morte. 10Convinha de fato que aquele por quem e para quem todas as coisas existem, e que desejou conduzir muitos filhos à glória, levasse o iniciador da salvação deles à consumação, por meio de sofrimentos. 11Pois tanto Jesus, o santificador, quanto os santificados são descendentes do mesmo ancestral; por esta razão, ele não se envergonha de os chamar irmãos, 12dizendo: “Anunciarei o teu nome a meus irmãos; e no meio da assembleia te louvarei”.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 8

– Destes domínio ao vosso Filho sobre tudo o que criastes.

Leia mais:  Liturgia Diária – Memória de São Luís Gonzaga, religioso, Sexta-feira (21/06/2024)

– Ó Senhor, nosso Deus, como é grande vosso nome por todo o universo! Perguntamos: “Senhor, que é o homem, para dele assim vos lembrardes e o tratardes com tanto carinho?”

– Pouco abaixo de Deus o fizestes, coroando-o de glória e esplendor; vós lhe destes poder sobre tudo, vossas obras aos pés lhe pusestes.

– As ovelhas, os bois, os rebanhos, todo o gado e as feras da mata; passarinhos e peixes dos mares, todo ser que se move nas águas.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 1, 21-28

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Acolhei a palavra de Deus não como palavra humana, mas como mensagem de Deus, o que ela é, em verdade! (1Ts 2,13);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:

21Estando com seus discípulos em Cafarnaum, Jesus, num dia de sábado, entrou na sinagoga e começou a ensinar. 22Todos ficavam admirados com o seu ensinamento, pois ensinava como quem tem autoridade, não como os mestres da lei. 23Estava então na sinagoga um homem possuído por um espírito mau. Ele gritou: 24″Que queres de nós, Jesus nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o santo de Deus”. 25Jesus o intimou: “Cala-te e sai dele!” 26Então o espírito mau sacudiu o homem com violência, deu um grande grito e saiu. 27E todos ficaram muito espantados e perguntavam uns aos outros: “O que é isso? Um ensinamento novo, dado com autoridade: ele manda até nos espíritos maus, e eles obedecem!” 28E a fama de Jesus logo se espalhou por toda parte, em toda a região da Galileia.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (20/06/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Houve inúmeras vezes em que Jesus confrontou diretamente os demônios nas Escrituras. A cada vez Ele os repreendia e exercia Sua autoridade sobre eles. A passagem acima ilustra um desses casos.

O fato de que o diabo aparece repetidamente nos Evangelhos nos diz que o maligno é real e precisa ser tratado adequadamente. E a maneira apropriada de lidar com o maligno e seus companheiros demônios é repreendê-los com a autoridade do próprio Cristo Jesus de maneira calma, mas definitiva e autoritária.

É muito raro que o maligno se manifeste plenamente a nós da maneira que fez na passagem acima para Jesus. O demônio fala diretamente através deste homem, o que indica que o homem estava totalmente possuído. E embora não vejamos essa forma de manifestação com frequência, isso não significa que o maligno esteja menos ativo hoje. Em vez disso, mostra que a autoridade de Cristo não está sendo exercida pelos fiéis cristãos na medida necessária para combater o maligno. Em vez disso, muitas vezes nos acovardamos diante do mal e falhamos em manter nossa posição com confiança e caridade com Cristo.

Por que esse demônio se manifestou de forma tão visível? Porque esse demônio foi confrontado diretamente com a autoridade de Jesus. O diabo geralmente prefere permanecer oculto e enganador, apresentando-se como um anjo de luz para que seus maus caminhos não sejam conhecidos com clareza. Aqueles a quem ele controla muitas vezes nem sabem o quanto são influenciados pelo maligno. Mas quando o maligno é confrontado com a pura presença de Cristo, com a Verdade do Evangelho que nos liberta e com a autoridade de Jesus, este confronto muitas vezes obriga o maligno a reagir manifestando o seu mal.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (19/06/2024)

Reflita, hoje, sobre o fato de que o maligno está constantemente trabalhando ao nosso redor. Considere as pessoas e circunstâncias em sua vida onde a pura e santa Verdade de Deus é atacada e rejeitada. É nessas situações, mais do que em qualquer outra, que Jesus quer conceder a você Sua autoridade divina para enfrentar o mal, repreendê-lo e assumir autoridade sobre ele. Isso é feito principalmente por meio da oração e da profunda confiança no poder de Deus. Não tenha medo de permitir que Deus o use para confrontar a atividade do maligno neste mundo.

Oração do Dia

Senhor, dá-me coragem e sabedoria quando enfrentar a atividade do maligno neste mundo. Dê-me sabedoria para discernir sua mão em ação e coragem para confrontá-lo e repreendê-lo com Seu amor e autoridade. Que Tua autoridade esteja viva em minha vida, Senhor Jesus, e que eu me torne cada dia um melhor instrumento da vinda de Teu Reino ao enfrentar o mal presente neste mundo. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo um rito que traz uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *