Liturgia Diária – 6ª Semana da Páscoa – Terça-feira (07/05/2024)

Homilia Diária

Liturgia Diária de Terça-feira, 7 de maio de 2024.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia com Homilia Diária e oração do dia para refletir. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (At 16,22-34)

Leitura dos Atos dos Apóstolos 16,22-34

Naqueles dias, 22 a multidão dos filipenses levantou-se contra Paulo e Silas; e os magistrados, depois de lhes rasgarem as vestes, mandaram açoitar os dois com varas. 23 Depois de açoitá-los bastante, lançaram-nos na prisão, ordenando ao carcereiro que os guardasse com toda a segurança. 24 Ao receber essa ordem, o carcereiro levou-os para o fundo da prisão e prendeu os pés deles no tronco. 25 À meia noite, Paulo e Silas estavam rezando e cantando hinos a Deus. Os outros prisioneiros os escutavam. 26 De repente, houve um terremoto tão violento que sacudiu os alicerces da prisão. Todas as portas se abriram e as correntes de todos se soltaram. 27 O carcereiro acordou e viu as portas da prisão abertas. Pensando que os prisioneiros tivessem fugido, puxou da espada e estava para suicidar-se. 28 Mas Paulo gritou com voz forte: “Não te faças mal algum! Nós estamos todos aqui”. 29 Então o carcereiro pediu tochas, correu para dentro e, tremendo, caiu aos pés de Paulo e Silas. 30 Conduzindo-os para fora, perguntou: “Senhores, que devo fazer para ser salvo?” 31 Paulo e Silas responderam: “Crê no Senhor Jesus, e sereis salvos tu e todos os de tua família”. 32 Então Paulo e Silas anunciaram a Palavra do Senhor ao carcereiro e a todos os da sua família. 33 Na mesma hora da noite, o carcereiro levou-os consigo para lavar as feridas causadas pelos açoites. E, imediatamente, foi batizado junto com todos os seus familiares. 34 Depois fez Paulo e Silas subirem até sua casa, preparou-lhes um jantar e alegrou-se com todos os seus familiares por ter acreditado em Deus.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 137 (138)

— Ó Senhor, me estendeis o vosso braço e me ajudais.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (22/05/2024)

— Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, * porque ouvistes as palavras dos meus lábios! Perante os vossos anjos vou cantar-vos * e ante o vosso templo vou prostrar-me.

— Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, * porque fizestes muito mais que prometestes; naquele dia em que gritei, vós me escutastes * e aumentastes o vigor da minha alma.

— estendereis o vosso braço em meu auxílio * e havereis de me salvar com vossa destra. Completai em mim a obra começada; * ó Senhor, vossa bondade é para sempre! Eu vos peço: não deixeis inacabada * esta obra que fizeram vossas mãos!

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 16, 7-13)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Eu hei de enviar-vos o Espírito da verdade; ele vos conduzirá a toda a verdade. (João 16, 7-13)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 5 “Agora, parto para aquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: ‘Para onde vais?’ 6 Mas, porque vos disse isto, a tristeza encheu os vossos corações. 7 No entanto, eu vos digo a verdade: É bom para vós que eu parta; se eu não for, não virá até vós o Defensor; mas, se eu me for, eu vo-lo mandarei. 8 E quando vier, ele demonstrará ao mundo em que consistem o pecado, a justiça e o julgamento: 9 o pecado, porque não acreditaram em mim; 10 a justiça, porque vou para o Pai, de modo que não mais me vereis; 11 e o julgamento, porque o chefe deste mundo já está condenado”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Jesus continua a falar profeticamente aos Seus discípulos sobre a necessidade de Ele ir ao Pai para que possa enviar o Espírito Santo. O que é interessante nesta passagem é que Jesus mostra aos Seus discípulos que a “tristeza” encheu seus corações por causa do que Ele lhes disse. É evidente que esta tristeza nos seus corações se deve ao fato de não compreenderem o que irão experimentar em breve e não querem que a sua relação com Jesus mude.

Leia mais:  Liturgia Diária – Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe da Igreja - Memória, Segunda-feira (20/05/2024)

Ao longo de nossas vidas, nosso Senhor nos chamará para mudar. Às vezes, Ele nos afasta daquilo com que estamos familiarizados e confortáveis, e nos chama para algo novo. Isto pode ser assustador e pode tornar-se causa de “tristeza” também para nós. Para ajudar, vamos considerar esta passagem acima em detalhes.

Lembre-se de que muitas vezes, antes da morte de Jesus, Jesus lentamente começou a revelar aos Seus discípulos, especialmente aos Doze, que Ele iria para o Pai e que não estaria mais com eles da maneira que havia feito. Jesus queria que os Doze começassem a compreender que a sua relação com Ele, com o Pai e com o Espírito Santo em breve assumiria um novo significado nas suas vidas. Mas o fato de isso ser algo novo, uma mudança em relação ao que estavam acostumados, significava que eles estavam mais concentrados na dor que acompanha a perda do que na alegria que os aguardava.

Essa mesma experiência muitas vezes pode ser encontrada em todas as nossas vidas. Embora mudanças dramáticas não sejam necessariamente uma ocorrência regular ao longo da vida, quase todas as pessoas experimentarão mudanças em vários momentos da vida. E quando essa mudança ocorre de acordo com a vontade de Deus, deve ser abraçada com esperança e grande expectativa.

Por exemplo, mudanças vocacionais, como casar, ter filhos ou ingressar numa vocação religiosa, sempre trazem consigo muitas mudanças – mas uma mudança que Deus pode usar para muito bem. Além disso, a morte de um ente querido, a mudança para uma nova comunidade, um novo emprego ou escola, o estabelecimento de novos relacionamentos e coisas semelhantes podem ser difíceis, mas também frutíferos. Visto que a passagem do Evangelho acima se refere especificamente à mudança que vem do derramamento do Espírito Santo, pode ser útil considerar o fato de que sempre que alguma nova mudança ocorre em nossas vidas, o Espírito Santo está lá, esperando para entrar no mundo numa nova situação de maneiras que nunca poderíamos ter imaginado. Portanto, se você às vezes se depara com a dor de alguma perda ou dificuldade com algum novo empreendimento na vida, saiba que os discípulos passaram por algo semelhante. Mas no final, as palavras de Jesus se tornaram realidade: “é melhor para vocês que eu vá”. Embora eles não quisessem ver Jesus morrer e depois ascender ao Céu fora da vista deles, isso fazia parte do plano de Deus para suas vidas. Assim também quando as mudanças que encontramos na vida fazem parte do plano divino de Deus, podemos ter a certeza de que coisas boas nos aguardam.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (21/05/2024)

Reflita hoje sobre qualquer coisa que nosso Senhor possa estar pedindo a você em relação a uma mudança em sua vida. Você está aberto, pronto e disposto a fazer tudo o que Ele pede? Ou você está com medo ou triste com a ideia de alguma mudança. Esteja aberto a qualquer coisa que nosso Senhor lhe peça e saiba que o abraço total de Sua santa vontade é o único caminho para a verdadeira felicidade na vida.

Oração do Dia

Meu querido Jesus, preparaste os teus discípulos para a nova vida de graça que eles receberiam após a tua morte e ressurreição. Embora temerosos e incertos, eles abraçaram a nova vida que Tu os chamaste para viver, e Tu fizeste coisas maravilhosas através deles. Por favor, abra meu coração para abraçar plenamente minha vocação e quaisquer mudanças que Tu desejas para minha vida. Eu digo “Sim” a Você, meu Senhor, e oro para que Tu trabalhes poderosamente através de mim pelo Espírito Santo. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Homilia Diária das palavras do Evangelho depois da sua leitura. Esta homilia é feita em geral por livre interpretação do celebrante.

O ponto mais importante da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *