Liturgia Diária – 26ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (06/10/2023)

Liturgia do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sexta-feira, 6 de outubro de 2023.

Confira diariamente a Liturgia de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Oração de hoje. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Baruc 1, 15-22

Leitura do Livro de Baruc:

15Ao Senhor nosso Deus, cabe justiça; enquanto a nós, resta-nos corar de vergonha, como acontece no dia de hoje aos homens de Judá e aos habitantes de Jerusalém, 16aos nossos reis, nossos príncipes e sacerdotes, aos nossos profetas e nossos antepassados: 17pois pecamos diante do Senhor e lhe desobedecemos 18e não ouvimos a voz do Senhor, nosso Deus, que nos exortava a viver de acordo com os mandamentos que ele pôs sob os nossos olhos. 19Desde o dia em que o Senhor tirou nossos pais do Egito, até hoje, temos sido desobedientes ao Senhor nosso Deus, procedemos inconsideradamente, deixando de ouvir sua voz; 20por isso perseguem-nos as calamidades e a maldição, que o Senhor nos lançou por meio de Moisés, seu servo, no dia em que tirou nossos pais do Egito, para nos dar uma terra que mana leite e mel, como de fato é hoje. 21Mas não escutamos a voz do Senhor, nosso Deus, como vem nas palavras dos profetas que ele nos enviou, 22e entregamo-nos, cada qual, às inclinações do perverso coração, para servir a outros deuses e praticar o mal aos olhos do Senhor, nosso Deus!

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 78 (79)

– Por vosso nome e vossa glória, libertai-nos, ó Senhor!

– Invadiram vossa herança os infiéis, profanaram, ó Senhor, o vosso templo, Jerusalém foi reduzida a ruínas! Lançaram aos abutres como pasto os cadáveres dos vossos servidores; e às feras da floresta entregaram os corpos dos fiéis, vossos eleitos.

– Derramaram o seu sangue como água em torno das muralhas de Sião, e não houve quem lhes desse sepultura! Nós nos tornamos o opróbrio dos vizinhos, um objeto de desprezo e zombaria para os povos e àqueles que nos cercam. Mas até quando, ó Senhor, veremos isto?Conservareis eternamente a vossa ira? Como fogo arderá a vossa cólera?

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sábado (20/04/2024)

– Não lembreis as nossas culpas do passado, mas venha logo sobre nós vossa bondade, pois estamos humilhados em extremo.

– Ajudai-nos, nosso Deus e Salvador! Por vosso nome e vossa glória, libertai-nos! Por vosso nome, perdoai nossos pecados!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 10, 13-16

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

-Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: Não fecheis os corações como em Meriba! (SI 94,8);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo, disse Jesus: 13Ai de ti, Corazim! Aí de ti, Betsaida! Porque se em Tiro e Sidônia tivessem sido realizados os milagres que foram feitos no vosso meio, há muito tempo teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e sentando-se sobre cinzas. 14Pois bem: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia terão uma sentença menos dura do que vós. 15Ai de ti, Cafarnaum! Serás elevada até o céu? Não, tu serás atirada no inferno. 16Quem vos escuta, a mim escuta; e quem vos rejeita, a mim despreza; mas quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Você já se sentou em saco e cinza? Na passagem do Evangelho acima, Jesus dá uma indicação clara de que fazer isso é um sinal sagrado de resposta à Sua pregação. Ele afirma que as cidades pagãs de Tiro e Sidônia certamente teriam se sentado em sacos e cinzas se tivessem o privilégio de testemunhar os feitos poderosos realizados nas cidades judaicas de Corazim e Betsaida.

“Saco e cinza” eram um sinal comum usado para indicar arrependimento interior e tristeza pelo pecado. Muitas vezes no Antigo Testamento isso aconteceu. Lembre-se, por exemplo, que quando Jonas pregou ao povo de Nínive, todos, desde o rei até o cidadão comum, responderam expressando seu arrependimento desta forma (Jonas 3:5–7). O saco era um material áspero e desconfortável, geralmente feito de pêlo preto de cabra, simbolizando a rejeição do falso consolo do pecado. As cinzas simbolizavam a desolação e a destruição resultantes do fogo purificador. É claro que todos nós sentamos nas cinzas toda quarta-feira de cinzas como uma manifestação externa do nosso desejo de arrependimento. E embora vestir sacos de verdade hoje em dia possa não ser nossa prática literal, é bom ver a fecundidade espiritual dessas ações e considerar maneiras pelas quais essas ações ainda podem ser realizadas em nossos dias e época. Como você poderia sentar-se hoje em saco e cinzas? Que ação prática você pode tomar para manifestar publicamente o seu desejo de abandonar o pecado e voltar-se para o Evangelho?

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (19/04/2024)

Em primeiro lugar, para responder adequadamente a esta pergunta, é importante reconhecer o fato de que abandonar o pecado não deve ser apenas um ato pessoal e interior, mas também exterior e manifesto para os outros verem. O pecado não só nos prejudica individualmente, mas também prejudica os outros em vários graus. Portanto, se o seu pecado causou um dano evidente a outras pessoas, é importante perceber que você não só precisa se arrepender diante de Deus, mas também deve se arrepender de tal maneira que os outros vejam o seu arrependimento e tristeza.

Então, como você pode se arrepender hoje vestido de saco e cinzas? Existem diversas formas de fazer isto. A qualidade essencial presente em tal ato será que ficará claro para os outros que você sente muito pelo seu pecado e que está tentando mudar. Se o pecado que você cometeu contra outra pessoa for grave, então o seu arrependimento interior deve corresponder à seriedade do seu pecado, e a manifestação exterior desse arrependimento também deve estar à altura.

Reflita hoje sobre algumas maneiras práticas pelas quais Deus está chamando você para manifestar publicamente o seu “assentar-se em saco e cinzas” como um sinal de sua tristeza para com aqueles contra quem você pecou. Por exemplo, se o seu pecado é o da raiva e você regularmente prejudica outra pessoa com esse pecado, então não apenas se arrependa para Deus, procure também maneiras externas de manifestar sua tristeza a essa pessoa. Talvez prestar alguma forma de serviço manifesto para eles. Ou pratique um ato público de penitência, como o jejum, como forma de mostrar que está arrependido. Manifestar boas obras de caridade, serviço, oração, penitência pública e coisas do gênero são maneiras pelas quais você pode sentar-se espiritual e praticamente “em saco e cinzas” hoje.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (18/04/2024)

Oração do Dia

Meu misericordioso Senhor, Tu me chamas ao arrependimento diário dos meus pecados e a fazê-lo através dos sinais manifestos de sentar-me “em saco e cinzas”. Dá-me a graça da verdadeira tristeza pelos meus pecados e ajuda-me a arrepender-me sinceramente enquanto confio na Tua misericórdia. Ao fazer isso, por favor, guie-me também para que eu possa me humilhar e expressar minha tristeza de maneira manifesta para com aqueles contra quem pequei. Que este ato humilde traga cura e unidade em Ti. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *