Liturgia Diária – 2ª Semana Comum, Quarta-feira (19/01)

Liturgia Diária de quarta-feira, 19 de janeiro de 2022.

Confira diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho de Hoje e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (1Sm 17,32-33.37.40-51)

Leitura do Primeiro Livro de Samuel.

Naqueles dias, 32Davi foi conduzido a Saul e lhe disse: “Ninguém desanime por causa desse filisteu! Eu, teu servo, lutarei contra ele”. 33Mas Saul ponderou: “Não poderás enfrentar esse filisteu, pois tu és só ainda um jovem, e ele é um homem de guerra desde a sua mocidade”. 37Davi respondeu: “O Senhor me livrou das garras do leão e das garras do urso. Ele me salvará também das mãos deste filisteu”. Então Saul disse a Davi: “Vai, e que o Senhor esteja contigo”. 40Em seguida, tomou o seu cajado, escolheu no regato cinco pedras bem lisas e colocou-as no seu alforje de pastor, que lhe servia de bolsa para guardar pedras. Depois, com a sua funda na mão, avançou contra o filisteu.

41Este, que se vinha aproximando mais e mais, precedido do seu escudeiro, 42quando pôde ver bem Davi desprezou-o, porque era muito jovem, ruivo e de bela aparência. 43E lhe disse: “Sou por acaso um cão, para vires a mim com um cajado?” E o filisteu amaldiçoou Davi em nome de seus deuses. 44E acrescentou: “Vem, e eu darei a tua carne às aves do céu e aos animais da terra!” 45Davi respondeu: “Tu vens a mim com espada, lança e escudo; eu, porém, vou a ti em nome do Senhor todo-poderoso, o Deus dos exércitos de Israel que tu insultastes! 46Hoje mesmo, o Senhor te entregará em minhas mãos, e te abaterei e te cortarei a cabeça, e darei o teu cadáver e os cadáveres do exército dos filisteus às aves do céu e aos animais da terra, para que toda a terra saiba que há um Deus em Israel. 47E toda esta multidão de homens conhecerá que não é pela espada nem pela lança que o Senhor concede a vitória; porque o Senhor é o árbitro da guerra, e ele vos entregará em nossas mãos”. 48Logo que o filisteu avançou e marchou em direção a Davi, este saiu das linhas de formação e correu ao encontro do filisteu. 49Davi meteu, então, a mão no alforje, apanhou uma pedra e arremessou-a com a funda, atingindo o filisteu na fronte com tanta força, que a pedra se encravou na sua testa e o gigante tombou com o rosto em terra.

Leia mais:  Evangelho do Dia – Terça-feira, São Justino, 01/06/2021

50E assim Davi venceu o filisteu, ferindo-o de morte com uma funda e uma pedra. 51E, como não tinha espada na mão, correu para o filisteu, chegou junto dele, arrancou-lhe a espada da bainha e acabou de matá-lo, cortando-lhe a cabeça. Vendo morto o seu guerreiro mais valente, os filisteus fugiram.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 143)

— Bendito seja o Senhor, meu rochedo!

— Bendito seja o Senhor, meu rochedo, que adestrou minhas mãos para a luta, e os meus dedos treinou para a guerra!

— Ele é meu amor, meu refúgio, libertador, fortaleza e abrigo; É meu escudo: é nele que espero, ele submete as nações a meus pés.

— Um canto novo, meu Deus, vou cantar-vos, nas dez cordas da harpa louvar-vos, a vós que dais a vitória aos reis e salvais vosso servo Davi.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mc 3,1-6)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. 2Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. 3Jesus disse ao homem da mão seca: “Levanta-te e fica aqui no meio!” 4E perguntou-lhes: “É permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?” Mas eles nada disseram. 5Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: “Estende a mão”. Ele a estendeu e a mão ficou curada. 6Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.

Leia mais:  Evangelho do Dia - Terça-feira, 18ª Semana do Tempo Comum, 03/08/2021

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Não demorou muito para que os fariseus permitissem que a inveja obscurecesse seu pensamento sobre Jesus. Os fariseus queriam toda a atenção. Eles queriam ser admirados e honrados como autênticos mestres da lei. Então, quando Jesus apareceu, e muitos ficaram surpresos com a autoridade com que Ele ensinava, os fariseus imediatamente começaram a criticá-lo.

A triste realidade que testemunhamos em suas ações é que eles parecem estar cegos para sua própria malícia. A inveja que os enche, os impede de perceber que na verdade estão agindo com extrema irracionalidade. Esta é uma lição importante e muito difícil de aprender.

O pecado nos confunde, especialmente o pecado espiritual, como orgulho, inveja e raiva. Portanto, quando alguém é consumido por um desses pecados, essa pessoa provavelmente nem percebe o quão irracional ela se torna. Tomemos o exemplo dos fariseus.

Jesus é colocado em uma situação em que Ele escolhe curar alguém no sábado. Este é um ato de misericórdia. É feito por amor a este homem para aliviá-lo de seu sofrimento. Embora este seja um milagre incrível, as mentes perturbadas dos fariseus procuram apenas uma maneira de transformar esse ato de misericórdia em algo pecaminoso. Que cena terrível.

Embora isso possa não ser tão inspirador de um pensamento sobre o qual refletir, é necessário refletir sobre isso. Por quê? Porque todos nós lutamos, de uma forma ou de outra, com pecados como este. Todos nós lutamos para deixar que a inveja e a raiva se infiltrem e distorçam a maneira como nos relacionamos com os outros. Então, muitas vezes justificamos nossas ações exatamente como os fariseus fizeram.

Leia mais:  Liturgia Diária - sexta-feira, 04/12/2020

Reflita, hoje, sobre esta cena mais infeliz. Mas reflita sobre isso com a esperança de que o pobre exemplo dos fariseus o ajude a identificar qualquer uma das mesmas tendências em seu próprio coração. Ver essas tendências com as quais eles lutam deve ajudar a libertá-lo de cair no pensamento irracional que vem como resultado do pecado.

Oração do Dia

Meu mais misericordioso Senhor Jesus, por favor, perdoe-me por todos os meus pecados. Sinto muito e rezo para ser capaz de ver tudo o que obscurece meu pensamento e minha ação. Liberta-me e ajuda-me a amar a Ti e aos outros com o amor puro que sou chamado a ter. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (02/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.