Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

Reflexão do Evangelho de Hoje

Liturgia Diária de Sábado, 13 de abril de 2024.

Acompanhe diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Oração do dia e as Liturgias Diárias com reflexão. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (At 6,1-7)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

1 Naqueles dias, o número dos discípulos tinha aumentado, e os fiéis de origem grega começaram a queixar-se dos fiéis de origem hebraica. Os de origem grega diziam que suas viúvas eram deixadas de lado no atendimento diário.

2 Então os Doze Apóstolos reuniram a multidão dos discípulos e disseram: “Não está certo que nós deixemos a pregação da Palavra de Deus para servir às mesas. 3 Irmãos, é melhor que escolhais entre vós sete homens de boa fama, repletos do Espírito e de sabedoria, e nós os encarregaremos dessa tarefa. 4 Desse modo nós poderemos dedicar-nos inteiramente à oração e ao serviço da Palavra”.

5 A proposta agradou a toda a multidão. Então escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo; e também Filipe, Prócoro, Nicanor, Timon, Pármenas e Nicolau de Antioquia, um pagão que seguia a religião dos judeus. 6 Eles foram apresentados aos apóstolos, que oraram e impuseram as mãos sobre eles.

7 Entretanto, a Palavra do Senhor se espalhava. O número dos discípulos crescia muito em Jerusalém, e grande multidão de sacerdotes judeus aceitava a fé.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 32 (33)

— Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos!

— Ó justos, alegrai-vos no Senhor! Aos retos fica bem glorificá-lo. Dai graças ao Senhor ao som da harpa, na lira de dez cordas celebrai-o!

— Pois reta é a palavra do Senhor, e tudo o que ele faz merece fé. Deus ama o direito e a justiça, transborda em toda a terra a sua graça.

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (28/05/2024)

— O Senhor pousa o olhar sobre os que o temem, e que confiam esperando em seu amor, para da morte libertar as suas vidas e alimentá-los quando é tempo de penúria.

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 6,16-21)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Ressurgiu Cristo, o Senhor, que criou tudo; Ele teve compaixão da humanidade.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

16 Ao cair da tarde, os discípulos desceram ao mar. 17 Entraram na barca e foram em direção a Cafarnaum, do outro lado do mar. Já estava escuro, e Jesus ainda não tinha vindo ao encontro deles.

18 Soprava um vento forte e o mar estava agitado. 19 Os discípulos tinham remado mais ou menos cinco quilômetros, quando enxergaram Jesus, andando sobre as águas e aproximando-se da barca. E ficaram com medo.

20 Mas Jesus disse: “Sou eu. Não tenhais medo”. 21 Quiseram, então, recolher Jesus na barca, mas imediatamente a barca chegou à margem para onde estavam indo.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Em 22 de outubro de 1978, o Papa São João Paulo II foi empossado como o 264º papa da nossa Santa Igreja. Durante a sua homilia, o Santo Padre disse: “Irmãos e irmãs, não tenham medo de acolher Cristo e aceitar o seu poder”. A frase “Não tenha medo” foi repetida inúmeras vezes ao longo de seu pontificado. No seu livro Cruzando o Limiar da Esperança, escrito como preparação para o novo milênio, o Santo Padre explicou o seguinte: “Ao pronunciar estas palavras na Praça de São Pedro, eu já sabia que a minha primeira encíclica e todo o meu papado estaria ligado à verdade da Redenção. Na Redenção encontramos a base mais profunda para as palavras “Não tenhais medo!”: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (cf. Jo 3, 16).

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (27/05/2024)

Esta exortação contra o medo é repetida inúmeras vezes em toda a Bíblia. É encontrado no Antigo Testamento mais de cem vezes de alguma forma e no Novo Testamento mais de cinquenta vezes. Repetidamente, Deus quer que vençamos o medo, a preocupação e a ansiedade. Ele quer que confiemos Nele em todas as coisas e coloquemos toda a nossa esperança Nele.

O que você mais teme na vida? Para alguns, o medo surge diariamente. Talvez você enfrente insegurança financeira, problemas de saúde, um relacionamento rompido, dificuldades psicológicas, etc. Há inúmeras coisas na vida que podem facilmente nos levar ao medo.

No trecho do evangelho de hoje, Jesus caminha em direção aos seus discípulos sobre as águas durante um período turbulento no Mar da Galiléia. O vento soprava e as ondas eram angustiantes. E embora esses pescadores tivessem passado muitas noites no mar, Jesus escolheu ir até eles neste momento, não tanto para ajudá-los a chegar à costa, mas para ensinar a todos nós que não importa que “tempestade” enfrentemos na vida, Ele estará lá de maneiras verdadeiramente milagrosas. Certamente, nenhum dos discípulos esperava ver Jesus andando sobre as águas no meio da noite enquanto as ondas batiam em seu barco. Mas Jesus fez isso e disse aquelas palavras: “Não tenha medo”, porque Ele queria que soubéssemos que não importa o que enfrentemos na vida, Ele está sempre lá, vindo até nós com amor, e nos levará com segurança até o fim.

Se o medo é algo contra o qual você luta em nível pessoal, então volte seus olhos para a realidade da Redenção. O Pai enviou o Filho ao mundo para salvá-lo. Jesus não veio apenas para ensinar, ou para inspirar, ou para ajudar. Ele veio para salvar. Redimir. Para destruir a morte, o medo, o pecado e tudo o que nos afasta do Pai. Seu ato salvador muda a humanidade para sempre. Se você entender isso e acreditar, nada poderá roubar sua paz e enchê-lo de medo.

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (29/05/2024)

Reflita hoje sobre esta pequena frase poderosa: “Não tenha medo!” Imagine-se no barco com os discípulos à noite, sendo sacudido pelas ondas, cercado pela escuridão. E então veja Jesus vindo até você falando essas palavras. Saiba que Ele as fala com você nos momentos mais sombrios da sua vida e que Ele nunca o abandonará. Espere Nele e deixe que Seu ato salvífico da Redenção transforme sua vida para sempre.

Oração do Dia

Jesus, meu Redentor, agradeço-te por teres vindo a este mundo para nos salvar. Obrigado pelo dom da Redenção do mundo. Quando sou tentado a temer e a voltar os olhos para as dificuldades do mundo, dá-me a graça necessária para recorrer a Ti com esperança e confiança. Entre nas tempestades da minha vida, querido Senhor, e alivie meu fardo de medo. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *