Liturgia Diária – 4ª Semana Comum, Sexta-feira (04/02)

Liturgia Diária de sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022.

Confira diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho de Hoje e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Eclo 47,2-13)

Leitura do Livro do Eclesiástico.

2Como a gordura, que se separa do sacrifício pacífico, assim também sobressai Davi, entre os israelitas. 3Brincou com leões como se fossem cabritos e com ursos, como se fossem cordeiros. 4Não foi ele que, ainda jovem, matou o gigante e retirou do seu povo a desonra? 5Ao levantar a mão com a pedra na funda, ele abateu o orgulho de Golias. 6Pois invocou o Senhor, o Altíssimo, e este deu força a seu braço direito e ele acabou com um poderoso guerreiro e reergueu o poder do seu povo.

7Assim foi que o glorificaram por dez mil e o louvaram pelas bênçãos do Senhor, oferecendo-lhe uma coroa de glória. 8Pois esmagou os inimigos por toda a parte, e aniquilou os filisteus, seus adversários, abatendo até hoje o seu poder. 9Em todas as suas obras dava graças ao Santo Altíssimo, com palavras de louvor: 10de todo o coração louvava o Senhor, mostrando que amava a Deus, seu criador. 11Diante do altar colocou cantores, que deviam acompanhar suavemente as melodias. 12Deu grande esplendor às festas e ordenou com perfeição as solenidades até o fim do ano: fez com que louvassem o santo Nome do Senhor, enchendo o santuário de harmonia desde a aurora.

13O Senhor lhe perdoou os seus pecados, e exaltou para sempre o seu poder; concedeu-lhe a aliança real e um trono glorioso em Israel.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 17)

— Louvado seja Deus, meu Salvador!

— São perfeitos os caminhos do Senhor, sua palavra é provada pelo fogo; nosso Deus é um escudo poderoso para aqueles que a ele se confiam.

— Viva o Senhor! Bendito seja o meu Rochedo! E louvado seja Deus, meu Salvador! Por isso, entre as nações, vos louvarei, cantarei salmos, ó Senhor, ao vosso nome.

Leia mais:  Liturgia Diária - São João, apóstolo e evangelista, Segunda-feira (27/12)

— Concedeis ao vosso rei grandes vitórias e mostrais misericórdia ao vosso Ungido, a Davi e à sua casa para sempre.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mc 6,14-29)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 14o rei Herodes ouviu falar de Jesus, cujo nome se tinha tornado muito conhecido. Alguns diziam: “João Batista ressuscitou dos mortos. Por isso os poderes agem nesse homem”. 15Outros diziam: “É Elias”. Outros ainda diziam: “É um profeta como um dos profetas”. 16Ouvindo isto, Herodes disse: “Ele é João Batista. Eu mandei cortar a cabeça dele, mas ele ressuscitou!” 17Herodes tinha mandado prender João, e colocá-lo acorrentado na prisão. Fez isso por causa de Herodíades, mulher do seu irmão Filipe, com quem se tinha casado.

18João dizia a Herodes: “Não te é permitido ficar com a mulher do teu irmão”. 19Por isso Herodíades o odiava e queria matá-lo, mas não podia. 20Com efeito, Herodes tinha medo de João, pois sabia que ele era justo e santo, e por isso o protegia. Gostava de ouvi-lo, embora ficasse embaraçado quando o escutava.

21Finalmente, chegou o dia oportuno. Era o aniversário de Herodes, e ele fez um grande banquete para os grandes da corte, os oficiais e os cidadãos importantes da Galileia. 22A filha de Herodíades entrou e dançou, agradando a Herodes e seus convidados. Então o rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu te darei”. 23E lhe jurou dizendo: “Eu te darei qualquer coisa que me pedires, ainda que seja a metade do meu reino”. 24Ela saiu e perguntou à mãe: “Que vou pedir?” A mãe respondeu: “A cabeça de João Batista”. 25E, voltando depressa para junto do rei, pediu: “Quero que me dês agora, num prato, a cabeça de João Batista”. 26O rei ficou muito triste, mas não pôde recusar. Ele tinha feito o juramento diante dos convidados. 27Imediatamente, o rei mandou que um soldado fosse buscar a cabeça de João. O soldado saiu, degolou-o na prisão, 28trouxe a cabeça num prato e a deu à moça. Ela a entregou à sua mãe. 29Ao saberem disso, os discípulos de João foram lá, levaram o cadáver e o sepultaram.

Leia mais:  Liturgia Diária – 5ª Semana Comum, Quinta-feira (10/02)

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

A fama de Jesus se espalhou entre as pessoas e muitos falavam sobre Ele. Alguns pensavam que Ele era João Batista ressuscitado dos mortos, outros pensavam que Ele era o profeta Elias, outros simplesmente pensavam que Ele era um novo profeta. Todos estavam tentando descobrir quem era esse homem incrível que falava com tanta sabedoria e autoridade.

É interessante notar que Herodes, que havia decapitado João Batista, imediatamente concluiu que Jesus deveria ser João ressuscitado dos mortos. Ele fala dessa convicção não apenas como um palpite, mas como se soubesse que é um fato. Esta é sua conclusão definitiva sobre Jesus. Por que Herodes chega a essa convicção equivocada?

Claro que não sabemos ao certo por que Herodes chegou a essa convicção, mas podemos especular e chegar a uma conclusão provável. Parece que Herodes se sentiu muito culpado por decapitar João Batista e essa culpa o levou a essa conclusão.

Muitas vezes, quando alguém peca, como Herodes fez, e sente uma profunda culpa sem se arrepender desse pecado, surgem vários efeitos nocivos, como um certo processo de pensamento paranoico. Herodes provavelmente é paranoico, e provavelmente o é como resultado de seu pecado e de sua recusa em se arrepender de seu pecado.

Podemos ver essa mesma tendência dentro de todos nós. A recusa em se arrepender de nossos pecados muitas vezes causa muitos outros problemas em nossas vidas. O pecado não arrependido pode causar pensamento paranoico, raiva, autojustificação e muitos outros problemas emocionais e psicológicos. O pecado, embora de natureza espiritual, tem um efeito sobre toda a nossa pessoa, que é o que vislumbramos na pessoa de Herodes. Esta é uma boa lição para todos nós.

Leia mais:  Liturgia Diária - quinta-feira, 15/10/2020

Reflita, hoje, sobre quaisquer tendências semelhantes que você tenha em sua vida. Você fica paranoico com o que os outros dizem ou fazem? Você entra em uma autojustificação de suas ações? Você fica com raiva e projeta essa raiva em outros que não a merecem? Reflita sobre qualquer uma dessas tendências que você vê e então olhe mais profundamente na fonte delas. Se você vir que a causa raiz dessas tendências doentias é algum pecado não arrependido em sua própria vida, arrependa-se disso honesta e completamente para que nosso Senhor possa livrá-lo dos efeitos do pecado.

Oração do Dia

Senhor, eu me arrependo de todo pecado. Rogo para que eu possa ver meu pecado honesta e sinceramente. E ao ver meu pecado, ajuda-me a confessá-lo a Ti para que eu possa ser livre não apenas do fardo do meu pecado, mas também dos efeitos desse fardo. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Terça-feira (17/05)

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.