Liturgia Diária – Imaculado Coração da Bem-aventurada Virgem Maria – Memória, Sábado (08/06/2024)

Evangelho do Dia de Hoje

Liturgia Diária de Sábado, 8 de junho de 2024.

Receba diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Leitura da Liturgia Diária de Hoje em nosso site. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Is 61,9-11)

Leitura do Livro do Profeta Isaías

9 A descendência do meu povo será conhecida entre as nações, e seus filhos se fixarão no meio dos povos; quem os vir há de reconhecê-los como descendentes abençoados por Deus. 10 Exulto de alegria no Senhor e minh’alma regozija-se em meu Deus; ele me vestiu com as vestes da salvação, envolveu-me com o manto da justiça e adornou-me como um noivo com sua coroa, ou uma noiva com suas joias. 11 Assim como a terra faz brotar a planta e o jardim faz germinar a semente, assim o Senhor Deus fará germinar a justiça e a sua glória diante de todas as nações.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (1Sm 2,1.4-5.6-7.8abcd (R. cf. 1a))

— Meu coração se regozija no Senhor.

— Exulta no Senhor meu coração, * e se eleva a minha fronte no meu Deus; minha boca desafia os meus rivais * porque me alegro com a vossa salvação.

— O arco dos fortes foi dobrado, foi quebrado, *mas os fracos se vestiram de vigor. Os saciados se empregaram por um pão, *mas os pobres e os famintos se fartaram. Muitas vezes deu à luz a que era estéril, *mas a mãe de muitos filhos definhou.

— É o Senhor quem dá a morte e dá a vida, *faz descer à sepultura e faz voltar; é o Senhor quem faz o pobre e faz o rico, *é o Senhor quem nos humilha e nos exalta.

— O Senhor ergue do pó o homem fraco, *do lixo ele retira o indigente, para fazê-los assentar-se com os nobres * num lugar de muita honra e distinção.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11º Domingo do Tempo Comum (16/06/2024)

Evangelho do Dia

Evangelho (Lc 2,41-51)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Bendita é a Virgem Maria, que guardava a Palavra de Deus, meditando-a no seu coração. (Lc 2,19)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas .

— Glória a vós, Senhor.

Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa. 42 Quando ele completou doze anos, subiram para a festa, como de costume. 43 Passados os dias da Páscoa, começaram a viagem de volta, mas o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o notassem.
44 Pensando que ele estivesse na caravana, caminharam um dia inteiro. Depois começaram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. 45 Não o tendo encontrado, voltaram para Jerusalém à sua procura. 46 Três dias depois, o encontraram no Templo. Estava sentado no meio dos mestres, escutando e fazendo perguntas. 47 Todos os que ouviam o menino estavam maravilhados com sua inteligência e suas respostas. 48 Ao vê-lo, seus pais ficaram muito admirados e sua mãe lhe disse: “Meu filho, por que agiste assim conosco? Olha que teu pai e eu estávamos, angustiados, à tua procura”. 49 Jesus respondeu: “Por que me procuráveis? Não sabeis que devo estar na casa de meu Pai?” 50 Eles, porém, não compreenderam as palavras que lhes dissera. 51 Jesus desceu então com seus pais para Nazaré, e era-lhes obediente. Sua mãe, porém, conservava no coração todas estas coisas.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Repetidas vezes, as Escrituras nos revelam que a Bem-Aventurada Virgem Maria “guardava todas estas coisas no seu coração”. Que coisas? Ela ponderava continuamente sobre o grande mistério da vida de seu Filho, à medida que Sua vida sagrada se desenrolava diante de seus olhos.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (17/06/2024)

O amor de mãe é forte. Muitas vezes, a mãe está mais atenta aos detalhes da vida do filho do que o próprio filho. Ela é atenciosa, consoladora, presente, terna e amorosa. Isto era quem Maria era para seu divino Filho, Jesus.

Mãe Maria não tinha pleno conhecimento de todas as realidades divinas. Ela não contemplou a Santíssima Trindade com os olhos enquanto caminhava pela terra. Ela não tinha pleno conhecimento do plano do Pai. Mas ela caminhou pela vida com a perfeição da fé. Ela também conheceu as muitas verdades do Céu e da terra através do seu Imaculado Coração. Seu coração era um coração cheio de todas as virtudes. Ela amava com um amor indescritível. E o que ela ponderou especialmente no seu Coração Imaculado, repetidamente ao longo da vida, foi o amor puro e perfeito que tinha pelo seu Filho. Para ela, esse amor a deixou maravilhada. Ela estava continuamente em um estado de santo respeito ao interagir com seu Filho, contemplar Sua vida sagrada e vê-Lo avançar em “sabedoria, idade e favor diante de Deus e dos homens” (João 2:52). O amor em seu coração foi uma lição para si mesma. Ela aprofundou continuamente seu conhecimento de Deus através da reflexão sobre o amor perfeito colocado em seu coração por seu Deus. E este Deus, seu Salvador, era seu Filho.

Celebramos hoje a Memória do Imaculado Coração de Maria. Embora haja muitas festas ao longo do ano em que honramos esta santa filha de Deus, esta celebração é uma oportunidade para todos nós ponderarmos sobre o seu coração ponderado.

O coração humano não é apenas físico, é também espiritual. É a fonte espiritual do nosso amor a Deus e aos outros. Do nosso coração flui virtude ou vício, amor ou ódio, generosidade ou egoísmo. Ao honrarmos hoje o Coração Imaculado, somos chamados a olhar para o ideal do que deveria viver dentro dos nossos corações e do que deveria fluir deles. A perfeição de toda virtude é o que idealmente deve fluir de cada coração humano ao longo do tempo. E é o coração de nossa Mãe Santíssima que nos ensinará como internalizar essas virtudes para nos tornarmos instrumentos do amor de Deus aos outros.

Leia mais:  Liturgia Diária – 10ª Semana do Tempo Comum, Sábado (15/06/2024)

Reflita hoje sobre a perfeição espiritual do Imaculado Coração de Maria. A perfeição é difícil de compreender em nosso estado decaído. Mas quanto mais olhamos para o ideal, mais desejaremos esse ideal. E quanto mais desejarmos esse ideal, mais o conseguiremos. Permita-se hoje refletir sobre o coração ideal tal como residia na Mãe de Deus e peça-lhe que interceda por você para que você a imite mais plenamente.

Oração do Dia

Imaculado Coração de Mãe Maria, revela-nos a maneira perfeita de amar o teu Filho e de ser devotado a Ele. Preencha-me com o amor que você teve por seu Filho, intercedendo por mim. Obrigado pelo testemunho que nos deste a todos e ajuda-nos a imitar as inúmeras virtudes que brotavam do teu coração. Coração Imaculado de Maria, rogai por nós. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *