Mundo dos Católicos

Liturgia Diária (12 de abril de 2020)

Liturgia diária de domingo, 12 de abril de 2020.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Você também pode acompanhar diariamente o Salmo do Dia aqui no Mundo dos Católicos.

A liturgia diária

Para os católicos, a liturgia é uma forma de renovação do sacrifício de Jesus Cristo para a salvação da humanidade. A liturgia diária são as lembranças de Jesus e da salvação trazendo para os cristãos uma reflexão que pode ser inserida em suas vidas.

A liturgia diária vem do grego derivado de duas palavras. A primeira “Leito” que significa: público. E a segunda palavra “Ergos” que magnifica: aquele que faz um trabalho público para o povo. A Liturgia é entendida como uma cerimônia estabelecida previamente segundo a tradição da igreja católica.

A Liturgia Diária na Igreja Católica

Liturgia Diária

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, or volta de XVI.

A liturgia diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A liturgia diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Reflexão

Que experiência deve ter sido! Maria Madalena e a outra Maria foram ao túmulo de manhã cedo para prestar homenagem ao corpo sagrado de nosso Senhor. Eles trouxeram os óleos e perfumes que planejavam colocar em seu corpo batido e machucado. Eles vieram oferecer a Ele seu último ato de amor. Mas quando as mulheres chegaram, a terra tremeu e o anjo de Deus apareceu para elas.

Leia mais:  Liturgia Diária - quinta-feira, 17/12/2020

Quando saíram, as Escrituras dizem que deixaram o túmulo rapidamente, “com medo, mas muito felizes”. Tudo em que conseguiam pensar era contar aos outros discípulos do encontro quando outra alegria incrível os atingiu. O próprio Jesus os encontrou no caminho. Para sua surpresa, as mulheres caíram aos pés dele e fizeram-lhe homenagem. Não a homenagem que eles planejavam fazer a um cadáver, mas a homenagem a um Salvador ressuscitado. Eles o adoraram. Jesus então falou: “Não tenha medo. Vai dizer a meus irmãos que vão à Galiléia, e ali me verão ”(Mt 28:10).

Era verdade. Tudo o que eles esperavam se tornou realidade. Eles viram Jesus preso. Eles o viram espancado. Eles o viram falsamente acusado. Eles o viram condenado à morte. E eles O viram morrer. Agora, para o milagre dos milagres, eles viram seu Salvador vivo. Toda esperança que eles se tornaram realidade. Tudo se concretizou naquele momento. Tudo o que foi perdido foi restaurado cem vezes.

A ressurreição de Cristo não é simplesmente um evento que ocorreu há muito tempo. É um evento que continua a ocorrer quando pacientemente andamos com nosso Senhor pelas provações, cruzes e sofrimentos da vida, com esperança e confiança em Seu poder para fazer todas as coisas boas. O mal sempre perde no final quando permanecemos firmes em nossa esperança nEle.

Ao celebrarmos a realidade da Ressurreição de Cristo, pondere a promessa que Ele lhe falou. Se você entregou tudo a Ele e morreu ao mundo do pecado, mantenha seus olhos agora na Ressurreição. Tenha esperança nEle e em Seu poder de dar nova vida à sua cruz mais pesada.

Às vezes, temos esperança em nossas próprias idéias da ressurreição. Pedimos alguma esperança para se tornar realidade, porque pensamos que é disso que precisamos. Mas a ressurreição de Cristo deve nos ensinar que Seu plano para uma nova vida para cada um de nós é muito superior ao que poderíamos imaginar. Você acredita nisso? Você mantém sua esperança em Cristo, mesmo quando tudo parece perdido?

Leia mais:  Evangelho do Dia - segunda-feira, 09/11/2020

Reflita hoje sobre o plano insondável que Deus tem para sua vida. Saiba que se você permanecer fiel até o fim, nosso Senhor trará maiores alegrias em sua vida do que você jamais poderia imaginar. Pode não acontecer de acordo com sua programação ou seus desejos, mas acontecerá de acordo com Sua perfeita vontade divina. Não duvide. Não tenha medo. Tenha esperança e confiança, e antecipe os momentos em que o poder da Ressurreição produz as maiores alegrias que você jamais poderia imaginar.

Meu Senhor Ressuscitado, confio em Ti com toda a minha mente, coração, alma e força. Eu acredito que você é fiel à perfeição e que Sua fidelidade nunca falhará. Dê-me esperança quando eu mais precisar e ajude-me a manter os olhos na glória que aguarda. Você venceu todo o mal. Posso sempre confiar em você!

Liturgia Diária com Reflexão

Além da liturgia diária, é comum que nas missas o padre ou celebrante na ocasião, faça uma reflexão das palavras do evangelho do dia. Esta reflexão é feita em geral por livre interpretação, não seguindo um texto pré-definido.

A História da Liturgia Diária

O ponto principal da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana Comum, Sábado (22/01)

A Liturgia Diária na Missa

A liturgia faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A liturgia diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Utilizada nas missas, a liturgia também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a liturgia diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a liturgia diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

A Liturgia nos dias de hoje

A Liturgia diária é vista por muitos como sendo um rito que trás uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.