Liturgia Diária (13 de abril de 2020)

Liturgia diária de segunda-feira, 13 de abril de 2020.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Você também pode acompanhar diariamente o Salmo do Dia aqui no Mundo dos Católicos.

A liturgia diária

Para os católicos, a liturgia é uma forma de renovação do sacrifício de Jesus Cristo para a salvação da humanidade. A liturgia diária são as lembranças de Jesus e da salvação trazendo para os cristãos uma reflexão que pode ser inserida em suas vidas.

A liturgia diária vem do grego derivado de duas palavras. A primeira “Leito” que significa: público. E a segunda palavra “Ergos” que magnifica: aquele que faz um trabalho público para o povo. A Liturgia é entendida como uma cerimônia estabelecida previamente segundo a tradição da igreja católica.

A Liturgia Diária na Igreja Católica

Liturgia Diária

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, or volta de XVI.

A liturgia diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A liturgia diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Reflexão

Eles foram embora “medrosos”, mas também “felizes”. Que combinação fascinante! Essas duas experiências, a princípio, não parecem andar de mãos dadas. Como alguém tem medo e também cheio de alegria? O medo não minaria a alegria? E a alegria não pareceria expulsar o medo? Tudo isso depende de que tipo de “medo” essas mulheres santas estavam experimentando.

Parece que o medo que essas mulheres estavam experimentando era um dos Sete Dons do Espírito Santo, o dom do medo santo. Este não é um medo no sentido normal de ter medo. Pelo contrário, é um medo que é melhor definido como uma profunda reverência, admiração e reverência. É um presente que permitiu a essas mulheres reconhecer a profundidade do que estavam experimentando no momento. Eles estavam maravilhados, em choque santo, espantados e cheios de alegria, tudo ao mesmo tempo. De repente, teriam experimentado a incrível realização e esperavam que Jesus tivesse vencido a própria morte. Eles provavelmente estavam confusos, mas também cheios de uma fé que os deixou com a convicção de que algo extraordinário havia acabado de acontecer.

Leia mais:  Evangelho do Dia – Sábado, Oitava da Páscoa, 10/04/2021

Essa é a experiência que devemos ter hoje. Hoje é o segundo dia da oitava da Páscoa. Isso significa que hoje é dia de Páscoa mais uma vez. Celebramos o Dia da Páscoa por oito dias seguidos, culminando com o Domingo da Divina Misericórdia. Portanto, esses próximos oito dias são dias em que deveríamos gastar um tempo extra tentando penetrar e experimentar a mesma experiência que essas mulheres sagradas tiveram quando descobriram que Jesus não estava mais no túmulo. Devemos nos deixar envolver pelo mistério da Ressurreição. Temos que ver pelo que é. Devemos nos esforçar para compreender esse dom e o fato surpreendente de que, em Sua ressurreição, Jesus destrói os efeitos do pecado. Ele destrói a própria morte. Verdadeiramente incrível!

Você entende a ressurreição de Cristo? Não está bem o suficiente. É apenas a humilde verdade para cada um de nós admitir que precisamos entender mais a Ressurreição. Devemos deixar não apenas a verdade da Ressurreição penetrar, mas também devemos permitir que os efeitos da Ressurreição nos mudem. Devemos permitir que a ressurreição de Cristo entre em nossas almas e nos convide a compartilhar nesta nova vida hoje.

Quando essas mulheres sagradas deixaram a tumba, as Escrituras nos dizem que elas encontraram o Cristo Ressuscitado em seu caminho. E nos diz que, quando viram Jesus, “aproximaram-se, abraçaram seus pés e o homenagearam”. Este não é um pequeno ato de adoração e amor. Este ato de adoração e adoração a Jesus mostra que eles não apenas creram, mas também agiram adorando-O. Devemos fazer o mesmo.

Leia mais:  Evangelho do Dia – Sábado, 21ª Semana do Tempo Comum, 28/08/2021

Reflita hoje sobre o impressionante evento da Ressurreição e gaste tempo nesta semana nesta humilde adoração. Tente se curvar literalmente ao chão em homenagem a Cristo ressuscitado. Tente fazer isso literalmente. Talvez no silêncio do seu quarto, da igreja ou de qualquer lugar em que você possa expressar confortavelmente esse ato literal e físico de adoração e adoração. Ao fazer isso, fique cara a cara com o Senhor ressuscitado. E que Ele comece a transformar mais profundamente sua vida!

Senhor, eu acredito. Eu acredito que você se levantou vitorioso sobre o pecado e a morte. Permita-me, especialmente durante esta oitava da Páscoa, entrar no grande mistério de Sua Ressurreição. Ajude-me a entender e experimentar essa glória avassaladora na minha vida. Eu te adoro com um profundo amor, querido Senhor. Ajuda-me a Te adorar com todas as minhas forças. Jesus eu confio em vós.

Liturgia Diária com Reflexão

Além da liturgia diária, é comum que nas missas o padre ou celebrante na ocasião, faça uma reflexão das palavras do evangelho do dia. Esta reflexão é feita em geral por livre interpretação, não seguindo um texto pré-definido.

A História da Liturgia Diária

O ponto principal da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

Leia mais:  Evangelho do Dia – Sexta-feira, 3ª Semana da Páscoa, 23/04/2021

A Liturgia Diária na Missa

A liturgia faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A liturgia diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Utilizada nas missas, a liturgia também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a liturgia diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a liturgia diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

A Liturgia nos dias de hoje

A Liturgia diária é vista por muitos como sendo um rito que trás uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Terça-feira (17/05)

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.