Liturgia Diária – 12º Domingo do Tempo Comum (25/06/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Domingo, 25 de junho de 2023.

Acompanhe a Liturgia Diária Comentada de Hoje em nosso site. Confira a Liturgia de hoje completa com as Leituras, Evangelho do dia e Oração aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Jeremias 20, 10-13

Leitura do Livro do Profeta Jeremias:

Jeremias disse: 10Eu ouvi as injúrias de tantos homens e os vi espalhando o medo em redor: ‘Denunciai-o, denunciemo-lo.’ Todos os amigos observavam minhas falhas: ‘Talvez ele cometa um engano e nós poderemos apanhá-lo e desforrar-nos dele.’ 11Mas o Senhor está ao meu lado, como forte guerreiro; por isso, os que me perseguem cairão vencidos. Por não terem tido êxito, eles se cobrirão de vergonha. Eterna infâmia, que nunca se apaga! 12O Senhor dos exércitos, que provas o homem justo e vês os sentimentos do coração, rogo-te me faças ver tua vingança sobre eles; pois eu te declarei a minha causa. 13Cantai ao Senhor, louvai o Senhor, pois ele salvou a vida de um pobre homem das mãos dos maus.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 68 (69)

– Atendei-me, ó Senhor, pelo vosso imenso amor!

– Por vossa causa é que sofri tantos insultos, e o meu rosto se cobriu de confusão; eu me tornei como um estranho a meus irmãos, como estrangeiro para os filhos de minha mãe. Pois meu zelo e meu amor por vossa casa me devoram como fogo abrasador.

– Por isso elevo para vós minha oração, neste tempo favorável, Senhor Deus! Respondei-me pelo vosso imenso amor, pela vossa salvação que nunca falha! Senhor, ouvi-me pois suave é vossa graça, ponde os olhos sobre mim com grande amor!

-Humildes, vede isto e alegrai-vos: o vosso coração reviverá, se procurardes o Senhor continuamente! Pois nosso Deus atende à prece dos seus pobres, e não despreza o clamor de seus cativos. Que céus e terra glorifiquem o Senhor com o mar e todo ser que neles vive!

2ª Leitura

Segunda leitura: Romanos 5, 12-15

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: 12O pecado entrou no mundo por um só homem. Através do pecado, entrou a morte. E a morte passou para todos os homens, porque todos pecaram. 13Na realidade, antes de ser dada a Lei, já havia pecado no mundo. Mas o pecado não pode ser imputado, quando não há lei. 14No entanto, a morte reinou, desde Adão até Moisés, mesmo sobre os que não pecaram como Adão, – o qual – era a figura provisória daquele que devia vir. 15Mas isso não quer dizer que o dom da graça de Deus seja comparável à falta de Adão! A transgressão de um só levou a multidão humana à morte, mas foi de modo bem mais superior que a graça de Deus, ou seja, o dom gratuito concedido através de um só homem, Jesus Cristo, se derramou em abundância sobre todos.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sábado (24/02/2024)

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 10, 26-33

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– O Espírito Santo, a verdade, de mim irá testemunhar, e vós minhas testemunhas sereis em todo lugar (Jo 15,26s);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus a seus apóstolos: 26Não tenhais medo dos homens, pois nada há de encoberto que não seja revelado, e nada há de escondido que não seja conhecido. 27O que vos digo na escuridão, dizei-o à luz do dia; o que escutais ao pé do ouvido, proclamai-o sobre os telhados! 28Não tenhais medo daqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma! Pelo contrário, temei aquele que pode destruir a alma e o corpo no inferno! 29Não se vendem dois pardais por algumas moedas? No entanto, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do vosso Pai. 30Quanto a vós, até os cabelos da cabeça estão todos contados. 31Não tenhais medo! Vós valeis mais do que muitos pardais. 32Portanto, todo aquele que se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que está nos céus. 33Aquele, porém, que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante do meu Pai que está nos céus.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Esta linha é dita por nosso Senhor no contexto da preparação dos Doze para as perseguições que virão. Antes desta passagem, Jesus disse: “Mas cuidado com as pessoas, porque eles os entregarão aos tribunais e os açoitarão nas sinagogas deles, e vocês serão conduzidos perante governadores e reis por minha causa, como testemunha perante eles e os pagãos.” Depois de falar muito mais sobre as perseguições que virão, Jesus lhes dá uma certa esperança e encorajamento na passagem acima.

Em primeiro lugar, Jesus aborda diretamente um dos efeitos que muitas pessoas sofrem quando encontram alguma forma de perseguição: o medo. “Ninguém tema”, diz Ele. O medo pode consumir uma pessoa quando ela não tem fé no cuidado de Deus por ela, permitindo que a ansiedade e a preocupação tomem conta. Quando pudermos manter nossos olhos fixos firmemente em Cristo e dissipar os ataques que recebemos na vida, permaneceremos confiantes na verdade de Deus e não seremos dissuadidos por mentiras.

Jesus também está muito ciente do fato de que o medo pode se tornar avassalador. Este é especialmente o caso quando devemos suportar qualquer forma de perseguição ou provação severa. Portanto, Ele fala uma frase consoladora para os Doze para ajudá-los a ter esperança. “Nada há oculto que não venha a ser revelado, nem segredo que não venha a ser conhecido.” Esta é uma referência ao fim dos tempos, quando Jesus retorna à terra para o Juízo Final. Naquela época, todos os ataques enganosos que as pessoas sofreram virão à tona para todos verem. Todas as virtudes, incluindo todas as virtudes ocultas, também virão à luz. No final, a verdade reinará e todos serão julgados pela Verdade de Deus. Isso deve ser muito consolador para aqueles que sofreram injustiças na vida.

A perseguição vem em muitas formas. Claro, a perseguição lançada contra você por causa de sua fé é a pior forma de perseguição. Mas, na maioria das vezes, a perseguição vem de outras formas. O ciúme de outro pode levar a fofocas sobre eles. Revelar publicamente os pecados de outrem é pecado de detração e é uma forma de perseguição. A agressão passiva, a calúnia, o “tratamento silencioso” e muito mais são formas de perseguição. Sempre que uma pessoa tenta infligir algum tipo de dano a outra, isso é perseguição.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

Uma tendência comum que as pessoas encontram quando alguém as prejudica de alguma forma é retribuir o dano causado. Não há nada de errado em nos defendermos falando a verdade com amor. Muitas vezes, porém, a mágoa experimentada se transforma em um medo consumidor ou em um ataque contra aquele que nos prejudicou. Quando essa tentação é sentida, as palavras de Jesus acima são muito úteis e libertadoras. No final, nenhuma injustiça será ignorada. Todo erro será tratado pela justiça e misericórdia de Deus, e a ordem e a verdade perfeitas serão totalmente restauradas para a eternidade.

Reflita, hoje, sobre qualquer luta que você tenha com o medo. Ao fazer isso, reflita sobre as palavras de Jesus repetidas vezes. “Ninguém tema.” Não se deixe controlar por nenhuma injustiça infligida a você. Em vez disso, permaneçam confiantes na verdade e, se alguma injustiça não puder ser corrigida aqui e agora, esperem pelo fim dos tempos, quando tudo será trazido à luz de acordo com a mente e a justiça de Deus.

Oração do Dia

Meu corajoso Senhor, Você suportou tanto ridículo e tratamento severo, mas nunca permitiu que isso o impedisse de Sua missão divina de amor. Por favor, liberte-me de todo medo e dê-me coragem quando enfrentar as injustiças da vida para confiar que o Senhor corrigirá todos os erros no final. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo o momento de formalização da missa, mas o seu verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia diária faz com que os cristãos reflitam as palavras e procurem trazê-las para o seu dia a dia como meio de vivenciar a Palavra de Deus em suas vidas.

A liturgia vem nos trazer ensinamentos de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus. A liturgia nos mostra o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.