Liturgia Diária – 13ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (05/07/2024)

Salmo do Dia

Liturgia Diária de Sexta-feira, 5 de julho de 2024.

Leia diariamente a Liturgia do Dia aqui no Mundo dos Católicos. Primeira Leitura e o Evangelho do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje e a Oração do aia aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Am 8,4-6.9-12)

Leitura da Profecia de Amós

4 Ouvi isto, vós que maltratais os humildes e causais a prostração dos pobres da terra; 5 vós que andais dizendo: “Quando passará a lua nova, para vendermos bem a mercadoria? E o sábado, para darmos pronta saída ao trigo, para diminuir medidas, aumentar pesos, e adulterar balanças, 6 dominar os pobres com dinheiro e os humildes com um par de sandálias, e para pôr à venda o refugo do trigo?” 9 “Acontecerá que naquele dia, diz o Senhor Deus, farei que o sol se ponha ao meio-dia e em pleno dia escureça a terra; 10 mudarei em luto vossas festas e em pranto todos os vossos cânticos; farei vestir saco a todas as cinturas e tornarei calvas todas as cabeças, o país porá luto, como por um filho único, e o final desse dia terminará em amargura. 11 Eis que virão dias, diz o Senhor, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir a palavra do Senhor”. 12 Os homens vaguearão de um mar a outro mar, circulando do norte para o oriente, em busca da palavra do Senhor, mas não a encontrarão.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 118 (119)

— O homem não vive somente de pão, mas de toda palavra da boca de Deus.

— Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo o coração procura a Deus!

— De todo o coração eu vos procuro, não deixeis que eu abandone a vossa lei!

— Minha alma se consome o tempo todo em desejar as vossas justas decisões.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16º Domingo do Tempo Comum (21/07/2024)

— Escolhi seguir a trilha da verdade, diante de mim eu coloquei vossos preceitos.

— Como anseio pelos vossos mandamentos! Dai-me a vida, ó Senhor, porque sois justo!

— Abro a boca e aspiro largamente, pois estou ávido de vossos mandamentos.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 9,9-13)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Vinde a mim, todos vós que estais cansados, e descanso eu vos darei, diz o Senhor.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 9 Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus. 10 Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11 Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?” 12 Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. 13 Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Você se descreveria como alguém que está “bem” ou “doente”? Você está entre os “justos” ou os “pecadores”? Tenha cuidado ao responder a esta pergunta. É claro que o orgulho que acompanha a nossa natureza humana decaída muitas vezes nos tenta a afirmar que estamos “bem” e “justos”. Mas a humildade revelará a verdade de que estamos entre os “doentes” e “pecadores”.

Esta afirmação de Jesus é uma resposta aos fariseus que notaram que Jesus estava jantando na casa de Mateus, o publicano, a quem Ele acabara de chamar para segui-lo. Mateus realmente deixou tudo para trás e seguiu Jesus, e então ofereceu um jantar para Jesus em sua casa. Naquele jantar, havia “muitos cobradores de impostos e pecadores” que vieram e sentaram-se com Jesus e Seus discípulos, o que levou os fariseus a ridicularizar a todos.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santa Maria Madalena, Segunda-feira (22/07/2024)

A resposta de Jesus é muito importante para ouvirmos. Ao afirmar que Ele não veio para aqueles que estavam bem e justos, mas para aqueles que estavam doentes e pecadores, isso nos diz duas coisas importantes. Primeiro, nos diz que todos somos espiritualmente doentes e pecadores. Em segundo lugar, diz-nos que se não podemos admitir isso humildemente e, no nosso orgulho, afirmar que estamos bem e somos justos, então essencialmente rejeitamos Jesus, o Médico Divino, das nossas vidas. Basicamente dizemos: “Senhor, não preciso de Ti”.

Também é útil notar que Jesus não tinha vergonha de ser visto com pecadores. Ele não hesitou nem um pouco e, de fato, afirmou claramente que eram aqueles a quem Ele veio buscar. Por essa razão, não devemos ter medo ou vergonha de admitir que somos pecadores, espiritualmente doentes e necessitados de nosso Senhor. Negar esse fato é negar a realidade e negar a própria fonte da cura contínua de que certamente necessitamos na vida. É uma negação da nossa necessidade do próprio Cristo Jesus.

Você precisa do nosso Senhor? Você precisa de limpeza interior, cura e perdão todos os dias? Se for difícil para você dizer “Sim” de todo o coração a essa pergunta, então talvez você lute contra o orgulho dos fariseus mais do que imagina. Não importa quão santo você se torne, não importa quão profundamente você ore e não importa quão caridoso você seja, você sempre precisará da cura e do perdão do Médico Divino todos os dias.

Leia mais:  Liturgia Diária – 15ª Semana do Tempo Comum, Sábado (20/07/2024)

Reflita hoje sobre a necessidade que você tem hoje em sua vida de perdão. Com qual pecado você mais luta? Curiosamente, quanto mais santo alguém se torna, mais claramente vê os seus pecados diários e a sua necessidade de perdão e cura. Se você tiver alguma dificuldade com isso, passe algum tempo examinando sua consciência. Procure maneiras de fazer isso de maneira mais completa e honesta. Se o fizer, pode ter certeza de que nosso Senhor, o Médico Divino, desejará profundamente jantar com você hoje e sempre.

Oração do Dia

Meu Senhor perdoador, Tu és o Médico Divino que veio para perdoar e curar todos os nossos males. Remova meu orgulho e auto-justiça para que eu possa ser cheio de humildade e ver claramente o pecado em minha vida. Ao ver meu pecado, ajude-me a voltar-me para Ti e a confiar em Sua abundante misericórdia. Você veio pelos pecadores, querido Senhor, e eu sou um daqueles pecadores necessitados. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.