Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Segunda-feira (07/03)

Liturgia Diária de segunda-feira, 7 de março de 2022.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia com Homilia Diária e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Lv 19,1-2.11-18)

Leitura do Livro do Levítico.

1O Senhor falou a Moisés, dizendo: 2“Fala a toda a Comunidade dos filhos de Israel, e dize-lhes: Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo.

11Não furteis, não digais mentiras, nem vos enganeis uns aos outros. 12Não jureis falso por meu nome, profanando o nome do Senhor teu Deus. Eu sou o Senhor.

13Não explores o teu próximo nem pratiques extorsão contra ele. Não retenhas contigo a diária do assalariado até o dia seguinte. 14Não amaldiçoes o surdo, nem ponhas tropeço diante do cego, mas temerás o teu Deus. Eu sou o Senhor. 15Não cometas injustiças no exercício da justiça; não favoreças o pobre nem prestigieis o poderoso. Julga teu próximo conforme a justiça.

16Não sejas um maldizente entre o teu povo. Não conspires, caluniando-o, contra a vida do teu próximo. Eu sou o Senhor. 17Não tenhas no coração ódio contra teu irmão. Repreende o teu próximo, para não te tornares culpado de pecado por causa dele.

18Não procures vingança, nem guardes rancor aos teus compatriotas. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 18)

— Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!

— A lei do Senhor Deus é perfeita, conforto para a alma! O testemunho do Senhor é fiel, sabedoria dos humildes.

— Os preceitos do Senhor são precisos, alegria ao coração. O mandamento do Senhor é brilhante, para os olhos é uma luz.

— É puro o temor do Senhor, imutável para sempre. Os julgamentos do Senhor são corretos e justos igualmente.

Leia mais:  Evangelho do Dia - quarta-feira, 23/12/2020

— Que vos agrade o cantar dos meus lábios e a voz da minha alma; que ela chegue até vós, ó Senhor, meu Rochedo e Redentor!

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 25,31-46)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 31“Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. 32Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. 33E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. 34Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! 35Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; 36eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’. 37Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? 38Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? 39Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?’ 40Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’ 41Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. 42Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; 43eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar’. 44E responderão também eles: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?’ 45Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!’ 46Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.

Leia mais:  Liturgia Diária - Terça-feira, 15ª Semana do Tempo Comum, 13/07/2021

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Quem é esse “irmão menor”? É interessante que Jesus aponte especificamente para a pessoa considerada a menor, em oposição a uma declaração mais geral que inclui todas as pessoas. Por que não dizer: “Tudo o que você faz aos outros…?” Isso inclui todos a quem servimos. Mas, em vez disso, Jesus apontou para o irmão menor. Talvez isso deva ser visto, especialmente, como a pessoa mais pecadora, a mais fraca, a mais gravemente doente, a incapacitada, a faminta e a sem-teto, e todos aqueles que manifestaram necessidades nesta vida.

A parte mais bonita e tocante dessa afirmação é que Jesus se identifica com a pessoa necessitada, a “menor” de todas. Ao servir aqueles em necessidades especiais, estamos servindo a Jesus. Mas para Ele poder dizer isso, Ele tem que estar intimamente unido com essas pessoas. E ao mostrar uma conexão tão íntima com eles, Jesus revela sua infinita dignidade como pessoas.

Este é um ponto tão importante para entender! De fato, este tem sido um tema central nos ensinamentos constantes de São João Paulo II, do Papa Bento XVI e do Papa Francisco. Um convite ao foco constante na dignidade e valor da pessoa deve ser a mensagem central que tiramos desta passagem.

Reflita, hoje, sobre a dignidade de cada pessoa. Tente lembrar-se de qualquer pessoa que você não consiga olhar com perfeito respeito. Para quem você olha para baixo e revira os olhos? Quem é que você julga ou despreza? É nesta pessoa, mais do que em qualquer outra, que Jesus espera por você. Ele espera para conhecê-lo e fazer com que você o ame no fraco e no pecador. Reflita sobre sua dignidade. Identifique a pessoa que mais se encaixa nessa descrição em sua vida e comprometa-se a amá-la e servi-la. Pois neles você amará e servirá ao nosso Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária - Sexta-feira, 30ª Semana do Tempo Comum, 29/10/2021

Oração do Dia

Querido Senhor, eu entendo e creio que Tu estás presente, de forma oculta, no mais fraco dos fracos, no mais pobre dos pobres e no pecador em nosso meio. Ajude-me a buscá-lo diligentemente em cada pessoa que encontrar, especialmente naqueles mais necessitados. Ao encontrar-te, que eu te ame e te sirva com todo o meu coração. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Homilia Diária das palavras do Evangelho depois da sua leitura. Esta homilia é feita em geral por livre interpretação do celebrante.

O ponto mais importante da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (02/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.