Liturgia Diária – 24ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (22/09/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sexta-feira, 22 de setembro de 2023.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Aqui você fica sabendo qual o Evangelho do Dia de Hoje e acompanha a Liturgia aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Timóteo 6, 2-12

Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo:

Caríssimo: 2cEnsina e recomenda estas coisas. 3Quem ensina doutrinas estranhas e discorda das palavras salutares de Nosso Senhor Jesus Cristo e da doutrina conforme à piedade, 4é um obcecado pelo orgulho, um ignorante que morbidamente se compraz em questões e discussões de palavras. Daí é que nascem invejas, contendas, insultos, suspeitas, 5porfias de homens com mente corrompida e privados da verdade que fazem da piedade assunto de lucro. 6Sem dúvida, grande fonte de lucro é a piedade, mas quando acompanhada do espírito de desprendimento. 7Porque nada trouxemos ao mundo como tampouco nada poderemos levar. 8Tendo alimento e vestuário, fiquemos satisfeitos. 9Os que desejam enriquecer, caem em tentação e armadilhas, em muitos desejos loucos e perniciosos que afundam os homens na perdição e na ruína. 10A raiz de todos os males é a cobiça do dinheiro. Por se terem deixado levar por ela, muitos se extraviaram da fé e se atormentam a sim mesmos com muitos sofrimentos. 11Tu que és um homem de Deus, foge das coisas perversas, procura a justiça, a piedade, a fé, o amor, a firmeza, a mansidão. 12Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e pela qual fizeste tua nobre profissão de fé diante de muitas testemunhas.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 48 (49)

– Felizes os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus.

– Por que temer os dias maus e infelizes, quando a malícia dos perversos me circunda? Por que temer os que confiam nas riquezas e se gloriam na abundância de seus bens?

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Terça-feira (20/02/2024)

– Ninguém se livra de sua morte por dinheiro nem a Deus pode pagar o seu resgate. A isenção da própria morte não tem preço; não há riqueza que a possa adquirir, nem dar ao homem uma vida sem limites e garantir-lhe uma existência imortal.

– Não te inquietes, quando um homem fica rico e aumenta a opulência de sua casa; pois ao morrer não levará nada consigo, nem seu prestígio poderá acompanhá-lo.

– Felicitava-se a si mesmo enquanto vivo: ‘Todos te aplaudem, tudo bem, isto que é vida!’ Mas vai-se ele para junto de seus pais, que nunca mais e nunca mais veróo a luz!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 8, 1-3

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, pois revelaste os mistérios do teu reino aos pequeninos, escondendo-os aos doutores! (Mt 11,25);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo: 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Nosso Senhor estava em missão. Ele viajava a pé de uma cidade para outra, “pregando e proclamando as boas novas do Reino de Deus”. Sua mensagem era realmente “boas notícias”. Ele curou os enfermos, expulsou demônios e, o mais importante, perdoou pecados. Como resultado, muitos começaram a segui-Lo. Seus seguidores não apenas consistiam nos Doze que Jesus chamou pessoalmente e que Ele acabaria por enviar como Seus Apóstolos, mas outros também O seguiram. O Evangelho de hoje também menciona pelo nome três mulheres: Maria Madalena, Joana e Susana. Estas são apenas algumas das pessoas que foram profundamente tocadas por nosso Senhor, que por sua vez deixou tudo para segui-Lo.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

A escolha destes primeiros seguidores de abandonar tudo e seguir Jesus convida-nos a examinar até que ponto comprometemos as nossas vidas em segui-Lo também. Entre as muitas pessoas que ouviram Jesus pregar, houve, sem dúvida, respostas diversas. Alguns O rejeitaram, outros ficaram intrigados com Ele, outros acreditaram Nele, mas não estavam dispostos a se tornarem Seus discípulos, e alguns se comprometeram de todo o coração com Jesus e Sua missão de proclamar boas novas. Para estes últimos, as boas novas que ouviram mudaram as suas vidas.

Qual é a sua resposta ao nosso Senhor? Uma boa maneira de responder adequadamente a esta pergunta é examinar quanto tempo e energia você dedicou ao nosso Senhor e à Sua mensagem de boas novas. Quanto tempo você passou lendo Sua santa Palavra, orando a Ele, falando sobre Ele e aprendendo a fé que Ele ensinou? Quanto a Sua mensagem afeta as decisões que você toma na vida? Ser cristão não é algo que possamos compartimentar. Não podemos ter o nosso “tempo de fé” alguns momentos de cada semana e depois gastar o resto do nosso tempo em outras atividades. É verdade que nossos dias serão repletos de muitas atividades que são simplesmente partes normais de nossa vida. Todos temos deveres e responsabilidades que ocupam grande parte dos nossos dias. Mas estar “totalmente envolvido”, por assim dizer, significa que Jesus e a Sua mensagem permeiam tudo o que fazemos. Até mesmo as nossas atividades diárias comuns, como trabalho, tarefas domésticas e coisas do gênero, devem ser realizadas para a glória de Deus e de acordo com Sua vontade divina.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Quarta-feira (21/02/2024)

Para os primeiros seguidores de Jesus, embora viajassem com Ele de cidade em cidade e mudassem radicalmente o curso das suas vidas diárias, ainda assim teriam se envolvido em muitas atividades comuns. Mas essas atividades comuns foram realizadas, em última análise, para ajudar a eles e a outros a cumprir a sua missão final de ouvir e responder à Palavra de Deus.

Reflita hoje sobre até que ponto você consagrou cada parte de sua vida ao nosso Senhor e à Sua missão. Fazer isso não exige necessariamente que você se torne um evangelista público, passe o dia todo na Igreja ou algo parecido. Significa simplesmente que Jesus e Sua missão são convidados para tudo que você faz, todos os dias, o dia todo. Nunca poderemos servir ao nosso Senhor plenamente. Ao examinar sua atividade diária, procure maneiras de incluir nosso Senhor em tudo que você faz. Fazer isso realmente fará de você um de Seus discípulos fiéis que estão totalmente envolvidos em sua vida.

Oração do Dia

Meu divino Senhor, Tu tens a missão de salvar almas e construir o Teu glorioso Reino. Agradeço-lhe por me convidar não apenas para ser transformado pela Sua santa Palavra, mas também para ajudar a divulgá-la a outras pessoas. Minha vida é sua, querido Senhor. Por favor, participe de cada parte da minha vida diária e use-me para a Sua glória. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Reflexão Diária das palavras do Evangelho depois dessa leitura. Esta reflexão é feita em geral por interpretação própria do celebrante.

O ponto mais alto da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.