Liturgia Diária – 25ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (28/09/2023)

Reflexão do Evangelho de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quinta-feira, 28 de setembro de 2023.

Confira todos os dias a Liturgia de Hoje dos Católicos em nosso site. Acompanhe as Leituras, a Oração do dia e o Evangelho Hoje com reflexão. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Ageu 1, 1-8

Início da Profecia de Ageu:

1No segundo ano do reinado de Dario, no sexto mês, no primeiro dia, foi dirigida a palavra do Senhor, mediante o profeta Ageu, a Zorobabel, filho de Salatiel, governador de Judá, e a Josué, filho de Josedec, sumo sacerdote: 2’Isto diz o Senhor dos exércitos: Este povo diz: Ainda não chegou o momento de edificar a casa do Senhor’. 3A palavra do Senhor foi assim dirigida, por intermédio do profeta Ageu: 4’Acaso para vós é tempo de morardes em casas revestidas de lambris, enquanto esta casa está em ruínas? 5Isto diz, agora, o Senhor dos exércitos: Considerai, com todo o coração, a conjuntura que estais passando: 6tendes semeado muito, e colhido pouco; tendes-vos alimentado, e não vos sentis satisfeitos, bebeis e não vos embriagais; estais vestidos, e não vos aqueceis; quem trabalha por salário, guarda-o em saco roto. 7Isto diz o Senhor dos exércitos: Considerai, com todo o coração, a difícil conjuntura que estais passando: 8mas subi ao monte, trazei madeira e edificai a casa; ela me será aceitável, nela me glorificarei, diz o Senhor.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 149

– O Senhor ama seu povo de verdade.

– Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembléia dos fiéis! Alegre-se Israel em Quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei!

– Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória os seus humildes.

Leia mais:  Liturgia Diária – 15º Domingo do Tempo Comum (14/07/2024)

– Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos; com louvores do Senhor em sua boca eis a glória para todos os seus santos.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9, 7-9

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim (Jo 14,6);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo: 7O tetrarca Herodes ouviu falar de tudo o que estava acontecendo, e ficou perplexo, porque alguns diziam que João Batista tinha ressuscitado dos mortos. 8Outros diziam que Elias tinha aparecido; outros ainda, que um dos antigos profetas tinha ressuscitado. 9Então Herodes disse: ‘Eu mandei degolar João. Quem é esse homem, sobre quem ouço falar essas coisas?’ E procurava ver Jesus.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Herodes, o tetrarca, também conhecido como Herodes Antipas, governou os judeus da Galiléia por cerca de quarenta e dois anos. Ele começou seu reinado em 2 AC e continuou a reinar até ser exilado pelo imperador romano em 37 DC. Durante seu reinado, ele passou muito tempo em Tiberíades, uma das principais cidades na margem ocidental do Mar da Galiléia. A maior parte do ministério de Jesus ocorreu na região do domínio de Herodes, toda a Galiléia, por isso Herodes estava bem ciente das muitas histórias sobre Jesus.

O Evangelho de hoje conclui dizendo que Herodes continuou tentando ver Jesus. É claro que Herodes, assim como qualquer pessoa que vivia naquela região, poderia ter viajado até onde Jesus estava pregando para ouvi-lo a qualquer momento. Mas ele não fez isso. Em vez disso, ele continuou a receber relatos sobre Jesus e permaneceu curioso sobre Ele, tentando encontrar uma maneira de descobrir quem era Jesus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sábado (13/07/2024)

Tente imaginar o que teria acontecido se Herodes tivesse viajado até onde Jesus estava pregando para ouvi-lo com o coração aberto. Se ele tivesse feito isso e realmente escutado, Herodes teria recebido um dos maiores presentes imagináveis. Ele teria recebido o dom da fé e da conversão e teria iniciado o caminho da salvação eterna. Mas Herodes estava vivendo uma vida imoral. Ele era conhecido por ser um líder cruel e também um adúltero impenitente. Ele amava seu poder e tinha bastante ciúme dele. Herodes provavelmente sabia, pelo menos no fundo de sua mente, que se quisesse ouvir Jesus, teria que mudar. E ele provavelmente não queria mudar.

Isto apresenta a todos nós uma lição poderosa. Cada um de nós pode facilmente dispensar diversas comunicações e convites do nosso Senhor, porque, no fundo, não queremos mudar. Deus está falando conosco o dia todo, todos os dias de nossas vidas. Ele está constantemente nos oferecendo Sua mensagem do Evangelho completo. E embora você possa estar aberto a muito do que Deus diz, é muito provável que haja partes de Sua mensagem divina que você, consciente ou inconscientemente, não ouve. A chave para poder ouvir tudo o que Deus quer falar com você é estar disposto a mudar completamente em toda e qualquer forma que Deus quiser que você mude.

Reflita hoje sobre Herodes. Primeiro, reflita sobre sua curiosidade sobre Jesus. Esta é uma boa qualidade, pois é muito melhor do que ser indiferente. A partir daí, pense também no fato de que Herodes nunca foi até Jesus para ouvi-lo. Seu primeiro encontro com Jesus foi na noite de sua prisão, quando ele interrogou nosso Senhor e zombou dele. Ao considerar a obstinação de Herodes, use-a como um exame de sua própria vida. Onde você vir qualquer pequeno reflexo de obstinação, medo de mudança ou coração fechado, procure remediar isso voltando-se para nosso Senhor dizendo a Ele que você está aberto a tudo o que Ele deseja dizer e que está pronto e disposto a mudar de qualquer maneira que Ele chama você para fazer isso. Não tema a mudança que nosso Senhor deseja de você. Abraçar essa mudança o levará ao caminho rápido e estreito em direção à verdadeira santidade de vida.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (12/07/2024)

Oração do Dia

Meu sempre presente Senhor, Tu me chamas dia e noite, convidando-me a mudar enquanto ouço a Tua santa Palavra. Agradeço-te por estes constantes impulsos de graça e comprometo-me a permanecer aberto a tudo o que me pedes. Eu escolho a Ti, meu Senhor. E ao me voltar para Ti, oro para que tenha a coragem necessária para responder de todo o coração ao Seu chamado. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até o século XVI não existia uma padronização para a liturgia diária, portanto, não tinha uma norma que caracterizava a sua obrigatoriedade. Porém, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E foi através do Concílio Vaticano II que a Liturgia teve a sua mais recente atualização.

A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura. A liturgia é formada pela primeira e segunda leitura, salmo e o evangelho do dia, fazendo parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.