Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (27/04)

Homilia do Evangelho de Hoje

Liturgia Diária de quarta-feira, 2ª Semana da Páscoa, 27 de abril de 2022.

Acompanhe diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Homilia do Evangelho de Hoje e Salmo do dia. Acompanhe a Liturgia do dia no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (At 5,17-26)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 17levantaram-se o sumo sacerdote e todos os do seu partido — isto é, o partido dos saduceus — cheios de raiva e mandaram prender os apóstolos e lançá-los na cadeia pública.

19Porém, durante a noite, o anjo do Senhor abriu as portas da prisão e os fez sair, dizendo: 20“Ide falar ao povo, no Templo, sobre tudo o que se refere a este modo de viver”. 21Eles obedeceram e, ao amanhecer, entraram no Templo e começaram a ensinar. O sumo sacerdote chegou com seus partidários e convocou o Sinédrio e o Conselho formado pelas pessoas importantes do povo de Israel. Então mandaram buscar os apóstolos na prisão. 22Mas, ao chegarem à prisão, os servos não os encontraram e voltaram dizendo: 23”Encontramos a prisão fechada, com toda segurança, e os guardas estavam a postos na frente da porta. Mas, quando abrimos a porta, não encontramos ninguém lá dentro”.

24Ao ouvirem essa notícia, o chefe da guarda do Templo e os sumos sacerdotes não sabiam o que pensar e perguntavam-se o que poderia ter acontecido. 25Chegou alguém que lhes disse: “Os homens que vós pusestes na prisão estão no Templo ensinando o povo!” 26Então o chefe da guarda do Templo saiu com os guardas e trouxe os apóstolos, mas sem violência, porque eles tinham medo que o povo os atacasse com pedras.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (12/04/2024)

Salmo

Responsório (Sl 33)

— Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido.

— Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, seu louvor estará sempre em minha boca. Minha alma se gloria no Senhor; que ouçam os humildes e se alegrem!

— Comigo engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome! Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, e de todos os temores me livrou.

— Contemplai a sua face e alegrai-vos, e vosso rosto não se cubra de vergonha! Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, e o Senhor o libertou de toda angústia.

— O anjo do Senhor vem acampar ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 3,16-21)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

16Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. 17De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. 18Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho unigênito.

19Ora, o julgamento é este: a luz veio ao mundo, mas os homens preferiram as trevas à luz, porque suas ações eram más. 20Quem pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam denunciadas. 21Mas quem age conforme a verdade aproxima-se da luz, para que se manifeste que suas ações são realizadas em Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Que coisa estranha para ser verdade. Deus Pai enviou o Filho ao mundo para ser Luz para todos nós. Ele é a Luz que dissipa todas as trevas. Mas, de acordo com o Evangelho acima, “as pessoas preferiram as trevas à luz”. Eles preferiram seus próprios pecados à liberdade do pecado. Por que isso?

Como exemplo dessa realidade, basta assistir ao noticiário ou ler o jornal. Parece que 90% do que é noticiado na mídia é uma apresentação sensacionalista da escuridão. Ouvimos falar de um assassinato atrás do outro ou de um escândalo atrás do outro. Por que a mídia se concentra tanto nisso? Porque é o que vende. E por que vende? Porque muitas vezes somos atraídos pela escuridão mais do que pela luz.

Certamente que não é o caso de todos. Muitos estão bastante desinteressados ​​nas trevas do mundo e nos pecados sensacionalistas ao nosso redor. Mas o fato de a escuridão do mal estar tão à frente e no centro o tempo todo deveria nos oferecer um certo aviso sobre nossa natureza humana caída. Nós tendemos a ser arrastados para a lama e muitas vezes somos muito felizes lá.

A Páscoa é um momento para examinar o que você é atraído. Você se deixa levar pela Luz? Você é atraído por aquelas coisas que iluminam o seu dia? Você se sente atraído pelas muitas maneiras pelas quais Deus está presente e ativo no mundo ao seu redor? Espero que você esteja. Mas provavelmente há algum grau de atração pela desordem, pecado e escuridão. Pode haver um conflito interior que todos experimentam. É bom estar ciente disso, identificá-lo como parte de nossa tendência humana decaída e procurar abandonar todo o interesse no caos e no mal ao nosso redor.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santo Estanislau, bispo e mártir - Memória – Quinta-feira (11/04/2024)

Como seguidores de Cristo, somos chamados a manter nossos olhos nEle e somente nEle. Somos chamados a penetrar nas trevas com a nossa fé e deixar que todo o nosso ser seja atraído para Cristo Jesus. Perfeição significa que até nossas paixões e desejos são finalmente atraídos para Cristo como a Luz de nossa vida.

Reflita, hoje, sobre o que mais lhe atrai. Comprometa-se com a Luz nesta Páscoa. Mova seus olhos da tentação de ser atraído e fascinado pelo mal ao nosso redor, para a visão alegre de nosso Senhor Ressuscitado vivo e trabalhando ao nosso redor. Deixe esta Luz guiar sua vida diária.

Oração do Dia

Senhor da Luz, ajuda-me a viver na Tua luz. Ajude-me a manter meus olhos firmemente focados na glória de Sua Ressurreição. Que a alegria desse olhar me guarde das incontáveis ​​distrações do mal ao meu redor. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *