Liturgia Diária – 33ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (15/11/2022)

Salmo do Dia de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 33ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira, 15 de novembro de 2022.

Leia diariamente a Liturgia do Dia em nosso site. Receba a reflexão do Evangelho do Dia em nosso site e acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Apocalipse 3, 1-6.14-22

Leitura do livro do Apocalipse de São João:

Eu, João, ouvi o Senhor que me dizia: 1″Escreve ao anjo da Igreja que está em Sardes: Assim fala aquele que tem os sete espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço a tua conduta. Tens fama de estar vivo, mas estás morto. 2Acorda! Reaviva o que te resta e que estava para se apagar! Pois não acho suficiente aos olhos do meu Deus aquilo que estás fazendo. 3Lembra-te daquilo que tens aprendido e ouvido. Observa-o! Converte-te! Se não estiveres vigilante, eu virei como um ladrão, sem que tu saibas em que hora te vou surpreender! 4Todavia, aí em Sardes existem algumas pessoas que não sujaram a roupa. Estas vão andar comigo, vestidas de branco, pois merecem isso. 5O vencedor vestirá a roupa branca, e não apagarei o seu nome do livro da vida, mas o apresentarei diante de meu Pai e de seus anjos. 6Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às Igrejas. 14Escreve ao anjo da Igreja que está em Laodiceia: Assim fala o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: 15Conheço a tua conduta. Não és frio nem quente. Oxalá fosses frio ou quente! 16Mas, porque és morno, nem frio nem quente, estou para vomitar-te de minha boca. 17Tu dizes: ‘Sou rico e abastado e não careço de nada’, em vez de reconhecer que tu és infeliz, miserável, pobre, cego e nu! 18Dou-te um conselho: compra de mim ouro purificado no fogo, para ficares rico, e vestes brancas, para vestires e não aparecer a tua nudez vergonhosa; e compra também um colírio para curar os teus olhos, para que enxergues. 19Eu repreendo e educo os que eu amo. Esforça-te, pois, e converte-te. 20Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa e tomaremos a refeição, eu com ele e ele comigo. 21Ao vencedor farei sentar-se comigo no meu trono, como também eu venci e estou sentado com meu Pai no seu trono. 22Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às Igrejas”.

Leia mais:  Liturgia Diária – Memória de São Luís Gonzaga, religioso, Sexta-feira (21/06/2024)

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 14 (15)

Ao vencedor, dar-lhe-ei o direito de sentar-se comigo no meu trono.

– “Senhor, quem morará em vossa casa?” É aquele que caminha sem pecado e pratica a justiça fielmente; que pensa a verdade no seu íntimo e não solta em calúnias sua língua.

– Que em nada prejudica o seu irmão nem cobre de insultos seu vizinho; que não dá valor algum ao homem ímpio, mas honra os que respeitam o Senhor.

– Não empresta o seu dinheiro com usura nem se deixa subornar contra o inocente. Jamais vacilará quem vive assim!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 19, 1-10

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Por amor, Deus enviou-nos o seu Filho como vítima por nossas transgressões (1Jo 4,10);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo, 1Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. 2Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico. 3Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia por causa da multidão, pois era muito baixo. 4Então ele correu à frente e subiu numa figueira para ver Jesus, que devia passar por ali. 5Quando Jesus chegou ao lugar, olhou para cima e disse: “Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa”. 6Ele desceu depressa e recebeu Jesus com alegria. 7Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo: “Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!” 8Zaqueu ficou de pé e disse ao Senhor: “Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres e, se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais”. 9Jesus lhe disse: “Hoje a salvação entrou nesta casa, porque também este homem é um filho de Abraão. 10Com efeito, o Filho do homem veio procurar e salvar o que estava perdido”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (19/06/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Que alegria Zaqueu teve ao receber este convite de nosso Senhor. Há três coisas a serem observadas neste encontro.

Primeiro, Zaqueu era visto por muitos como um pecador. Ele era um cobrador de impostos e, portanto, não era respeitado pelo povo. Há pouca dúvida de que isso teria afetado Zaqueu e sido uma tentação para ele se considerar indigno da compaixão de Jesus. Mas Jesus veio precisamente para o pecador. Portanto, verdade seja dita, Zaqueu era o “candidato” perfeito para a misericórdia e compaixão de Jesus.

Segundo, quando Zaqueu testemunhou que Jesus veio até ele e o escolheu dentre todos os presentes para ser o único com quem passar o tempo, ele ficou muito feliz! O mesmo deve acontecer conosco. Jesus nos escolhe e quer estar conosco. Se nos permitirmos ver isso, o resultado natural será a alegria. Você tem alegria com este conhecimento?

Terceiro, como resultado da compaixão de Jesus, Zaqueu mudou sua vida. Ele se comprometeu a dar metade de seus bens aos pobres e a retribuir quatro vezes mais do que qualquer um que ele havia enganado anteriormente. Este é um sinal de que Zaqueu começou a descobrir verdadeiras riquezas. Ele começou a retribuir imediatamente aos outros a bondade e a compaixão que Jesus lhe mostrou.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (20/06/2024)

Reflita, hoje, sobre Zaqueu e veja-se em sua pessoa. Você também é um pecador. Mas a compaixão de Deus é muito mais poderosa do que qualquer pecado. Deixe que Seu amoroso perdão e aceitação de você ofusque qualquer culpa que você possa sentir. E permita que o dom de Sua misericórdia produza misericórdia e compaixão em sua própria vida pelos outros.

Oração do Dia

Amoroso Senhor, volto-me para Ti em meu pecado e imploro por Tua misericórdia e compaixão. Obrigado antecipadamente por derramar Sua misericórdia sobre mim. Que eu receba essa misericórdia com grande alegria e, por sua vez, possa derramar Sua misericórdia sobre os outros. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *