Liturgia Diária – 4ª Semana da Quaresma, Quinta-feira (14/03/2024)

Reflexão do Evangelho do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quinta-feira, 14 de março de 2024.

Receba diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Reflexão do Evangelho do Dia com Homilia Diária e Oração. Leia agora a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Êx 32,7-14)

Leitura do Livro do Êxodo.

Naqueles dias, 7 o Senhor falou a Moisés: “Vai, desce, pois corrompeu-se o teu povo, que tiraste da terra do Egito. 8 Bem depressa desviaram-se do caminho que lhes prescrevi. Fizeram para si um bezerro de metal fundido, inclinaram-se em adoração diante dele e ofereceram-lhe sacrifícios, dizendo: ‘Estes são os teus deuses, Israel, que te fizeram sair do Egito!’”

9 E o Senhor disse ainda a Moisés: “Vejo que este é um povo de cabeça dura. 10 Deixa que minha cólera se inflame contra eles e que eu os extermine. Mas de ti farei uma grande nação”. 11 Moisés, porém, suplicava ao Senhor seu Deus, dizendo: “Por que, ó Senhor, se inflama a tua cólera contra teu povo, que fizeste sair do Egito com grande poder e mão forte? 12 Não permitais, te peço, que os egípcios digam: ‘Foi com má intenção que ele os tirou, para fazê-los perecer nas montanhas e exterminá-los da face da terra’. Aplaque-se a tua ira e perdoa a iniquidade do teu povo.

13 Lembra-te de teus servos Abraão, Isaac e Israel, com os quais te comprometeste por juramento, dizendo: ‘Tornarei os vossos descendentes tão numerosos quanto as estrelas do céu; e toda esta terra de que vos falei, eu a darei aos vossos descendentes como herança para sempre”’. 14 E o Senhor desistiu do mal que havia ameaçado fazer a seu povo.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 105 (106)

Lembrai-vos de nós, ó Senhor, segundo o amor para com vosso povo!

— Construíram um bezerro no Horeb e adoraram uma estátua de metal; eles trocaram o seu Deus, que é sua glória, pela imagem de um boi que come feno.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (18/04/2024)

— Esqueceram-se do Deus que os salvara, que fizera maravilhas no Egito; no país de Cam fez tantas obras admiráveis, no Mar Vermelho, tantas coisas assombrosas.

— Até pensava em acabar com sua raça, se não tivesse Moisés, o seu eleito, interposto, intercedendo junto a ele, para impedir que sua ira os destruísse.

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 5,31-47)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos judeus: 31 “Se eu der testemunho de mim mesmo, meu testemunho não vale. 32 Mas há um outro que dá testemunho de mim, e eu sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro.

33 Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade. 34 Eu, porém, não dependo do testemunho de um ser humano. Mas falo assim para a vossa salvação. 35 João era uma lâmpada que estava acesa e a brilhar, e vós com prazer vos alegrastes por um tempo com sua luz.

36 Mas eu tenho um testemunho maior que o de João; as obras que o Pai me concedeu realizar. As obras que eu faço dão testemunho de mim, mostrando que o Pai me enviou. 37 E também o Pai que me enviou dá testemunho a meu favor. Vós nunca ouvistes sua voz, nem vistes sua face, 38 e sua palavra não encontrou morada em vós, pois não acreditais naquele que ele enviou.

39 Vós examinais as Escrituras, pensando que nelas possuís a vida eterna. No entanto, as Escrituras dão testemunho de mim, 40 mas não quereis vir a mim para ter a vida eterna! 41 Eu não recebo a glória que vem dos homens. 42 Mas eu sei que não tendes em vós o amor de Deus. 43 Eu vim em nome do meu Pai, e vós não me recebeis. Mas, se um outro viesse em seu próprio nome, a este vós o receberíeis.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sábado (20/04/2024)

44 Como podereis acreditar, vós que recebeis glória uns dos outros e não buscais a glória que vem do único Deus? 45 Não penseis que eu vos acusarei diante do Pai. Há alguém que vos acusa: Moisés, no qual colocais a vossa esperança. 46 Se acre­ditásseis em Moisés, também acreditaríeis em mim, pois foi a respeito de mim que ele escreveu. 47 Mas se não acreditais nos seus escritos, como acreditareis então nas minhas palavras?”

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

É bastante normal e saudável que um pai elogie um filho pelo bem que ele faz. Esse reforço positivo saudável é uma forma de ensinar-lhes a importância de fazer o bem e evitar o que está errado. Mas o elogio humano não é um guia infalível do que é certo e errado. Na verdade, quando o louvor humano não se baseia na verdade de Deus, causa grandes danos.

Esta breve citação bíblica acima vem de um longo ensinamento de Jesus sobre a diferença entre o louvor humano e “o louvor que vem somente de Deus”. Jesus deixa claro que a única coisa que tem valor é o louvor que vem somente de Deus. Na verdade, no início deste Evangelho, Jesus diz claramente: “Não aceito elogios humanos…” Por que isso acontece?

Voltando ao exemplo de um pai elogiando um filho pelo bem que ele faz, quando o elogio que ele oferece é realmente um elogio à sua bondade, então isso é muito mais do que um elogio humano. É um louvor de Deus dado através dos pais. O dever dos pais deve ser ensinar o certo e o errado, de acordo com a vontade de Deus.

Quanto ao “louvor humano” de que fala Jesus, este é claramente o louvor de outro que é vazio da veracidade de Deus. Em outras palavras, Jesus está dizendo que se alguém O louvasse por algo que não se originou do Pai Celestial, Ele o rejeitaria. Por exemplo, se alguém dissesse sobre Jesus: “Acho que Ele seria um grande governador da nossa nação porque poderia liderar uma revolta contra a liderança atual”. Obviamente tal “elogio” seria rejeitado.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (19/04/2024)

O ponto principal é que devemos louvar uns aos outros, mas nosso louvor deve ser apenas aquele que se origina de Deus. Nossas palavras devem ser ditas apenas de acordo com a Verdade. Nossa admiração deve ser apenas por aquilo que é a presença de Deus viva nos outros. Caso contrário, se elogiarmos os outros com base em valores mundanos ou egocêntricos, apenas os encorajaremos a pecar.

Reflita hoje sobre os elogios que você dá e recebe. Você permite que elogios equivocados de outras pessoas o desorientem na vida? E quando você elogia outra pessoa, esse louvor é baseado na Verdade de Deus e direcionado para Sua glória? Procure dar e receber louvor somente quando ele estiver fundamentado na Verdade de Deus e direcionar tudo para Sua glória.

Oração do Dia

Meu louvável Senhor, eu Te agradeço e Te louvo por Tua perfeita bondade. Agradeço-Te pela maneira como age em perfeita união com a vontade do Pai. Ajude-me a ouvir apenas a Sua voz nesta vida e a rejeitar todas as vozes enganosas e confusas do mundo. Que meus valores e escolhas sejam guiados por Ti e somente por Ti. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Homilia Diária das palavras do Evangelho depois da sua leitura. Esta homilia é feita em geral por livre interpretação do celebrante.

O ponto mais importante da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *