Liturgia Diária – 4º Domingo do Advento (24/12/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Domingo, 24 de dezembro de 2023.

Receba aqui diariamente o Evangelho de Hoje Comentado da Liturgia em nosso site. Acompanhe o Evangelho do dia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (2Sm 7,1-5.8b-12.14a.16)

Leitura do Segundo Livro de Samuel:

1 Tendo-se o rei Davi instalado já em sua casa e tendo-lhe o Senhor dado a paz, livrando-o de todos os seus inimigos, 2 ele disse ao profeta Natã: “Vê: eu resido num palácio de cedro, e a arca de Deus está alojada numa tenda!”

3 Natã respondeu ao rei: “Vai e faze tudo o que diz o teu coração, pois o Senhor está contigo”.

4 Mas, nessa mesma noite, a palavra do Senhor foi dirigida a Natã nestes termos: 5 “Vai dizer ao meu servo Davi: ‘Assim fala o Senhor: Porventura és tu que construirás uma casa para eu habitar? 8b Fui eu que te tirei do pastoreio, do meio das ovelhas, para que fosses o chefe do meu povo, Israel.

9 Estive contigo em toda a parte por onde andaste, e exterminei diante de ti todos os teus inimigos, fazendo o teu nome tão célebre como o dos homens mais famosos da terra.

10 Vou preparar um lugar para o meu povo, Israel: eu o implantarei, de modo que possa morar lá sem jamais ser inquietado. Os homens violentos não tornarão a oprimi-lo como outrora, 11 no tempo em que eu estabelecia juízes sobre o meu povo, Israel. Concedo-te uma vida tranquila, livrando-te de todos os teus inimigos. E o Senhor te anuncia que te fará uma casa.

12 Quando chegar o fim dos teus dias e repousares com teus pais, então, suscitarei, depois de ti, um filho teu, e confirmarei a sua realeza. 14a Eu serei para ele um pai e ele será para mim um filho.

16 Tua casa e teu reino serão estáveis para sempre diante de mim, e teu trono será firme para sempre”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 88 (89)

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor!

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” E a vossa lealdade é tão firme como os céus.

— “Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, de geração em geração garantirei o teu reinado!

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

— Ele, então, me invocará: ‘Ó Senhor, vós sois meu Pai, sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!’ Guardarei eternamente para ele a minha graça e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel”.

2ª Leitura

Segunda Leitura (Rm 16,25-27)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: 25 Glória seja dada àquele que tem o poder de vos confirmar na fidelidade ao meu evangelho e à pregação de Jesus Cristo, de acordo com a revelação do mistério mantido em sigilo desde sempre.

26 Agora este mistério foi manifestado e, mediante as Escrituras proféticas, conforme determinação do Deus eterno, foi levado ao conhecimento de todas as nações, para trazê-las à obediência da fé.

27 A ele, o único Deus, o sábio, por meio de Jesus Cristo, a glória, pelos séculos dos séculos. Amém!

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Lc 1,26-38)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Eis a serva do Senhor; cumpra-se em mim a tua palavra! (Lc 1,38)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 26 o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27 a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria. 28 O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!”

29 Maria ficou perturbada com essas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30 O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”.

34 Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?”

35 O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36 Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37 porque para Deus nada é impossível”. 38 Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Que experiência incrível teria sido. Esta humilde serva de Deus, uma jovem, foi visitada pelo Arcanjo Gabriel e saudada com a saudação: “Salve, cheia de graça! O Senhor está com você.” Tente imaginar a experiência dela. Ela era humilde além da compreensão, cheia de todas as virtudes celestiais, amava a Deus de todo o coração e de repente ficou cara a cara com este glorioso e magnífico Arcanjo. E este visitante celestial derramou os mais profundos louvores sobre este humilde servo do Senhor.

A princípio, na sua humildade, Maria simplesmente ponderou esta saudação. Ela ponderou isso em seu coração através da oração e da fé. Então o Arcanjo falou ainda: “Não tenha medo, Maria, pois você encontrou graça diante de Deus. Eis que você conceberá em seu ventre e dará à luz um filho, e lhe dará o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai, e ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e seu reino não terá fim”. Embora Maria perguntasse mais sobre como isso poderia acontecer, ela rapidamente deu seu consentimento: “Eis que sou a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra.” E foram estas palavras desta jovem que ecoaram continuamente no seu coração durante toda a sua vida.

Mãe Maria foi ótima por muitos motivos. Ela era a Imaculada Conceição – aquela concebida singularmente sem pecado no ventre de sua própria mãe. Ela foi a escolhida pelo Pai para dar à luz o Salvador do Mundo como seu Filho unigênito. Mas a sua grandeza reside especialmente na sua submissão contínua à vontade de Deus. “Faça-se em mim segundo a tua palavra.” Isso é o que ela disse repetidamente ao longo de sua vida. Este é o seu “fiat” perfeito para o seu Deus. Tudo o que ela sabia era entrega e submissão a tudo o que Deus lhe pedia. E foi isto, mais do que qualquer outra coisa, que fez dela a digna Mãe de Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sábado (24/02/2024)

Embora nenhum de nós tenha sido concebido imaculadamente no ventre de nossa mãe e nenhum de nós tenha permanecido sem pecado durante toda a vida, todos devemos nos esforçar para sermos inspirados por esta mulher santa. Todos devemos ponderar sobre a sua profunda humildade e a sua aceitação voluntária da vontade de Deus na sua vida. E todos devemos esforçar-nos por imitar o seu decreto e a sua virtude perfeita.

A imitação de nossa Mãe Santíssima é realizada primeiro conhecendo-a, compreendendo-a e amando quem ela é. Contemplar a sua beleza interior e a sua santidade apresenta-nos a visão da perfeição a que todos somos chamados. Ao contemplarmos com oração o seu coração e compreendermos mais claramente as suas virtudes, seremos inspirados a abrir os nossos próprios corações para imitá-la pela graça de Deus. Este exercício orante é um dos melhores e mais rápidos caminhos para alcançar os cumes de santidade aos quais Deus nos chamou.

Reflita hoje sobre esta santa filha do Altíssimo. Ela não é alguém que possamos “descobrir”. Em vez disso, ela é alguém que podemos conhecer através da oração e da inspiração de Deus. Reflita sobre ela em espírito de oração. Esteja aberto à inspiração dela. E deixa que o Espírito Santo também te ofusque, para que possas imitá-la mais de perto nas suas santas virtudes.

Oração do Dia

Minha querida Mãe, você viveu uma vida de perfeita virtude e santidade. Você ponderou continuamente os mistérios de Deus em seu coração e sempre se rendeu à vontade de Deus com perfeição. Por favor, inspire-me para que eu possa não apenas aprender com você, mas também ser capaz de compartilhar a influência do Espírito Santo que lhe foi dada. Mãe Maria, rogai por nós. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada em todas as missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outros momentos ou celebrações católicas.

A igreja celebra o Mistério de Cristo todos os dias do ano, e seu ponto mais importante é o domingo. Neste dia, os católicos vão à missa como maneira de cumprir um dos Cinco Mandamentos.

Sendo assim, a Liturgia é a ação em unidade do povo de Deus. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária costuma ser comentada por seu celebrante.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.