Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 5ª Semana Comum, Quarta-feira (09/02)

Liturgia Diária de quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022.

Receba diariamente a Liturgia do Dia em nosso site. Primeira Leitura, Salmo de Hoje e Evangelho do dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (1Rs 10,1-10)

Leitura do Primeiro Livro dos Reis.

1Naqueles dias, a rainha de Sabá, tendo ouvido falar – para a glória do Senhor – da fama de Salomão, veio prová-lo com enigmas. 2Chegou a Jerusalém com numerosa comitiva, com camelos carregados de aromas, e enorme quantidade de ouro e pedras preciosas. Apresentou-se ao rei Salomão e expôs-lhe tudo o que tinha em seu pensamento.

3Salomão soube responder a todas as suas perguntas: para ele nada houve tão obscuro que não pudesse esclarecer. 4Quando a rainha de Sabá viu toda a sabedoria de Salomão, a casa que tinha construído, 5os manjares da sua mesa, os cortesãos sentados em ordem à mesa, as diversas classes dos que o serviam e suas vestes, os copeiros, os holocaustos que ele oferecia no templo do Senhor, ficou pasmada e disse ao rei:

6“Realmente era verdade o que eu ouvi no meu país a respeito de tuas palavras e de tua sabedoria! 7Eu não queria acreditar no que diziam, até que vim e vi com os meus próprios olhos, e reconheci que não me tinham dito nem a metade. Tua sabedoria e tua riqueza são muito maiores do que a fama que chegara aos meus ouvidos. 8Feliz a tua gente, felizes os teus servos que gozam sempre da tua presença e que ouvem a tua sabedoria! 9Bendito seja o Senhor, teu Deus, a quem agradaste, que te colocou sobre o trono de Israel, porque o Senhor amou Israel para sempre, e te constituiu rei para governares com justiça e equidade”.

10Depois, ela deu ao rei cento e vinte talentos de ouro e grande quantidade de aromas e pedras preciosas. Nunca mais foi trazida tanta quantidade de aromas como a que a rainha de Sabá deu ao rei Salomão.

Leia mais:  Liturgia Diária - Quinta-feira, 18ª Semana do Tempo Comum, 05/08/2021

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 36)

— O justo tem nos lábios o que é sábio.

— Deixa aos cuidados do Senhor o teu destino; confia nele, e com certeza ele agirá. Fará brilhar tua inocência como a luz, e o teu direito, como o sol do meio-dia.

— O justo tem nos lábios o que é sábio, sua língua tem palavras de justiça; traz a Aliança do seu Deus no coração, e seus passos não vacilam no caminho.

— A salvação dos piedosos vem de Deus; ele os protege nos momentos de aflição. O Senhor lhes dá ajuda e os liberta, defende-os e protege-os contra os ímpios, e os guarda porque nele confiaram.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mc 7,14-23)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 14Jesus chamou a multidão para perto de si e disse: “Escutai todos e compreendei: 15o que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior. 16Quem tem ouvidos para ouvir ouça”.

17Quando Jesus entrou em casa, longe da multidão, os discípulos lhe perguntaram sobre essa parábola. 18Jesus lhes disse: “Será que nem vós compreendeis? Não entendeis que nada do que vem de fora e entra numa pessoa pode torná-la impura, 19porque não entra em seu coração, mas em seu estômago e vai para a fossa?” Assim Jesus declarava que todos os alimentos eram puros.

20Ele disse: “O que sai do homem, isso é que o torna impuro. 21Pois é de dentro do coração humano que saem as más intenções, imoralidades, roubos, assassínios, 22adultérios, ambições desmedidas, maldades, fraudes, devassidão, inveja, calúnia, orgulho, falta de juízo. 23Todas estas coisas más saem de dentro e são elas que tornam impuro o homem”.

Leia mais:  Liturgia Diária - quinta-feira, 10/09/2020

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Por outro lado, o que vem de dentro é o que torna uma pessoa santa!

Muitas vezes, estamos mais preocupados com o que está do lado de fora do que com o que está dentro. Muitas vezes nos preocupamos excessivamente com a forma como somos percebidos pelos outros, nossa aparência ou qual é a nossa reputação aos olhos do mundo. Este Evangelho aborda especificamente a acusação dos fariseus de que comer certos alimentos contamina alguém. Jesus não está comprando isso. Ele está apontando nossa atenção para nossos corações. O que há em nossos corações? E o que é que sai do coração? Isso é o que nos torna quem somos.

Embora isso lide com as preocupações de que certos alimentos possam contaminar, também lida com muito mais. Ele aborda a tendência de observâncias puramente externas da lei de Deus. Assim, aborda a tendência dos fariseus de se preocuparem excessivamente com a forma como são percebidos pelos outros. Sua observância externa da lei revela o fato de que eles parecem estar excessivamente preocupados com o que os outros pensam sobre eles e com o que os outros dizem sobre eles. Eles querem parecer santos. Eles querem parecer que estão além da menor das indiscrições. Mas é tudo aparência e não realidade.

Por isso, Jesus coloca a atenção no interno. Deus vê o que está em nossos corações. Mesmo que ninguém mais veja isso, nunca devemos esquecer o fato de que Deus vê tudo. Isso é tudo que importa. Aquilo que está em nossos corações pode nos causar um grande dano ou fazer um grande bem. Há aqueles que, na percepção do público, estão muito equivocados. Mas, da perspectiva de Deus, eles estão bem no alvo. Por outro lado, há aqueles na opinião pública que são estrelas brilhantes, mas da perspectiva de Deus estão muito errados. Há apenas uma coisa que importa: O que Deus pensa?

Leia mais:  Liturgia Diária - Sexta-feira, 32ª Semana do Tempo Comum, 12/11/2021

Reflita, hoje, sobre o que está dentro do seu coração. Essa introspecção também deve desafiá-lo a olhar para suas motivações. Por que você faz o que faz e por que toma as decisões que toma? São escolhas que vêm de um coração honesto e sincero? Ou são escolhas que se baseiam mais em como você será percebido? Espero que seus motivos sejam puros. E esperamos que esses motivos puros venham de um coração que está profundamente unido ao coração de Cristo.

Oração do Dia

Senhor de toda pureza, por favor, faça meus motivos puros. Ajude-me a viver apenas com um coração puro. Ajude-me a sempre perceber que a santidade é encontrada apenas em servir a Ti e não em servir à minha imagem pública. Eu te amo meu Senhor. Jesus eu confio em vós!

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.