Liturgia Diária – 5º Domingo do Tempo Comum (05/02/2023)

Salmo do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária do 5º Domingo do Tempo Comum, 5 de fevereiro de 2023.

Leia diariamente a Liturgia do Dia aqui no Mundo dos Católicos. Primeira Leitura e o Evangelho do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Isaías 58, 7-10

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

Assim diz o Senhor: 7Reparte o pão com o faminto, acolhe em casa os pobres e peregrinos. Quando encontrares um nu, cobre-o, e não desprezes a tua carne. 8Então, brilhará tua luz como a aurora e tua saúde há de recuperar-se mais depressa; à frente caminhará tua justiça e a glória do Senhor te seguirá. 9Então invocarás o Senhor e ele te atenderá, pedirás socorro, e ele dirá: ‘Eis-me aqui’. Se destruíres teus instrumentos de opressão, e deixares os hábitos autoritários e a linguagem maldosa; 10se acolheres de coração aberto o indigente e prestares todo o socorro ao necessitado, nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 111 (112)

– Uma luz brilha nas trevas para o justo, permanece para sempre o bem que fez.

– Ele é correto, generoso e compassivo, como luz brilha nas trevas para os justos. Feliz o homem caridoso e prestativo, que resolve seus negócios com justiça.

– Porque jamais vacilará o homem reto, sua lembrança permanece eternamente! Ele não teme receber notícias más: confiando em Deus, seu coração está seguro.

– Seu coração está tranqüilo e nada teme Ele reparte com os pobres os seus bens, permanece para sempre o bem que fez e crescerão a sua glória e seu poder.

2ª Leitura

Segunda leitura: Coríntios 2, 1-5

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

1Irmãos, quando fui à vossa cidade anunciar-vos o mistério de Deus, não recorri a uma linguagem elevada ou ao prestígio da sabedoria humana. 2Pois, entre vós, não julguei saber coisa alguma, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado. 3Aliás, eu estive junto de vós, com fraqueza e receio, e muito tremor. 4Também a minha palavra e a minha pregação não tinham nada dos discursos persuasivos da sabedoria, mas eram uma demonstração do poder do Espírito, 5para que a vossa fé se baseasse no poder de Deus e não na sabedoria dos homens.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (18/04/2024)

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 5, 13-16

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Pois eu sou a luz do mundo, quem nos diz é o Senhor; e vai ter a luz da vida quem se faz meu seguidor (Jo 8,12):

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 13Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens. 14Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte. 15Ninguém acende uma lâmpada, e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim, num candeeiro, onde brilha para todos que estão na casa. 16Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Todos nós já experimentamos um momento em que as luzes se apagaram e estávamos na escuridão. Nesse caso, se você acender uma vela e colocá-la no centro da sala, sua luz fará muita diferença. Uma vela em uma sala escura transforma essa sala, tornando-a uma habitação mais confortável.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sábado (20/04/2024)

Usando essa imagem, considere a primeira linha da metáfora de Jesus acima. “Você é a luz do mundo.” Tente se ver como aquela única vela na escuridão. Essa é a sua missão. Assim como uma única vela pode iluminar uma sala inteira, você também é capaz de ser uma fonte de luz para muitas outras pessoas.

Uma das principais missões que todos recebemos na vida é permitir que a luz da graça de Deus “brilhe diante dos outros”. O resultado do cumprimento dessa missão é que outros verão nossas boas ações que foram inspiradas por Deus e, por sua vez, glorificarão o Pai Celestial. Assim, sua missão de irradiar a luz de Cristo para os outros resulta em Deus sendo louvado e glorificado.

Esta declaração completa de Jesus é especialmente útil para considerar quando lutamos contra o orgulho. O orgulho é uma forma de apontar para nós mesmos. É um ato de egoísmo pelo qual nos colocamos no centro das atenções como forma de tentar ser objeto de elogios alheios. Mas o que Jesus nos diz é que, quando cumprirmos corretamente nosso papel de ser a luz do mundo, quando irradiarmos a Luz de Cristo, outros serão inspirados não a nos louvar, mas a glorificar a Deus enquanto Ele age por meio de nós. Esta é uma grande diferença.

Dito isso, a beleza de Deus ser glorificado é que muitas vezes Deus quer que compartilhemos dessa glória. Isso significa que se você fizer um ato de caridade para o outro, e eles forem profundamente gratos a você e agradecerem, o “obrigado” deles é um ato de glorificação de Deus quando é entendido que você agiu por amor a Deus. Deus é louvado quando nós, Seus filhos, damos e recebemos amor e honra uns aos outros por causa de nossa fé.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (19/04/2024)

Reflita, hoje, sobre duas coisas. Primeiro, pense naqueles sobre quem Deus o chamou para brilhar Sua luz. Quem é em sua vida que precisa de um ato de amor, caridade, misericórdia, perdão ou compaixão? Comprometa-se a se tornar a luz de Deus para eles em sua escuridão. Em segundo lugar, pense naqueles que fizeram brilhar a Luz de Cristo sobre você. Quando isso aconteceu, como você reagiu? Espero que sua resposta tenha sido uma gratidão que não apenas retribua o amor ao outro, mas também glorifique a Deus por meio de sua gratidão. Seja a luz do mundo para um mundo necessitado e busque essa luz enquanto ela brilha intensamente através dos outros. Esta é a única maneira de sair da escuridão que constantemente tenta nos permear.

Oração do Dia

Senhor, Tu és a verdadeira Luz que dissipa todas as trevas da vida. Tu és a Luz da minha vida e brilha intensamente para todos verem. Ajude-me a ver Sua luz brilhando sobre os outros e a glorificá-lo por esse dom. E ajuda-me a ser um instrumento da Tua luz para aqueles que mais precisam. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *