Liturgia Diária – 6ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (17/02/2023)

Liturgia Diária de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 6ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira, 17 de fevereiro de 2023.

Receba diariamente a Liturgia Diária Comentada dos Católicos em nosso portal. Acompanhe as Leituras de Evangelho do dia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Gênesis 11, 1-9

Leitura do Livro do Gênesis:

1Toda a terra tinha uma só linguagem e servia-se das mesmas palavras. 2E aconteceu que, partindo do oriente, os homens acharam uma planície na terra de Senaar, e ali se estabeleceram. 3E disseram uns aos outros: ‘Vamos, façamos tijolos e cozamo-los ao fogo’. Usaram tijolos em vez de pedra, e betume em lugar de argamassa. 4E disseram: ‘Vamos, façamos para nós uma cidade e uma torre cujo cimo atinja o céu. Assim, ficaremos famosos, e não seremos dispersos por toda a face da terra’. 5Então o Senhor desceu para ver a cidade e a torre que os homens estavam construindo. 6E o Senhor disse: ‘Eis que eles são um só povo e falam uma só língua. E isto é apenas o começo de seus empreendimentos. Agora, nada os impedirá de fazer o que se propuserem. 7Desçamos e confundamos a sua língua, de modo que não se entendam uns aos outros’. 8E o Senhor os dispersou daquele lugar por toda a superfície da terra, e eles cessaram de construir a cidade. 9Por isso, foi chamada Babel, porque foi lá que o Senhor confundiu a linguagem de todo o mundo, e de lá dispersou os homens por toda a terra.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 32 (33)

– Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança!

– O Senhor desfaz os planos das nações e os projetos que os povos se propõem. Mas os desígnios do Senhor são para sempre, e os pensamentos que ele traz no coração, de geração em geração, vão perdurar.

– Feliz o povo cujo Deus é o Senhor, e a nação que escolheu por sua herança! Dos altos céus o Senhor olha e observa; ele se inclina para olhar todos os homens.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santo Estanislau, bispo e mártir - Memória – Quinta-feira (11/04/2024)

– Ele contempla do lugar onde reside e vê a todos os que habitam sobre a terra. Ele formou o coração de cada um e por todos os seus atos se interessa.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 8,34-9,1

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Eu vos chamo meus amigos, pois vos dei a conhecer o que o Pai me revelou (Jo 15,15):

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:

Naquele tempo: 34Chamou Jesus a multidão com seus discípulos e disse: ‘Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. 35Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; mas quem perder a sua vida por causa de mim e do Evangelho, vai salvá-la. 36Com efeito, de que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, se perde a própria vida? 37E o que poderia o homem dar em troca da própria vida? 38Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras diante dessa geração adúltera e pecadora, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na glória do seu Pai com seus santos anjos.’ 9,1Disse-lhes Jesus: ‘Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão, não morrerão sem antes terem visto o Reino de Deus chegar com poder.’

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Esta pergunta curta e direta merece muita meditação. No Evangelho de Marcos, esta linha está inserida no contexto do ensinamento de Jesus sobre os requisitos para ser Seu discípulo. E vem depois que Jesus começou a ensinar explicitamente que Ele próprio sofreria e morreria como o Cristo.

Pense sobre esta pergunta acima, começando com a primeira parte da pergunta. “De que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro…” Você quer ganhar o mundo inteiro? Para a maioria das pessoas, essa possibilidade é bastante atraente. “Ganhar o mundo inteiro” é ganhar tudo o que este mundo tem a oferecer. Imagine receber uma oferta de riqueza ilimitada neste mundo. E se você ganhasse o maior prêmio que qualquer loteria já ofereceu e muito mais? E se você pudesse ter lindas mansões ao redor do mundo, seu próprio jato particular, todas as conveniências modernas, o carro mais caro e a capacidade de fazer o que quisesse pelo resto da vida? Isso é atraente? Certamente é em um nível superficial. Mas também é uma sedução muito enganosa, porque tudo isso não poderia torná-lo mais feliz ou mais realizado do que você já é.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

A segunda parte desta questão também é fácil de responder. Você gostaria de perder sua vida? Certamente não. Assim, Jesus oferece duas declarações contrastantes em uma frase. A maioria das pessoas gostaria de ganhar o mundo inteiro, mas nunca perderia a vida. Jesus estabelece esse contraste como uma forma de nos dizer muito claramente que não podemos desejar um sem também escolher o outro. Em outras palavras, se o desejo do seu coração é pelas riquezas deste mundo, então você realmente perde sua própria vida na medida em que cede a esse desejo. Pelo contrário, se você escolher a salvação de sua alma, então você deve abrir mão do desejo pelas riquezas e seduções deste mundo. Você não pode desejar e escolher ambos.

Dito isso, pode haver uma alma muito rara que tenha muitas coisas neste mundo, mas não tenha nenhum apego a elas. Vivem completamente desapegados das coisas deste mundo, encontrando a verdadeira satisfação somente em Deus e na Sua santa vontade, tornando-se indiferentes a quaisquer coisas materiais que possuam. Claro, esta é uma disposição interior muito difícil para alguém chegar quando já acumulou muita riqueza.

Alternativamente, existem aqueles neste mundo que têm muito pouco. Eles são realmente pobres no sentido literal. Porém, passam os dias sonhando com riquezas e cobiçando tudo o que não possuem. Infelizmente, essa pobre alma é, de fato, tão apegada materialmente quanto aquela que fez da riqueza o objetivo e o foco da vida. E esse apego interior fará um grande dano espiritual.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (12/04/2024)

Reflita, hoje, sobre esta pergunta de Jesus: “de que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, se perde a própria vida?” Use essa pergunta como fonte de oração, meditação e autoexame. Tente ser honesto sobre seus desejos. Se você acha que passa muito tempo sonhando acordado com riquezas, preste atenção especial a esta questão. A vida em sua plenitude nunca pode ser obtida por meio desses desejos ou da satisfação desses desejos. Deus e só Deus cumpre. Busque a Deus acima de tudo e você descobrirá que nada do que este mundo tem a oferecer chega perto das riquezas do Reino de Deus.

Oração do Dia

Senhor, Tu e somente Tu és a fonte de realização na vida. Por favor, purifique meus desejos para que eu deseje apenas a Ti e Sua santa vontade. Liberte-me de todo engano e falsa tentação da vida para que eu encontre satisfação somente em Ti. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A palavra “liturgia” já era comum nos tempos antigos, mas foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser usada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos a seguir.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é dividida em 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, podem haver duas ou mais Leituras também.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *