Liturgia Diária – 7ª Semana Comum, Sexta-feira (25/02)

Liturgia Diária de sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Homilia do evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Tg 5,9-12)

Leitura da Carta de São Tiago.

9Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para que não sejais julgados. Eis que o juiz está às portas. 10Irmãos, tomai por modelo de sofrimento e firmeza os profetas, que falaram em nome do Senhor. 11Repa­rai que consideramos como bem-aventurados os que perseveraram. Ouvistes falar da perseverança de Jó e conheceis o êxito que o Senhor lhe deu — pois o Senhor é rico em misericórdia e compassivo. 12Sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outra forma de juramento. Antes, que o vosso sim seja sim, e o vosso não, não. Então não estareis sujeitos a julgamento.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 102)

— O Senhor é indulgente, é favorável.

— Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e todo o meu ser, seu santo nome! Bendize, ó minha alma, ao Senhor, não te esqueças de nenhum de seus favores!

— Pois ele te perdoa toda a culpa, e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida e te cerca de carinho e compaixão.

— O Senhor é indulgente, é favorável, é paciente, é bondoso e compassivo. Não fica sempre repetindo as suas queixas, nem guarda eternamente o seu rancor.

Leia mais:  Liturgia Diária - 15º Domingo do Tempo Comum, 11/07/2021

— Quanto os céus por sobre a terra se elevam, tanto é grande o seu amor aos que o temem; quanto dista o nascente do poente, tanto afasta para longe nossos crimes.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mc 10,1-12)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus foi para o território da Judeia, do outro lado do rio Jordão. As multidões se reuniram de novo, em torno de Jesus. E ele, como de costume, as ensinava. 2Alguns fariseus se aproximaram de Jesus. Para pô-lo à prova, perguntaram se era permitido ao homem divorciar-se de sua mulher.3Jesus perguntou: “O que Moisés vos ordenou?” 4Os fariseus responderam: “Moisés permitiu escrever uma certidão de divórcio e despedi-la”. 5Jesus então disse: “Foi por causa da dureza do vosso coração que Moisés vos escreveu este mandamento. 6No entanto, desde o começo da criação, Deus os fez homem e mulher. 7Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e os dois serão uma só carne. 8Assim, já não são dois, mas uma só carne. 9Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe!”

10Em casa, os discípulos fizeram, novamente, perguntas sobre o mesmo assunto. 11Jesus respondeu: “Quem se divorciar de sua mulher e casar com outra, cometerá adultério contra a primeira. 12E se a mulher se divorciar de seu marido e casar com outro, cometerá adultério”.

Leia mais:  Evangelho do Dia - domingo, 19/07/2020

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Os fariseus estavam constantemente tentando prender Jesus. Embora este seja um fato triste, ele nos ensina uma lição sobre buscar a verdade.

Um dos objetivos mais básicos pelos quais devemos lutar na vida é buscar a verdade. Devemos procurar conhecer a verdade e, então, permitir que essa verdade nos liberte. Em um nível, os fariseus estavam buscando a verdade. Eles fizeram uma pergunta a Jesus sobre a Lei de Moisés e Sua interpretação dessa lei. Embora seja bom fazer tal pergunta e buscar uma resposta de Jesus, há uma distinção sutil que devemos fazer.

A distinção tem a ver com o motivo do solicitante. Nesse caso, os fariseus estavam fazendo uma pergunta a Jesus não porque buscassem a verdade; em vez disso, eles estavam perguntando com a intenção de trapaça e manipulação. Eles estavam procurando qualquer coisa que pudessem para tentar prender Jesus e condená-lo. A maneira muito melhor de fazer uma pergunta a Jesus é ir a Ele por duas razões.

Primeiro, devemos ir a Ele fazendo perguntas porque humildemente acreditamos que Ele é a fonte de toda a Verdade. Isso requer humildade porque requer que reconheçamos que Jesus sabe melhor. Ele tem a resposta, uma resposta melhor do que nós.

Em segundo lugar, quando fazemos uma pergunta a Jesus, devemos examinar nossa motivação. Felizmente, nossa motivação consiste no único fato que queremos saber. Passamos a acreditar que Ele é a fonte da verdade e, portanto, nos voltamos para Ele para que possamos entender. Assim, não apenas acreditamos humildemente que Ele tem as respostas, mas também desejamos conhecê-las sinceramente. Essa forma de coração inquisitivo e aberto nos dispõe a receber tudo o que Ele nos diz, como se fôssemos terra seca pronta para absorver uma chuva suave.

Leia mais:  Evangelho do Dia - sábado, 17/10/2020

Reflita, hoje, se você coloca regularmente todas as suas perguntas na vida diante de nosso Senhor. Se você fizer isso, examine sua motivação. Esforce-se para ter um coração humilde que deseja receber a pura verdade da fonte que é a própria Verdade.

Oração do Dia

Meu verdadeiro Senhor, volto-me para Ti como a fonte de toda a Verdade. Ensina-me os teus caminhos e enche-me com a tua sabedoria. Ajuda-me a compreender a vida como Tu a vês e, nessa compreensão, ajuda-me a abraçar a Tua santa vontade. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo um rito que traz uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (02/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.