Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – Santo Antônio de Pádua, Segunda-feira (13/06/2022)

Liturgia Diária de segunda-feira, 13 de junho de 2022.

Acompanhe diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Salmo do dia e a Reflexão do Evangelho de Hoje com reflexão. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Leitura (1 Reis 21,1-16)

Leitura do primeiro livro dos Reis.

1 Passado tudo isso, aconteceu o seguinte: Nabot de Jezrael possuía uma vinha nessa cidade, ao lado do palácio de Acab, rei de Samaria.

2 Acab disse a Nabot: “Cede-me tua vinha, para que eu a transforme numa horta, porque está junto de minha casa. Dar-te-ei em troca uma vinha melhor, ou se o preferires, pagar-te-ei em dinheiro o seu valor”.

3 Nabot, porém, respondeu a Acab: “Deus me livre de ceder-te a herança de meus pais!”

4 Acab voltou para a sua casa sombrio e irritado, por ter Nabot de Jezrael recusado ceder-lhe a herança de seus pais. Estendeu-se na cama com o rosto voltado para a parede, e não quis comer.

5 Jezabel, sua mulher, veio ter com ele e disse-lhe: “Por que estás de mau humor e não queres comer?”

6 Ele respondeu: “Falei a Nabot de Jezrael, propondo-lhe que me vendesse a sua vinha, ou, se o preferisse, que a trocasse comigo por outra melhor; mas ele respondeu-me: ‘Não te cederei a minha vinha’”.

7 Jezabel, sua mulher, disse-lhe: “Não és tu, porventura, o rei de Israel? Vamos! Come, não te incomodes. Eu te darei a vinha de Nabot de Jezrael”.

8 Escreveu ela, então, uma carta em nome do rei, selou-a com o selo real, e mandou-a aos anciãos e aos notáveis da cidade, concidadãos de Nabot.

9 Eis o que dizia na carta: “Promulgai um jejum, fazei sentar Nabot num lugar de honra,

10 e mandai vir diante dele dois homens inescrupulosos que o acusem, dizendo: ‘Este amaldiçoou a Deus e ao rei’. – Conduzi-o em seguida para fora da cidade e apedrejai-o até que morra!”

Leia mais:  Evangelho do Dia - sexta-feira, 12/02/2021

11 Os homens da cidade, os anciãos e os notáveis, concidadãos de Nabot, fizeram o que ordenava Jezabel, segundo o conteúdo da carta que lhes tinha mandado.

12 Promulgaram um jejum e fizeram Nabot sentar-se num lugar de honra.

13 Vieram então os dois miseráveis, colocaram-se diante dele e fizeram publicamente a deposição seguinte contra ele: “Nabot amaldiçoou a Deus e ao rei”. Depois disto, levaram-no para fora da cidade, onde foi apedrejado e morreu.

14 E mandaram dizer a Jezabel: “Nabot foi apedrejado e morto”.

15 Quando ela soube que Nabot fora apedrejado e morto, foi dizer a Acab: “Vai e toma posse da vinha que Nabot de Jezrael te recusara vender. Ele já não vive; está morto”.

16 Acab, tendo ouvido dizer que Nabot morrera, levantou-se e dirigiu-se para a sua vinha, para tomar posse dela.

Palavra do Senhor.

Salmo

Atendei o meu gemido, ó Senhor!

– Escutai, ó Senhor Deus, minhas palavras,

atendei o meu gemido!

Ficai atento ao clamor da minha prece,

ó meu rei e meu Senhor!

– Não sois um Deus a quem agrade a iniquidade,

não pode o mau morar convosco;

nem os ímpios poderão permanecer

perante os vossos olhos.

– Detestais o que pratica a iniquidade

e destruís o mentiroso.

Ó Senhor, abominais o sanguinário,

o perverso e enganador.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mateus 5,38-42)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Vossa palavra é uma luz para os meus passos e uma lâmpada luzente em meu caminho (Sl 118,105).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

5 38 Disse Jesus: “Tendes ouvido o que foi dito: ‘Olho por olho, dente por dente’.

39 Eu, porém, vos digo: não resistais ao mau. Se alguém te ferir a face direita, oferece-lhe também a outra.

Leia mais:  Liturgia Diária - segunda-feira, 15/02/2021

40 Se alguém te citar em justiça para tirar-te a túnica, cede-lhe também a capa.

41 Se alguém vem obrigar-te a andar mil passos com ele, anda dois mil.

42 Dá a quem te pede e não te desvies daquele que te quer pedir emprestado”.

Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Este é um ensinamento difícil de abraçar!

Jesus realmente quis dizer isso? Muitas vezes, quando colocados na situação em que alguém nos prejudica ou nos fere, podemos tender a racionalizar imediatamente essa passagem do Evangelho e presumir que ela não se aplica a nós. Sim, é um ensinamento difícil de acreditar e ainda mais difícil de viver.

O que significa “dar a outra face”? Primeiro, devemos olhar para isso em um nível literal. Jesus quis dizer o que Ele disse. Ele é o exemplo perfeito disso. Não só Ele foi esbofeteado na bochecha, Ele também foi brutalmente espancado e pendurado em uma cruz. E Sua resposta foi: “Pai, perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem”. Portanto, Jesus não nos chama para fazer nada que Ele mesmo não estivesse disposto a fazer.

Dar a outra face não significa que precisamos encobrir as ações ou palavras abusivas de outra pessoa. Não devemos fingir que eles não fizeram nada de errado. O próprio Jesus, perdoando e pedindo perdão ao Pai, reconheceu a grave injustiça que recebeu das mãos dos pecadores. Mas a chave é que Ele não se deixou levar pela malícia deles.

Muitas vezes, quando sentimos que outro joga lama em nós, por assim dizer, somos tentados a jogá-la de volta. Somos tentados a lutar e empurrar o valentão para trás. Mas a chave para superar a malícia e a crueldade do outro é se recusar a ser arrastado para a lama. Dar a outra face é uma maneira de dizer que nos recusamos a nos rebaixar a brigas ou discussões tolas. Recusamo-nos a envolver a irracionalidade quando a encontramos. Em vez disso, optamos por permitir que outro revele sua malícia para si mesmo e para os outros, aceitando-a pacificamente e perdoando.

Leia mais:  Evangelho do Dia - 3º Domingo da Quaresma, 07/03/2021

Isso não quer dizer que Jesus quer que vivamos perpetuamente em relacionamentos abusivos que são mais do que podemos lidar. Mas isso significa que todos nós encontraremos injustiça de tempos em tempos e precisamos lidar com isso com misericórdia e perdão imediato, e não sermos atraídos a devolver malícia com mais malícia.

Reflita, hoje, sobre quaisquer relacionamentos que sejam difíceis para você. Reflita especialmente sobre o quão pronto você está para perdoar e oferecer a outra face. Fazer isso pode trazer a paz e a liberdade que você procura nesse relacionamento.

Oração do Dia

Meu Senhor perdoador, ajuda-me a imitar Tua grande misericórdia e perdão. Ajude-me a perdoar aqueles que me feriram e me ajude a superar qualquer injustiça que encontrar. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.