Liturgia Diária – São Bento, abade – Memória, Terça-feira (11/07/2023)

Homilia de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Terça-feira, 11 de julho de 2023.

Leia a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho e Oração do dia. Receba a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Gênesis 32, 23-33

Leitura do livro dos Gênesis:

Naqueles dias: 23Jacó levantou-se ainda de noite, tomou suas duas mulheres, as duas escravas e os onze filhos, e passou o vau do Jaboc. 24Depois de tê-los ajudado a passar a torrente, e atravessar tudo o que lhe pertencia, 25Jacó ficou só. E eis que um homem se pôs a lutar com ele até o raiar da aurora. 26Vendo que não podia vencê-lo, este tocou-lhe o nervo da coxa e logo o tendão da coxa de Jacó se deslocou, enquanto lutava com ele. 27O homem disse a Jacó: ‘Larga-me, pois já surge a aurora’. Mas Jacó respondeu: ‘Não te largarei, se não me abençoares’. 28O homem perguntou-lhe: ‘Qual é o teu nome?’ Respondeu: ‘Jacó’. 29Ele lhe disse: ‘De modo algum te chamarás Jacó, mas Israel; porque lutaste com Deus e com os homens e venceste’. 30Perguntou-lhe Jacó: ‘Dize-me, por favor, o teu nome’. Ele respondeu: ‘Por que perguntas o meu nome?’ E ali mesmo o abençoou. 31Jacó deu a esse lugar o nome de Fanuel, dizendo: ‘Vi Deus face a face e foi poupada a minha vida’. 32Surgiu o sol quando ele atravessava Fanuel; e ia mancando por causa da coxa. 33Por isso os filhos de Israel não comem até hoje o nervo da articulação da coxa, pois Jacó foi ferido nesse nervo.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 16 (17)

– Verei, justificado, vossa face, ó Senhor!

– Ó Senhor, ouvi a minha justa causa, escutai-me e atendei o meu clamor! Inclinai o vosso ouvido à minha prece, pois não existe falsidade nos meus lábios!

– De vossa face é que me venha o julgamento, pois vossos olhos sabem ver o que é justo. Provai meu coração durante a noite, visitai-o, examinai-o pelo fogo, mas em mim não achareis iniqüidade.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (16/05/2024)

– Eu vos chamo, ó meu Deus, porque me ouvis, inclinai o vosso ouvido e escutai-me! Mostrai-me vosso amor maravilhoso, vós que salvais e libertais do inimigo quem procura a proteção junto de vós.

– Protegei-me qual dos olhos a pupila e guardai-me, à proteção de vossas asas, Mas eu verei, justificado, a vossa face e ao despertar me saciará vossa presença.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9, 32-38

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Eu sou o bom pastor, conheço minhas ovelhas e elas me conhecem, assim fala o Senhor (Jo 10, 14)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo: 32Apresentaram a Jesus um homem mudo, que estava possuído pelo demônio. 33Quando o demônio foi expulso, o mudo começou a falar. As multidões ficaram admiradas e diziam: ‘Nunca se viu coisa igual em Israel.’ 34Os fariseus, porém, diziam: ‘É pelo chefe dos demônios que ele expulsa os demônios.’ 35Jesus percorria todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, e curando todo tipo de doença e enfermidade. 36Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse a seus discípulos: 37’A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. 38Pedi pois ao dono da messe que envie trabalhadores para a sua colheita!’

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Jesus era bastante zeloso pelas almas. Zelo é uma energia, uma paixão e um impulso para realizar alguma tarefa. A tarefa pela qual Jesus era zeloso era a conversão de cada coração que Ele encontrava. Enquanto caminhava de cidade em cidade, encontrando pessoa após pessoa, Jesus podia ver dentro de seus corações. Ele viu que muitas pessoas estavam “perturbadas e abandonadas”. Ele podia ver que eles eram como “ovelhas sem pastor”. E isso O moveu à compaixão com zelo para se tornar seu Pastor, para remover o problema de seus corações e deixá-los saber que foram convidados a pertencer ao Seu novo Reino.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (17/05/2024)

A imagem de Jesus encontrando inúmeras pessoas perturbadas e abandonadas é uma boa imagem para se refletir. A razão é que somos nós. Cada um de nós tem seus próprios problemas interiores. Podemos nos sentir sozinhos, confusos, incertos e perdidos às vezes. A pessoa que não se sente assim ou é um perfeito santo ou não está sendo honesta. A santidade profunda e a união com Deus curam, é claro, essa luta interior que muitos têm. Nesse caso, a pessoa sabe claramente que pertence à família de Deus, se entende como filho ou filha de Deus e encontra profunda paz nessa verdade. Mas para aqueles que lutam, esta passagem da Escritura é especialmente para você.

Em primeiro lugar, estar “perturbado” pode ser causado por muitas coisas. Para alguns, eles lutam com memórias do passado, relacionamentos rompidos, falta de direção, pecados graves, raiva e coisas do gênero. Portanto, a primeira questão a ponderar honestamente é se você tem ou não um coração perturbado. Mesmo o maior dos santos encontrará algumas áreas com as quais luta. Então, o que é isso para você?

Em segundo lugar, sentir-se “abandonado” é uma pesada cruz. A razão pela qual Jesus veio foi para nos permitir pertencer à Sua família. Isso é realizado pelo dom da salvação eterna que deve começar agora. Ao receber o perdão dos pecados e crescer em uma vida de oração, passamos a conhecer a Deus de maneira muito íntima e pessoal. Sim, Ele é o Deus Todo-Poderoso e Criador de tudo. Mas Ele também é profundamente pessoal e íntimo e deseja formar um relacionamento real de amor com você.

Se você luta com qualquer um desses, sendo perturbado e/ou abandonado, considere o zelo que Jesus tem por você. Suas viagens incansáveis ​​e extensas, a pé, enquanto Ele estava envolvido em Seu ministério público, devem ser vistas como um sinal para você de Seu zelo em vir até você, pessoalmente, para se tornar seu Pastor. Ele quer tirar todo fardo e abrir caminho para que você descubra seu lugar na família Dele. O “Evangelho do Reino” que Jesus pregou convidava todos a se tornarem membros desse Reino. Quando Ele vier até você, saiba que Seu coração está cheio de compaixão por você, assim como quando Ele viajou pelo campo há tanto tempo. Ele vê você, olha para o seu coração com amor e nunca tira os olhos de você em sua necessidade, fraqueza e pecado.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Quarta-feira (15/05/2024)

Reflita, hoje, sobre o zelo que Jesus tem por sua própria salvação eterna e santidade de vida. Você não pode passar por este mundo sem Ele. Deixe Jesus procurá-lo, vir até você, falar com você e convidá-lo a permitir que Ele o pastoreie. Ele quer fazer isso com cada fibra de Seu ser; deixe Jesus cumprir Sua missão em você.

Oração do Dia

Meu divino Pastor, você busca todas as pessoas com o maior zelo e compaixão. Você vê cada coração ferido e partido e deseja curar cada um. Obrigado por vir até mim, querido Senhor, por ser meu pastor e guia. Ajude-me a vê-lo enquanto você olha para mim em minha fraqueza e dor. E ajude-me a abrir meu coração para você agora e por toda a minha vida. Eu te amo, meu Senhor. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo um rito que traz uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *