Liturgia Diária – São Domingos, Segunda-feira (08/08/2022)

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 19ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira, 8 de agosto de 2022.

Receba diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Leitura da Liturgia Diária de Hoje em nosso site. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Ez 1,2-5.24-28c)

Leitura da Profecia de Ezequiel.

2No dia cinco do mês – esse era o quinto ano do exílio do rei Joaquim –, 3a palavra do Senhor foi dirigida a Ezequiel, filho do sacerdote Buzi, na terra dos caldeus, junto ao rio Cobar. Foi ali que a mão do Senhor esteve sobre ele. 4Eu vi que um vento impetuoso vinha do norte, uma grande nuvem envolta em claridade e relâmpagos; no meio brilhava algo como se fosse ouro incandescente. 5No centro aparecia a figura de quatro seres vivos. Este era o seu aspecto: cada um tinha a figura de homem. 24E eu ouvi o rumor de suas asas: Era como um estrondo de muitas águas, como a voz do Poderoso. Quando se moviam, o seu ruído era como o barulho de um acampamento; quando paravam, eles deixavam pender as asas. 25O ruído vinha de cima do firmamento, que estava sobre suas cabeças. 26Acima do firmamento que estava sobre as cabeças, havia algo parecido com safira, uma espécie de trono, e sobre essa espécie de trono, bem no alto, uma figura com aparência humana.

27E eu vi como que um brilho de ouro incandescente, envolvendo essa figura como se fosse fogo, acima daquilo que parecia ser a cintura; abaixo daquilo que parecia ser a cintura vi algo como fogo e, em sua volta, um círculo luminoso. 28cEsse círculo luminoso tinha o mesmo aspecto do arco-íris, que se forma nas nuvens em dia de chuva. Tal era a aparência visível da glória do Senhor. Ao vê-la, caí com o rosto no chão.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Terça-feira (20/02/2024)

– Palavra do Senhor.

Salmo

Responsório (Sl 148)

Da vossa glória estão cheios o céu e a terra.

— Louvai o Senhor Deus nos altos céus, louvai-o no excelso firmamento! Louvai-o, anjos seus, todos louvai-o, louvai-o, legiões celestiais!

— Reis da terra, povos todos, bendizei-o, e vós, príncipes e todos os juízes; e vós, jovens, e vós, moças e rapazes, anciãos e criancinhas, bendizei-o!

— Louvem o nome do Senhor, louvem-no todos, porque somente o seu nome é excelso! A majestade e esplendor de sua glória ultrapassam em grandeza o céu e a terra.

— Ele exaltou seu povo eleito em poderio, ele é o motivo de louvor para os seus santos. É um hino para os filhos de Israel, este povo que ele ama e lhe pertence.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 17,22-27)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 22quando Jesus e os seus discípulos estavam reunidos na Galileia, ele lhes disse: “O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens. 23Eles o matarão, mas no terceiro dia ele ressuscitará”. E os discípulos ficaram muito tristes. 24Quando chegaram a Cafarnaum, os cobradores do imposto do Templo aproximaram-se de Pedro e perguntaram: “O vosso mestre não paga o imposto do Templo?”

25Pedro respondeu; “Sim, paga”. Ao entrar em casa, Jesus adiantou-se, e perguntou: “Simão, que te parece: Os reis da terra cobram impostos ou taxas de quem: dos filhos ou dos estranhos?” 26Pedro respondeu: “Dos estranhos!” Então Jesus disse: “Logo os filhos são livres. 27Mas, para não escandalizar essa gente, vai ao mar, lança o anzol, e abre a boca do primeiro peixe que pescares. Ali encontrarás uma moeda; pega então a moeda e vai entregá-la a eles, por mim e por ti”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Quarta-feira (21/02/2024)

— Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Esta é uma situação interessante. Os cobradores de impostos do templo vêm a Pedro e perguntam por que Jesus não paga o imposto normal do templo. Pedro, por sua vez, faz esta pergunta a Jesus e Jesus deixa claro que Ele não deve imposto, dado quem Ele é. No entanto, Ele envia Pedro para obter uma moeda milagrosamente da boca de um peixe para que outros não se ofendam.

Uma coisa que esta história revela é que, às vezes, as preocupações tolas e sem importância dos outros (como a cobrança de impostos) não valem a pena brigar. Este princípio básico pode ser aplicado a muitas outras situações da vida. É fácil permitir que questões sem importância atrapalhem nosso serviço a Deus. Não é uma experiência incomum para as pessoas transformarem preocupações triviais em grandes questões. Nós, como cristãos, precisamos manter nossos olhos no que é importante na vida e não nos deixarmos levar por essas batalhas tolas.

A humildade, quando totalmente aceita, nos ajudará a evitar “ofender” as pessoas, mesmo que tenhamos razão. A humildade, vista nesta situação com Jesus, permite-nos ver que esta ou aquela batalha não vale a pena travar. Certamente não podemos comprometer a verdade, mas podemos e devemos comprometer as demandas mais triviais e sem importância dos outros, em vez de permitir que os conflitos surjam por razões tolas.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

Reflita, hoje, sobre aquelas “questões” da vida que parecem receber mais atenção do que valem. Reflita sobre como você pode difundir essas situações humilhando-se diante dos outros. Você pode ser chamado a aceitar pequenas injustiças às vezes por causa do quadro maior. Veja como isso pode acontecer em sua vida e peça ao Senhor que lhe dê a graça de seguir Seu exemplo.

Oração do Dia

Meu humilde Senhor, encha meu coração com a verdadeira humildade. Ajude-me a me afastar de conflitos sem importância na vida, até mesmo ao ponto de abraçar a injustiça de maneira sacrificial. Que eu nunca reivindique meus direitos sobre a alegria de abraçar a humildade profunda. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.