Liturgia Diária – 16ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (24/07/2023)

Salmo de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Segunda-feira, 24 de julho de 2023.

Receba aqui diariamente o Evangelho de Hoje Comentado da Liturgia em nosso site. Acompanhe o Evangelho do dia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Êxodo 14,5-18

Leitura do Livro do Êxodo:

Naqueles dias: 5Foi anunciado ao rei dos egípcios que o povo tinha fugido. Então, mudaram-se contra ele os sentimentos do Faraó e dos seus servos, os quais disseram: ‘Que fazemos? Como deixamos Israel escapar, privando-nos assim dos seus serviços?’ 6O Faraó mandou atrelar o seu carro e levou consigo o seu povo. 7Tomou seiscentos carros escolhidos e todos os carros do Egito, com os respectivos escudeiros. 8 O Senhor endureceu o coração do Faraó, rei do Egito, que foi no encalço dos filhos de Israel, enquanto estes tinham saído de braço erguido. 9Os egípcios perseguiram os filhos de Israel com todos os cavalos e carros do Faraó, seus cavaleiros e seu exército, e encontraram-nos acampados junto do mar, perto de Fiairot, defronte de Beel-Sefon. 10Como o Faraó se aproximasse, levantando os olhos, os filhos de Israel viram os egípcios às suas costas. Aterrorizados, eles clamaram ao Senhor. 11E disseram a Moisés: ‘Foi por não haver sepulturas no Egito que tu nos trouxeste para morrermos no deserto? De que nos valeu ter sido tirados do Egito? 12Não era isso que te dizíamos lá: ‘Deixa-nos em paz servir os egípcios?’ Porque era muito melhor servir aos egípcios do que morrer no deserto’. 13Moisés disse ao povo: ‘Não temais! Permanecei firmes, e vereis o que o Senhor fará hoje para vos salvar; os egípcios que hoje estás vendo, nunca mais os tornareis a ver. 14O Senhor combaterá por vós, e vós, ficai tranqüilos’. 15O Senhor disse a Moisés: ‘Por que clamas a mim por socorro? Dize aos filhos de Israel que se ponham em marcha. 16Quanto a ti, ergue a vara, estende o braço sobre o mar e divide-o, para que os filhos de Israel caminhem em seco pelo meio do mar. 17De minha parte, endurecerei o coração dos egípcios, para que sigam atrás deles, e eu serei glorificado às custas do Faraó, e de todo o seu exército, dos seus carros e cavaleiros. 18E os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando eu for glorificado às custas do Faraó, dos seus carros e cavaleiros’.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Responsório Êx 15,1-2.3-4.5-6 (R. 1a)

– Ao Senhor quero cantar, pois fez brilhar a sua glória

– Ao Senhor quero cantar, pois fez brilhar a sua glória: precipitou no Mar Vermelho o Cavalo e o cavaleiro! O Senhor é minha força, é a razão do meu cantar, pois foi ele neste dia para mim libertação! Ele é meu Deus e o louvarei, Deus de meu pai e o honrarei.!

– O Senhor é um Deus guerreiro, o seu nome é ‘Onipotente’: os soldados e os carros do Faraó jogou no mar. Seus melhores capitães afogou no mar Vermelho.

– Afundaram como pedras e as ondas os cobriram. Ó Senhor, o vosso braço é duma força insuperáve! Ó Senhor, o vosso braço esmigalhou os inimigos!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 12, 38-42

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

-Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: Não fecheis os corações como em Meriba! (Sl 94,8);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo: 38Alguns mestres da Lei e fariseus disseram a Jesus: ‘Mestre, queremos ver um sinal realizado por ti.’ 39Jesus respondeu-lhes: ‘Uma geração má e adúltera busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal do profeta Jonas. 40Com efeito, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim também o Filho do Homem estará três dias e três noites no seio da terra. 41No dia do juízo, os habitantes de Nínive se levantarão contra essa geração e a condenarão, porque se converteram diante da pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas. 42No dia do juízo, a rainha do Sul se levantará contra essa geração, e a condenará, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior do que Salomão.’

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Nesta passagem, Jesus se refere à Rainha de Sabá que viajou cerca de 1.400 milhas do sul da Arábia, que provavelmente estava localizada no atual Iêmen ou na Etiópia, para encontrar o rei Salomão. A rainha tinha ouvido falar muito sobre Salomão, sobre sua riqueza e sabedoria, e queria descobrir se tudo o que ela ouviu era verdade. Então ela fez a longa viagem e ficou com ele por cerca de seis meses, segundo a tradição. Depois de passar um tempo com ele, ela ficou muito impressionada e deu-lhe presentes de ouro, especiarias e pedras preciosas. Ela disse a ele: “Eu não acreditei no relatório até que vim e vi com meus próprios olhos que nem a metade havia sido contada para mim. Sua sabedoria e prosperidade superam o que ouvi” (1 Reis 10:7).

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Segunda-feira (15/04/2024)

Essa rainha estrangeira ficou profundamente impressionada com Salomão. Sua jornada, presentes e palavras ilustram seu profundo respeito por ele e sua admiração. Jesus usa essa história para ilustrar o simples fato de que o próprio Jesus é muito maior do que Salomão e que Ele deve ser tratado de uma maneira que supera em muito a maneira como a rainha tratou Salomão. Mas Jesus também deixa claro que, no Juízo Final, esta rainha se levantará e condenará os escribas e fariseus porque eles falharam em ver a sabedoria e a realeza de Jesus. Em vez disso, eles foram até Jesus, buscando sinais e provas de quem Ele era.

Em nossas próprias vidas, o testemunho da Rainha de Sabá deve ser uma fonte de verdadeira inspiração. Ela era uma pessoa poderosa e rica, mas queria aprender com Salomão e se beneficiar de sua grande sabedoria que lhe foi dada por Deus. Ela deve nos inspirar a fazer tudo o que pudermos para nos voltar diariamente para nosso Senhor e buscar Sua sabedoria.

A sabedoria de Jesus flui para nós de muitas maneiras. Os Evangelhos são especialmente importantes como fonte das lições mais importantes para a vida. A oração pessoal, a leitura da vida dos santos e o estudo dos ensinamentos de nossa Igreja também são meios essenciais pelos quais recebemos a sabedoria que nos foi dada por Deus. Ao pensar nas muitas maneiras que estão disponíveis para você crescer na sabedoria de Deus, tente usar a Rainha de Sabá como inspiração. Você tem o mesmo zelo dela? Você está disposto a dedicar muito tempo e esforço à busca do aprendizado sagrado? Você deseja viajar para Jesus da maneira que ela desejou viajar para Salomão?

Leia mais:  Liturgia Diária – 3º Domingo da Páscoa (14/04/2024)

Um dos maiores obstáculos a essa busca da sabedoria sagrada é a preguiça. Está se tornando cada vez mais fácil envolver nossas mentes em atividades irracionais. Muitas pessoas podem facilmente passar muitas horas em frente à televisão, computador ou dispositivos móveis e desperdiçar tempo e energia preciosos. O zelo por Deus e a busca das muitas verdades da fé devem se tornar a cura para a preguiça em nossas vidas. Devemos querer saber. E devemos fazer tudo o que pudermos para aumentar esse desejo santo dentro de nós.

Reflita, hoje, sobre a longa jornada feita por esta rainha em busca da sabedoria de Salomão. Ao fazer isso, examine se você exibe o mesmo zelo que ela tinha e quão devotado você é na busca da sabedoria de Deus. Onde você está faltando, deixe o testemunho dela inspirá-lo. Jesus é infinitamente maior e mais sábio do que Salomão, e temos acesso total a Ele por meio da oração e do aprendizado sagrado. Se você fizer essa jornada santa para nosso Senhor, com muita determinação, então, ao contrário dos escribas e fariseus, seu dia de julgamento será glorioso.

Oração do Dia

Meu Senhor de toda Sabedoria, Tu és infinitamente maior que o mais sábio dos reis e mais glorioso que qualquer coisa que eu possa imaginar. Por favor, encha-me de zelo, querido Senhor, para que eu possa buscá-lo fervorosamente e viajar diariamente para Ti. Por favor, guie minha oração e meu estudo para que Sua sabedoria e Seu próprio Ser sejam concedidos a mim. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada em todas as missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outros momentos ou celebrações católicas.

A igreja celebra o Mistério de Cristo todos os dias do ano, e seu ponto mais importante é o domingo. Neste dia, os católicos vão à missa como maneira de cumprir um dos Cinco Mandamentos.

Sendo assim, a Liturgia é a ação em unidade do povo de Deus. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária costuma ser comentada por seu celebrante.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *