Liturgia Diária – 17ª Semana do Tempo Comum, Sábado (05/08/2023)

Salmo do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sábado, 5 de agosto de 2023.

Leia diariamente a Liturgia do Dia aqui no Mundo dos Católicos. Primeira Leitura e o Evangelho do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje e a Oração do aia aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Levítico 25, 1.8-17

Leitura do Livro do Levítico:

1O Senhor falou a Moisés no monte Sinai, dizendo: 8’Contarás sete semanas de anos, ou seja, sete vezes sete anos, o que dará quarenta e nove anos. 9Então farás soar a trombeta no décimo dia do sétimo mês. No dia da Expiação fareis soar a trombeta por todo o país. 10Declarareis santo o qüinquagésimo ano e proclamareis a libertação para todos os habitantes do país: será para vós um jubileu. Cada um de vós poderá retornar à sua propriedade e voltar para a sua família. 11O qüinquagésimo ano será para vós um ano de jubileu: não semeareis, nem colhereis o que a terra produzir espontaneamente, nem colhereis as uvas da vinha não podada; 12pois é um ano de jubileu, sagrado para vós, mas podereis comer o que produziram os campos não cultivados. 13Nesse ano de jubileu cada um poderá retornar à sua propriedade. 14Se venderes ao teu conterrâneo, ou dele comprares alguma coisa, que ninguém explore o seu irmão; 15de acordo com o número de anos decorridos após o jubileu, o teu conterrâneo fixará para ti o preço de compra, e de acordo com os anos de colheita, ele fixará o preço de venda. 16Quanto maior o número de anos que restarem após o jubileu, tanto maior será o preço da terra; quanto menor o número de anos, tanto menor será o seu preço, pois ele te vende de acordo com o número de colheitas. 17Não vos leseis uns aos outros entre irmóos, mas temei o vosso Deus. Eu sou o Senhor, vosso Deus.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 66 (67)

– Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem.

– Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção, e sua face resplandeça sobre nós! Que na terra se conheça o seu caminho e a sua salvação por entre os povos.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Sábado (22/06/2024)

– Exulte de alegria a terra inteira, pois julgais o universo com justiça; os povos governais com retidão, e guiais, em toda a terra, as nações.

– A terra produziu sua colheita: o Senhor e nosso Deus nos abençoa. Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe, e o respeitem os confins de toda a terra!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 14, 1-12

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Felizes os que são perseguidos por causa da justiça do Senhor, porque o reino dos céus há de ser deles! (Mt 5,10);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

1Naquele tempo, a fama de Jesus chegou aos ouvidos do governador Herodes. 2Ele disse a seus servidores: ‘É João Batista, que ressuscitou dos mortos; e, por isso, os poderes miraculosos atuam nele.’ 3De fato, Herodes tinha mandado prender João, amarrá-lo e colocá-lo na prisão, por causa de Herodíades, a mulher de seu irmão Filipe. 4Pois João tinha dito a Herodes: ‘Não te é permitido tê-la como esposa.’ 5Herodes queria matar João, mas tinha medo do povo, que o considerava como profeta. 6Por ocasião do aniversário de Herodes, a filha de Herodíades dançou diante de todos, e agradou tanto a Herodes 7que ele prometeu, com juramento, dar a ela tudo o que pedisse. 8Instigada pela mãe, ela disse: ‘Dá-me aqui, num prato, a cabeça de João Batista.’ 9O rei ficou triste, mas, por causa do juramento diante dos convidados, ordenou que atendessem o pedido dela. 10E mandou cortar a cabeça de João, no cárcere. 11Depois a cabeça foi trazida num prato, entregue à moça e esta a levou para a sua mãe. 12Os discípulos de João foram buscar o corpo e o enterraram. Depois foram contar tudo a Jesus.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Herodes, o tetrarca, foi um dos três irmãos e uma irmã que se tornaram governantes do século I para suceder seu pai, Herodes, o Grande, quando ele morreu em 4 a.C. Herodes governou grande parte do território a oeste do Mar da Galiléia, que foi o território em que Jesus passou a maior parte do tempo durante Seu ministério público. Ele também governou um território a leste do Mar Morto, onde prendeu e matou João Batista. Herodes era conhecido por ser um construtor muito ocupado e é conhecido por seu papel nas mortes de São João Batista e Jesus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (20/06/2024)

Lembre-se de que Herodes havia tomado a esposa de seu irmão, Herodias, como sua, e João Batista se opôs publicamente a isso. Por essa razão, Herodes mandou prender João e finalmente decapitá-lo a pedido de Herodias, que levou as críticas do Batista para o lado pessoal. Herodes, por outro lado, tinha uma estranha espécie de admiração pelo Batista.

A passagem do Evangelho citada acima revela uma declaração um tanto incomum de Herodes. Depois de ter matado São João Batista, ouviu falar da reputação de Jesus, que percorria o território de Herodes pregando e realizando muitos feitos poderosos. A notícia se espalhou rapidamente sobre Jesus e rapidamente chegou até mesmo aos ouvidos de Herodes. Então, por que Herodes pensou estranhamente que Jesus devia ser João Batista ressuscitado dos mortos? Embora não saibamos com certeza, certamente podemos especular.

Na versão desta história encontrada no Evangelho de Marcos, lemos: “Herodes temia João, sabendo que ele era um homem justo e santo, e o manteve sob custódia. Quando ele o ouviu falar, ficou muito perplexo, mas gostava de ouvi-lo” (Marcos 6:20). Herodes pode ter sido um homem que tinha uma centelha de fé, mas acabou sendo governado por suas paixões e desejo de poder. Talvez seja por isso que ele inicialmente manteve João Batista vivo em sua prisão. Parece também que Herodes tinha algum tipo de arrependimento ou medo por ter decapitado João. E é mais provável que por esse motivo Herodes tenha pensado imediatamente em João quando ouviu falar de Jesus e dos “fortes poderes” que estavam operando dentro dele.

Arrependimento, medo e culpa são efeitos comuns de uma consciência em conflito. O tetrarca Herodes é um bom exemplo do que acontece quando não resolvemos esse conflito dentro de nós. A única maneira de resolver a confusão interior de uma consciência conflituosa é submeter-se humildemente à verdade. Imagine se Herodes tivesse se arrependido. Imagine se ele tivesse procurado Jesus, confessado seus pecados e implorado por perdão. Que história gloriosa teria sido. Em vez disso, temos o testemunho de um homem que se desviou e permaneceu obstinado em seu pecado.

Leia mais:  Liturgia Diária – Memória de São Luís Gonzaga, religioso, Sexta-feira (21/06/2024)

Reflita, hoje, sobre este testemunho profano de Herodes. Deus pode usar todas as coisas para a Sua glória e pode até mesmo usar o exemplo de Herodes para revelar a nós mesmos qualquer tendência semelhante. Você luta com arrependimento, medo e culpa? Isso causa conflito dentro de você? A boa notícia é que esse conflito é facilmente resolvido por um coração humilde que busca a verdade. Busque a verdade admitindo qualquer pecado duradouro que você precise resolver e permita que a misericórdia de Deus entre para libertá-lo.

Oração do Dia

Meu misericordioso Jesus, Tu desejas que todas as pessoas experimentem a liberdade dos pecados do passado. Você deseja penetrar em nossos corações e trazer resolução e paz. Por favor, ajude-me a abrir minha mente e coração para Ti nas áreas que ainda causam dor e arrependimento, e ajude-me a ser liberto por Sua infinita misericórdia. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *