Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Quinta-feira (02/03/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 1ª Semana da Quaresma, Quinta-feira, 2 de março de 2023.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Ester 4, 17

Leitura do Livro de Ester:

Naqueles dias: 17nA rainha Ester, temendo o perigo de morte que se aproximava, buscou refúgio no Senhor. 17pProstrou-se por terra desde a manhã até ao anoitecer, juntamente com suas servas, e disse: 17q’Deus de Abraão, Deus de Isaac e Deus de Jacó, tu és bendito. Vem em meu socorro, pois estou só e não tenho outro defensor fora de ti, Senhor, 17rpois eu mesma me expus ao perigo. 17aaSenhor, eu ouvi, dos livros de meus antepassados, que tu libertas, Senhor, até ao fim, todos os que te são caros. 17bbAgora, pois, ajuda-me, a mim que estou sozinha e não tenho mais ninguém senão a ti, Senhor meu Deus. 17ggVem, pois, em auxílio de minha orfandade. Põe em meus lábios um discurso atraente, quando eu estiver diante do leão, e muda o seu coração para que odeie aquele que nos ataca, para que este pereça com todos os seus cúmplices. 17hhE livra-nos da mão de nossos inimigos. Transforma nosso luto em alegria e nossas dores em bem-estar’.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 137 (138)

– Naquele dia em que gritei, vós me escutastes, ó Senhor!

– Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, porque ouvistes as palavras dos meus lábios! Perante os vossos anjos vou cantar-vos e ante o vosso templo vou prostrar-me.

– Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, porque fizestes muito mais que prometestes; naquele dia em que gritei, vós me escutastes e aumentastes o vigor da minha alma.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

– Estendereis o vosso braço em meu auxílio e havereis de me salvar com vossa destra. Completai em mim a obra começada; ó Senhor, vossa bondade é para sempre! Eu vos peço: não deixeis inacabada esta obra que fizeram vossas mãos!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 7, 7-12

– Salve, ó Cristo, imagem do Pai, a plena verdade nos comunicai!

– Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo a alegria de ser salvo! (Sl 50,12.14);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7Pedi e vos será dado! Procurai e achareis! Batei e a porta vos será aberta! 8Pois todo aquele que pede, recebe; quem procura, encontra; e a quem bate, a porta será aberta. 9Quem de vós dá ao filho uma pedra, quando ele pede um pão? 10Ou lhe dá uma cobra, quando ele pede um peixe? 11Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará coisas boas aos que lhe pedirem! 12Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Claramente esta é uma pergunta retórica de Jesus. Nenhum pai daria a seu filho ou filha uma pedra ou uma cobra se eles pedissem comida. Mas é claro que esse é o ponto. Jesus continua dizendo: “… quanto mais vosso Pai que está nos céus dará coisas boas aos que lhe pedirem!”.

Quando você orar com fé profunda, nosso Senhor lhe dará tudo o que você pedir? Certamente não. Jesus disse: “Pedi e vos será dado! Procurai e achareis! Batei e a porta vos será aberta!”. Mas esta declaração deve ser lida cuidadosamente dentro de todo o contexto do ensinamento de Jesus aqui. O fato é que, quando sinceramente pedimos com fé “coisas boas”, ou seja, aquilo que nosso bom Deus quer nos conceder, Ele não nos desapontará. Claro, isso não significa que, se implorarmos a Jesus por qualquer coisa, Ele nos dará.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

Quais são essas “coisas boas” que nosso Senhor certamente nos dará? Em primeiro lugar, é o perdão dos nossos pecados. Podemos estar absolutamente certos de que, se nos humilharmos diante de nosso bom Deus, especialmente no Sacramento da Reconciliação, nos será concedido o dom gratuito e transformador do perdão.

Além do perdão de nossos pecados, há muitas outras coisas de que precisamos na vida, e há muitas outras coisas que nosso bom Deus quer nos conceder. Por exemplo, Deus sempre vai querer nos dar a força que precisamos para vencer as tentações da vida. Ele sempre vai querer suprir nossas necessidades mais básicas. Ele sempre vai querer nos ajudar a crescer em todas as virtudes. E Ele certamente quer nos levar para o Céu. É por essas coisas que devemos orar especialmente todos os dias.

Mas e quanto a outras coisas, como um novo emprego, mais dinheiro, uma casa melhor, aceitação em uma certa escola, uma cura física, etc.? Nossas orações por essas e outras coisas semelhantes na vida devem ser feitas, mas com uma ressalva. A “advertência” é que oramos para que a vontade de Deus seja feita. Não nosso. Devemos reconhecer humildemente que não vemos o quadro geral da vida e nem sempre sabemos o que dará a Deus a maior glória em todas as coisas.

Portanto, pode ser melhor que você não consiga aquele novo emprego, ou seja aceito nesta escola, ou mesmo que esta doença não termine em cura. Mas podemos ter certeza de que Deus sempre nos concederá o que é melhor para nós e o que nos capacita a dar a Deus a maior glória na vida. A crucificação de nosso Senhor é um exemplo perfeito. Ele orou para que aquele cálice fosse tirado Dele, “mas não a minha vontade, mas a Tua seja feita”. E, claro, o Pai viu o grande valor eterno na morte de Seu Filho na Cruz e respondeu à Sua oração de acordo.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Quarta-feira (21/02/2024)

Reflita, hoje, sobre como você ora. Você ora com desapego do resultado, sabendo que nosso Senhor sabe o que é melhor? Você admite humildemente que só Deus sabe o que é realmente bom para você? Confie que este é o caso e ore com total confiança para que a vontade de Deus seja feita em todas as coisas e você pode ter certeza de que Ele responderá a essa oração.

Oração do Dia

Querido Senhor de infinita sabedoria e conhecimento, ajude-me a sempre colocar minha confiança em Sua bondade e cuidado comigo. Ajuda-me a recorrer a ti diariamente em minhas necessidades e a confiar que responderás à minha oração de acordo com a tua perfeita vontade. Coloco minha vida em Tuas mãos, querido Senhor. Faça comigo o que quiser. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.