Mundo dos Católicos

Liturgia Diária – 2º Domingo do Tempo Comum (16/01)

Liturgia Diária de domingo, 16 de janeiro de 2022.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Is 62,1-5)

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

1Por amor de Sião não me calarei, por amor de Jerusalém não descansarei, enquanto não surgir nela, como um luzeiro, a justiça e não se acender nela, como uma tocha, a salvação.

2As nações verão a tua justiça, todos os reis verão a tua glória; serás chamada com um nome novo, que a boca do Senhor há de designar. 3E serás uma coroa de glória na mão do Senhor, um diadema real nas mãos de teu Deus.

4Não mais te chamarão Abandonada, e tua terra não mais será chamada Deserta; teu nome será Minha Predileta e tua terra será a Bem-Casada, pois o Senhor agradou-se de ti e tua terra será desposada.

5Assim como o jovem desposa a donzela, assim teus filhos te desposam; e como a noiva é a alegria do noivo, assim também tu és a alegria de teu Deus.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 95)

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo,/ manifestai os seus prodígios entre os povos!

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo,/ cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira!/ Cantai e bendizei seu santo nome!

— Dia após dia anunciai sua salvação,/ manifestai a sua glória entre as nações,/ e entre os povos do universo seus prodígios!

— Ó família das nações, dai ao Senhor,/ ó nações, dai ao Senhor poder e glória,/ dai-lhe a glória que é devida ao seu nome!/ Oferecei um sacrifício nos seus átrios.

— Adorai-o no esplendor da santidade,/ terra inteira, estremecei diante dele!/ Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!”/ pois os povos ele julga com justiça.

Leia mais:  Evangelho do Dia - domingo, 29/11/2020

2ª Leitura

Segunda Leitura (1Cor 12,4-11)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: 4Há diversidade de dons, mas um mesmo é o Espírito.

5Há diversidade de ministérios, mas um mesmo é o Senhor.

6Há diferentes atividades, mas um mesmo Deus que realiza todas as coisas em todos.

7A cada um é dada a manifestação do Espírito em vista do bem comum.

8A um é dada pelo Espírito a palavra da sabedoria. A outro, a palavra da ciência segundo o mesmo Espírito. 9A outro, a fé no mesmo Espírito. A outro, o dom de curas no mesmo Espírito. 10A outro, o poder de fazer milagres. A outro, profecia. A outro, discernimento de espíritos. A outro, falar línguas estranhas. A outro, interpretação de línguas.

11Todas estas coisas as realiza um e o mesmo Espírito, que distribui a cada um conforme quer.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Jo 2,1-11)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava presente. 2Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento. 3Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”. 4Jesus respondeu-lhe: “Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou”.

5Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei o que ele vos disser”.

6Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros.

Leia mais:  Liturgia Diária - sábado, 11/07/2020

7Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de água”. Encheram-nas até a boca. 8Jesus disse: “Agora tirai e levai ao mestre-sala”. E eles levaram.

9O mestre-sala experimentou a água, que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.

10O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: “Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho bom até agora!”

11Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Esta declaração curta e direta de nossa Mãe Santíssima diz tudo o que precisamos saber. “Faça o que Ele lhe disser.” O que mais precisamos saber na vida?

A parte difícil, é claro, é seguir esse conselho. É fácil acreditar nisso, pregá-lo e nos comprometer a fazer tudo o que nosso Senhor diz, mas outra coisa é realmente seguir e cumprir Sua vontade divina.

Essa breve exortação nos chama a duas coisas: 1) discernir o que Jesus quer de nós e, 2) abraçar livremente o que discernimos. Como você está se saindo nessas duas áreas?

Em primeiro lugar, discernir a vontade de Deus pode ser difícil no sentido de que requer uma atenção sincera à Sua voz gentil e sutil. Deus não impõe Sua vontade sobre nós; em vez disso, Ele respeitosa e silenciosamente nos convida a ouvir. Ele espera até que Lhe demos toda a nossa atenção e então revela Sua vontade um passo de cada vez. Sim, algumas coisas já foram esclarecidas através da revelação pública, como evitar o pecado e abraçar a fé, a esperança e o amor. Mas quando estivermos prontos para deixar esses mandamentos gerais entrarem praticamente em nossas vidas diárias, devemos estar prontos para dar toda a atenção a Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 6ª Semana da Páscoa, Sábado (28/05)

Em segundo lugar, devemos perceber que a vontade de Deus, quando devidamente discernida, nem sempre é fácil de abraçar. Ele exige tudo de nós. Ele é um “Deus zeloso” no sentido de que Ele quer nossa entrega total. A boa notícia é que, se estivermos dispostos a dar tudo a Ele em total obediência, descobriremos que nossas vidas estão completamente realizadas.

Reflita, hoje, sobre este duplo convite feito por nossa Mãe Santíssima. Reflita sobre o quão pronto você está para ouvir a vontade de Deus e o quão pronto você está para fazer a Sua vontade, não importa qual seja. Se você está pronto para isso, você está no caminho da santidade.

Oração do Dia

Querida Mãe Santíssima, obrigado por suas palavras perfeitas de sabedoria. Ajuda-me a aceitar o teu conselho na minha vida. Ajuda-me a saber o que o teu Filho quer de mim e depois ajuda-me a abraçar a Sua santa e perfeita vontade. Senhor, eu te dou minha vida e escolho entregar tudo a Ti. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Para os católicos, a liturgia é uma forma de renovação do sacrifício de Jesus Cristo para a salvação da humanidade. A Liturgia Diária são as lembranças de Jesus e da salvação trazendo para os cristãos uma reflexão que pode ser inserida em suas vidas.

A Liturgia Diária vem do grego derivado de duas palavras. A primeira “Leito” que significa: público. E a segunda palavra “Ergos” que significa: aquele que faz um trabalho público para o povo. A Liturgia é entendida como uma cerimônia estabelecida previamente segundo a tradição da igreja católica.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.