Liturgia Diária – São João, Apóstolo e Evangelista – Festa, Quarta-feira (27/12/2023)

Homilia do Evangelho de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quarta-feira, 27 de dezembro de 2023.

Acompanhe diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Leia e acompanhe aqui as Leituras e a Liturgia Comentada do dia de hoje.

1ª Leitura

Primeira Leitura (1Jo 1,1-4)

Leitura da Primeira Carta de São João.

1 Caríssimos, o que era desde o princípio, o que nós ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos tocaram da Palavra da Vida, – 2 de fato, a Vida manifestou-se e nós a vimos, e somos testemunhas, e a vós anunciamos a Vida eterna, que estava junto do Pai e que se tornou visível para nós – 3 isso que vimos e ouvimos, nós vos anunciamos, para que estejais em comunhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo. 4 Nós vos escrevemos estas coisas para que a nossa alegria fique completa.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 96 (97)

— Ó justos, alegrai-vos no Senhor!

— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apoia na justiça e no direito.

— As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.

— Uma luz já se levanta para os justos, e a alegria, para os retos corações. Homens justos, alegrai-vos no Senhor, celebrai e bendizei seu Santo nome!

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 20,2-8)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— A vós, ó Deus, louvamos, a vós, Senhor, cantamos, vos louva o exército dos vossos Santos Mártires!

Leia mais:  Liturgia Diária – Memória de São Luís Gonzaga, religioso, Sexta-feira (21/06/2024)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

No primeiro dia da semana, 2 Maria Madalena saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”. 3 Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4 Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5 Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. 6 Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7 e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. 8 Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu e acreditou.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

É interessante que São João se refira a si mesmo como o discípulo “a quem Jesus amava”. É claro que Jesus amava todas as pessoas. Ele amava todos os discípulos. Mas no Evangelho de João, este título único de discípulo amado é dado a João.

O Apóstolo São João pode ser entendido como este discípulo amado por muitas razões. Primeiro, lembre-se da proximidade e do carinho especial que João demonstra a Jesus na Última Ceia, quando João se reclinou ao lado dele. Lembre-se, também, que foi somente João quem ficou ao pé da cruz com a mãe de Jesus e que Jesus confiou Sua mãe a João e João à Sua mãe. E observe na passagem acima que foi João quem primeiro correu para o túmulo vazio assim que Maria Madalena lhe revelou sua descoberta. Além disso, muitos estudiosos acreditam que João seja o discípulo mais jovem. E como um discípulo mais jovem, ele pode ter recebido atenção especial e paternal de nosso Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (20/06/2024)

Contudo, João também pode ser entendido como o discípulo amado por outra razão. Simplificando, foi assim que João se viu ao escrever o relato do Evangelho. João pode ter feito isso porque contar a história da vida de Jesus era profundamente pessoal para ele. Seu próprio amor e afeição por seu Senhor eram a paixão central e mais intensa de sua alma. E parece que quando João fala de Jesus e de seus próprios encontros com Jesus, João foi compelido a ponderar em oração sobre o amor santo e espiritual que Jesus tinha por ele. Assim, parece que João não poderia falar dos seus encontros com Nosso Senhor sem identificar também o amor divino que os unia. É como se cada vez que a sua história evangélica falasse de um encontro que teve com Jesus, João ficasse impressionado pelo simples fato de Jesus, o Filho de Deus, o Messias, o conhecer e amar pessoalmente. E então ele foi obrigado a afirmar esse fato repetidamente.

Neste caso, é muito bonito, a nível espiritual, ponderar a alma de João. Ele era claramente um homem profundamente tocado por Deus na pessoa de Jesus. E depois que Jesus ascendeu ao Céu, parece que o amor santo de João por Jesus só cresceu. À medida que avançava como apóstolo, pregando sobre a salvação que vem através de seu Salvador e querido amigo, ele claramente se aproximava de nosso Senhor dia após dia. Quando João escreveu o seu Evangelho, perto do fim da sua vida, o seu coração estava claramente inflamado pelo amor divino, pois ele ansiava intensamente por estar plenamente unido ao seu Senhor no Céu.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Sábado (22/06/2024)

Ao honrarmos este apóstolo único e santo, reflita hoje sobre a simples verdade de que também estais convidados a partilhar o amor santo e íntimo partilhado por Jesus e São João. Reflita sobre o fato de que nosso Senhor também ama você com perfeita caridade, intimidade e totalidade. Se você puder contemplar o amor no coração deste discípulo amado, então você também poderá compartilhar esse amor e se tornar um discípulo amado.

Oração do Dia

Meu amado Senhor, o amor que Tu concedeste ao discípulo João foi perfeito em todos os sentidos. Após Sua ascensão ao Céu, Você continuou a aprofundar Seu relacionamento com ele, aproximando-o cada vez mais de Seu Sagrado Coração. Por favor, derrame sobre mim esse mesmo amor e atraia-me para o Seu Coração para que eu também me torne Seu discípulo amado. São João, rogai por nós. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia teve a sua atualização mais recente, através do Concílio Vaticano II, que trouxe mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A Liturgia do Dia é única para cada dia do ano, desse modo, naquele determinado dia, todas as igrejas católicas do mundo fazem a mesma leitura. A liturgia diária é dividida pela primeira leitura (segunda leitura em algumas ocasiões), além do evangelho do dia e salmo.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *