Liturgia Diária – 30ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (01/11/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quarta-feira, 1 de novembro de 2023.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Rm 8,26-30)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 26também, o Espírito vem em socorro da nossa fraqueza. Pois nós não sabemos o que pedir, nem como pedir; é o próprio Espírito que intercede em nosso favor, com gemidos inefáveis.

27E aquele que penetra o íntimo dos corações sabe qual é a intenção do Espírito. Pois é sempre segundo Deus que o Espírito intercede em favor dos santos. 28Sabemos que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados para a salvação, de acordo com o projeto de Deus. 29Pois aqueles que Deus contemplou com seu amor desde sempre, esses ele predestinou a ser conformes à imagem de seu Filho, para que este seja o primogênito numa multidão de irmãos. 30E aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 12 (13)

— Senhor, eu confiei na vossa graça!

— Olhai, Senhor, meu Deus, e respondei-me! Não deixeis que se me apague a luz dos olhos e se fechem, pela morte, adormecidos! Que o inimigo não me diga: “Eu triunfei!” Nem exulte o opressor por minha queda.

— Uma vez que confiei no vosso amor, meu coração, por vosso auxílio, rejubile, e que eu vos cante pelo bem que me fizestes!

Evangelho do Dia

Evangelho (Lc 13,22-30)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Pelo Evangelho o Pai nos chamou, a fim de alcançarmos a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. (cf. 2Ts 2,14)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (18/04/2024)

Naquele tempo, 22Jesus atravessava cidades e povoados, ensinando e prosseguindo o caminho para Jerusalém. 23Alguém lhe perguntou: “Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam?”

Jesus respondeu: 24“Fazei todo esforço possível para entrar pela porta estreita. Porque eu vos digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. 25Uma vez que o dono da casa se levantar e fechar a porta, vós, do lado de fora, começareis a bater, dizendo: ‘Senhor, abre-nos a porta!’ Ele responderá: ‘Não sei de onde sois’.

26Então começareis a dizer: ‘Nós comemos e bebemos diante de ti, e tu ensinaste em nossas praças!’ 27Ele, porém, responderá: ‘Não sei de onde sois. Afastai-vos de mim todos vós que praticais a injustiça!’ 28Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, Isaac e Jacó, junto com todos os profetas no Reino de Deus, e vós, porém, sendo lançados fora. 29Virão homens do oriente e do ocidente, do norte e do sul, e tomarão lugar à mesa no Reino de Deus. 30E assim há últimos que serão primeiros, e primeiros que serão últimos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Hoje celebramos uma das solenidades mais gloriosas da nossa Igreja! Todo santo, canonizado ou não, é hoje homenageado. A nossa passagem evangélica apresenta o caminho pelo qual estes santos entraram no Céu. Enquanto estiveram na terra, estes grandes homens e mulheres viveram vidas pobres de espírito, cheias de luto santo, mansidão, fome e sede de justiça, misericórdia, paz, pureza de coração e até perseguição. Cada uma dessas bem-aventuranças conclui afirmando a recompensa que obtém quem viveu essas qualidades: Céu, conforto, satisfação, misericórdia, ver Deus, ser filho de Deus e recompensas além do que podemos imaginar no Reino de Deus.

As bem-aventuranças nos convidam às alturas da santidade. Elas não são para os fracos de coração ou para aqueles que vivem uma vida espiritual morna. Estas bem-aventuranças apresentam-nos o auge da vida santa e desafiam-nos profundamente. Mas todo esforço feito para viver essas bem-aventuranças vale a pena aqui na terra e, finalmente, no céu. Vejamos brevemente duas dessas bem-aventuranças.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (19/04/2024)

A segunda bem-aventurança afirma que aqueles “que choram…serão consolados”. Esta é uma bem-aventurança interessante. Por que é sagrado lamentar? Simplificando, esta forma de luto santo significa que você não apenas sente uma tristeza santa por seus próprios pecados, mas também sente essa tristeza santa ao ver os muitos males em nosso mundo. Isto é crucial hoje. Primeiro, deveria ser bastante óbvio que devemos sentir santa tristeza pelos nossos próprios pecados. Fazer isso significa que sua consciência está funcionando. E quando a sua consciência estiver funcionando, você será compelido, por esta santa tristeza, a reconhecer as suas ofensas contra Deus e a trabalhar diligentemente para mudar. Mas também devemos sentir uma santa tristeza ao vermos os muitos males no nosso mundo. Hoje, muitas vezes, há uma tendência a minar esta bem-aventurança, apresentando a aceitação universal de todas as coisas como um bem. Dizem-nos que não devemos julgar, e embora isso seja verdade quando se trata de julgar o coração de outra pessoa, uma apresentação mundana desta “virtude” secular tenta levar-nos a minimizar a natureza objetiva do pecado. O nosso mundo secular tenta-nos a ignorar muitas verdades morais objetivas pelas quais Deus nos guia em toda a verdade. Mas, como cristãos, a nossa primeira abordagem deve ser desprezar tudo o que o nosso Senhor ensinou que era objetivamente moralmente mau. E quando nos deparamos com estilos de vida imorais, a resposta apropriada deve ser a tristeza santa, e não a aceitação de pecados graves. Chorar pelas más escolhas de outra pessoa é um verdadeiro ato de caridade para com ela.

A quarta bem-aventurança nos chama à “fome e sede de justiça”. Isto significa que não só temos uma santa tristeza pelos nossos pecados e pelos males objetivos do nosso mundo, mas também nos permitimos ser preenchidos com uma fome e sede pela verdade e por uma vida santa. Este impulso deve tornar-se uma motivação ardente dentro de nós para fazermos tudo o que pudermos para promover o Reino de Deus em todos os lugares. Esta bem-aventurança permite-nos superar a indiferença, inspirando-nos a realizar mudanças face a toda oposição. E esse impulso é alimentado pela caridade e por todas as outras virtudes que a acompanham.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quarta-feira (17/04/2024)

Reflita hoje sobre a bela verdade de que você foi chamado a se tornar um santo. E o caminho mais seguro para a santidade são as bem-aventuranças. Leia-os com atenção. Medite sobre eles e saiba que eles lhe revelam como Deus o está chamando para viver. Se uma dessas bem-aventuranças se destaca para você, dedique algum tempo concentrando-se nela. Trabalhe para internalizar essas graças, e Deus fará maravilhas em sua vida, um dia fazendo desta solenidade dentro de nossa Igreja uma verdadeira celebração de sua vida bem vivida.

Oração do Dia

Meu santíssimo Senhor, Você reina agora no Céu e deseja que Seu glorioso Reino seja firmemente estabelecido na terra. Dá-me a graça de que preciso para buscar a santidade de todo o coração e, especialmente, usar a Tua revelação das Bem-aventuranças como caminho pelo qual caminho. Oro para que eu me torne um verdadeiro santo neste mundo e que Você me use para promover o Seu Reino agora e por toda a eternidade. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Para os católicos, a liturgia é uma forma de renovação do sacrifício de Jesus Cristo para a salvação da humanidade. A Liturgia Diária são as lembranças de Jesus e da salvação trazendo para os cristãos uma reflexão que pode ser inserida em suas vidas.

A Liturgia Diária vem do grego derivado de duas palavras. A primeira “Leito” que significa: público. E a segunda palavra “Ergos” que significa: aquele que faz um trabalho público para o povo. A Liturgia é entendida como uma cerimônia estabelecida previamente segundo a tradição da igreja católica.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *