Liturgia Diária – 32ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (16/11/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quinta-feira, 16 de novembro de 2023.

Leia diariamente a Liturgia do Dia em nosso site. Receba a reflexão do Evangelho do Dia em nosso site e acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Sabedoria 7, 22-8,1

Leitura do Livro da Sabedoria:

22Na Sabedoria há um espírito inteligente, santo, único, múltiplo, sutil, móvel, perspicaz, imaculado, lúcido, invulnerável, amante do bem, penetrante, 23desimpedido, benfazejo, amigo dos homens, constante, seguro, sem inquietação, que tudo pode, que tudo supervisiona, que penetra todos os espíritos, os inteligentes, os puros, os mais sutis. 24Pois a Sabedoria é mais ágil que qualquer movimento, e atravessa e penetra tudo por causa da sua pureza. 25Ela é um sopro do poder de Deus, uma emanação pura da glória do Todo-poderoso; por isso, nada de impuro pode introduzir-se nela: 26ela é um reflexo da luz eterna, espelho sem mancha da atividade de Deus e imagem da sua bondade. 27Sendo única, tudo pode; permanecendo imutável, renova tudo; e comunicando-se às almas santas de geração em geração, forma os amigos de Deus e os profetas. 28Pois Deus ama tão somente aquele que vive com a Sabedoria. 29De fato, ela é mais bela que o sol e supera todas as constelações; comparada à luz, ela tem a primazia: 30pois a luz cede lugar à noite, ao passo que, contra a Sabedoria, o mal não prevalece. 8,1Ela se estende com vigor de uma extremidade à outra da terra e com suavidade governa todas as coisas.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 118 (119)

– É eterna, ó Senhor, vossa palavra!

– É eterna, ó Senhor, vossa palavra, ela é tão firme e estável como o céu.

– De geração em geração, vossa verdade permanece como a terra que firmastes.

– Porque mandastes, tudo existe até agora; todas as coisas, ó Senhor, vos obedecem!

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sábado (18/05/2024)

– Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, ela dá sabedoria aos pequeninos.

– Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo, e ensinai-me vossas leis e mandamentos!

– Possa eu viver e para sempre vos louvar; e que me ajudem, ó Senhor, vossos conselhos!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 17, 20-25

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Eu sou a videira e vós sois os ramos; um fruto abundante vós haveis de dar (Jo 15,5);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo: 20Os fariseus perguntaram a Jesus sobre o momento em que chegaria o Reino de Deus. Jesus respondeu: ‘O Reino de Deus não vem ostensivamente. 21Nem se poderá dizer: ‘Está aqui’ou ‘Está ali’, porque o Reino de Deus está entre vós.’ 22E Jesus disse aos discípulos: ‘Dias virão em que desejareis ver um só dia do Filho do Homem e não podereis ver. 23As pessoas vos dirão: ‘Ele está ali’ou ‘Ele está aqui’. Não deveis ir, nem correr atrás. 24Pois, como o relâmpago brilha de um lado até ao outro do céu, assim também será o Filho do Homem, no seu dia. 25Antes, porém, ele deverá sofrer muito e ser rejeitado por esta geração.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Por que os fariseus fizeram essa pergunta a Jesus? Por que eles queriam saber quando o Reino de Deus viria? Para responder a esta pergunta, devemos primeiro olhar para o contexto completo das diversas comunicações entre Jesus e os fariseus. Quando fazemos isso e vemos as muitas maneiras pelas quais os fariseus tentaram enganar Jesus nas palavras e os momentos em que nosso Senhor os repreendeu firmemente, parece claro que os fariseus não fizeram essa pergunta a Jesus com inocência e abertura. Em vez disso, eles mais uma vez estavam tentando prendê-Lo. Eles fizeram uma pergunta pela qual pareciam acreditar nos ensinamentos de Jesus de que o Reino de Deus estava chegando, mas não perguntaram com fé, mas com zombaria e na tentativa de enganar Jesus em Sua resposta.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (17/05/2024)

A resposta de Jesus é misteriosa. Deixa pouco espaço para os fariseus usarem o discurso de Jesus contra Ele. Talvez os fariseus esperassem que Jesus dissesse que o Reino viria em breve, ou no próximo mês, ou dentro de um ano. Mas a resposta de Jesus deixa-os confusos diante deste mistério de que “o Reino de Deus está entre vós”.

Muito do que Jesus diz só pode ser plenamente compreendido através da fé. Muitas vezes Ele fala intencionalmente em linguagem velada, porque a única maneira de levantar o véu e perceber o significado de Seus ensinamentos é confiar no dom inspirado da fé. A fé é como uma chave para desvendar os segredos dos mistérios de Deus. A fé torna-se uma lente através da qual cada parábola, cada figura de linguagem e cada mistério ensinado por nosso Senhor são compreendidos. Mas sem este dom inspirado da fé, os ensinamentos de Jesus permanecem misteriosos e incompreensíveis.

Quando você pondera estas palavras de que “o Reino de Deus está entre vocês”, o que você entende? Você é capaz de usar o dom da fé para desvendar o significado deste ensinamento sagrado? Curiosamente, a leitura das palavras de Jesus, proferidas de forma velada, oferece-nos a oportunidade de testar a nossa própria fé. Se lermos estas palavras e ficarmos confusos, então este é um sinal claro de que precisamos rezar e estar abertos ao dom da fé. Mas se lemos os misteriosos ensinamentos de Jesus e a luz da compreensão nos é dada, então este é um motivo claro para nos alegrarmos, pois esta compreensão só é possível através do dom da fé.

Leia mais:  Liturgia Diária – Solenidade de Pentecostes – Domingo (19/05/2024)

Reflita hoje sobre este ensinamento sagrado de nosso Senhor: “O Reino de Deus está entre vocês”. Medite nessas palavras e ore por discernimento e compreensão. As palavras de Jesus são verdadeiras. O Seu Reino está verdadeiramente em todo o lado, à nossa volta e dentro de nós. Está vivo e bem. Você vê? Você percebe isso? Você vê o seu papel na construção disso? Use essas perguntas como um teste para o seu próprio nível de fé e saiba que Deus quer revelar a você esses mistérios que só podem ser compreendidos pela Sua graça.

Oração do Dia

Meu misterioso Senhor, o Teu Reino está em toda parte, ao nosso redor e dentro de nós. Eu acredito. Dá-me os olhos da fé para que eu possa perceber continuamente a Tua mão trabalhando. Que eu esteja sempre atento a tudo o que Tu desejas me revelar e aberto ao significado profundo dos mistérios que Tu revelas. Aumente minha fé, querido Senhor, para que eu possa conhecê-lo e participar da edificação do seu glorioso Reino. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *