Liturgia Diária – 3ª Semana do Advento, Segunda-feira (18/12/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Segunda-feira, 18 de dezembro de 2023.

Confira diariamente a Liturgia Diária Hoje dos Católicos em nosso site. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos: Primeira Leitura, Evangelho e Oração do Dia.

1ª Leitura

Primeira leitura: Jeremias 23, 5-8

Leitura do Livro do Profeta Jeremias:

5Eis que virão dias, diz o Senhor, em que farei nascer um descendente de Davi; reinará como rei e será sábio, fará valer a justiça e a retidão na terra. 6Naqueles dias, Judá será salvo e Israel viverá tranqüilo; este é o nome com que o chamarão: ‘Senhor, nossa Justiça.’ 7Eis que virão dias, diz o Senhor, em que já não se usará jurar ‘Pela vida do Senhor que tirou os filhos de Israel do Egito’ 8- mas sim: ‘Pela vida do Senhor que tirou e reconduziu os descendentes da casa de Israel desde o país do norte e todos os outros países`, para onde os expulsará; eles então irão habitar em sua terra’.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 71 (72)

– Nos seus dias a justiça florirá e paz em abundância, para sempre.

– Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com eqüidade ele julgue os vossos pobres.

– Libertará o indigente que suplica, e o pobre ao qual ninguém quer ajudar. Terá pena do indigente e do infeliz, e a vida dos humildes salvará.

– Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque só ele realiza maravilhas! Bendito seja o seu nome glorioso! Bendito seja eternamente! Amém, amém!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 1, 18-24

Leia mais:  Liturgia Diária – Memória de São Barnabé Apóstolo, Terça-feira (11/06/2024)

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Ó guia de Israel, que no monte do Sinai orientastes a Moisés, oh, vinde redimir-nos com braço estendido!

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: ‘José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados’. 22Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: 23’Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco.’ 24Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado, e aceitou sua esposa.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

A gravidez de Maria foi verdadeiramente misteriosa. Na verdade, era tão misterioso que nem mesmo São José inicialmente conseguiu aceitá-lo. Mas, em defesa de José, quem poderia aceitar tal coisa? Ele se deparou com uma situação muito confusa. A mulher com quem ele estava noivo engravidou repentinamente e José sabia que ele não era o pai. Mas ele também sabia que Maria era uma mulher santa e pura. Portanto, falando naturalmente, faz sentido que esta situação simplesmente não fizesse sentido imediato. Mas essa é a chave. “Naturalmente falando” isto não fazia sentido imediato. A única maneira de compreender a situação da gravidez repentina de Maria foi através de meios sobrenaturais. Assim, um anjo do Senhor apareceu a José em sonho, e esse sonho foi tudo o que ele precisava para aceitar com fé esta gravidez misteriosa.

Leia mais:  Liturgia Diária – 10ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (10/06/2024)

É surpreendente considerar o fato de que o maior evento que alguma vez ocorreu na história da humanidade aconteceu sob uma nuvem de aparente escândalo e confusão. O anjo revelou a profunda verdade espiritual a José secretamente, num sonho. E embora José possa ter compartilhado seu sonho com outras pessoas, é mais provável que muitas pessoas ainda presumissem o pior. A maioria teria presumido que Maria estava grávida de José ou de outra pessoa. A ideia de que esta concepção era obra do Espírito Santo teria sido uma verdade além do que seus amigos e parentes poderiam compreender.

Mas isto nos apresenta uma grande lição sobre o julgamento e a ação de Deus. Existem inúmeros exemplos na vida em que Deus e Sua vontade perfeita levam ao julgamento, ao aparente escândalo e à confusão. Tomemos, por exemplo, qualquer mártir do passado. Olhamos agora para os muitos atos de martírio de uma forma heroica. Mas quando o martírio realmente aconteceu, muitos teriam ficado profundamente tristes, irritados, escandalizados e confusos. Muitos, no momento em que um ente querido é martirizado pela fé, seriam tentados a questionar por que Deus permitiu isso.

O ato sagrado de perdoar o outro também pode levar alguns a uma forma de “escândalo” na vida. Tomemos, por exemplo, a crucificação de Jesus. Da cruz, Ele gritou: “Pai, perdoa-lhes…” Não ficaram muitos dos Seus seguidores confusos e escandalizados? Por que Jesus não se defendeu? Como poderia o Messias prometido ter sido considerado culpado pelas autoridades e morto? Por que Deus permitiu isso?

Leia mais:  Liturgia Diária – 10ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (12/06/2024)

Reflita hoje sobre o mistério das ações de Deus na vida. Existem coisas em sua vida que são difíceis de aceitar, abraçar ou compreender? Saiba que você não está sozinho nisso. Até São José experimentou isso. Em espírito de oração, comprometa-se com uma fé mais profunda na sabedoria de Deus diante de qualquer mistério com o qual você lute. E saiba que esta fé o ajudará a viver mais plenamente de acordo com a gloriosa sabedoria de Deus.

Oração do Dia

Senhor, recorro a Ti com os mistérios mais profundos da minha vida. Ajude-me a enfrentá-los com confiança e coragem. Dê-me Sua mente e Sua sabedoria para que eu possa caminhar todos os dias com fé, confiando em Seu plano perfeito, mesmo quando esse plano parecer misterioso. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária Hoje, é comum que nas missas o celebrante, faça uma reflexão do Evangelho do Dia logo após a sua leitura. Esta reflexão é feita geralmente por interpretação livre.

O principal ponto da Liturgia Diária, é o Mistério Pascal, que descreve a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao reino de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *